O que você está procurando hoje?

Empréstimo na conta de luz: será uma boa alternativa de crédito?

banner-afiliados-468×90-bpc
gif moderninha smart

Empréstimo na conta de luz: será a melhor opção para quem não conseguiu a aprovação em modalidades de crédito tradicionais? Ou para você, que quer uma alternativa para o cheque especial ou o para os juros do rotativo do cartão de crédito? Esse é o tema de hoje! 

Então, se você quer entender mais sobre o que é o empréstimo na conta de luz, como ele funciona, quais as taxas, se é confiável e como solicitá-lo, este texto é obrigatório para você!  

Vantagens 

  • Possibilita empréstimo para negativados e pessoas com score baixo
  • Tanto PF quanto PJ podem contratar o empréstimo na conta de luz; 
  •  Traz uma facilitação no pagamento das parcelas, já que é mais difícil que você esqueça de pagar; 
  • Menos burocrático, já que permite que você tenha acesso ao dinheiro mais rapidamente (em cerca de 5 dias úteis); 


Desvantagens  

  • Não possui abrangência nacional, somente está disponível nos estados do RJ, SP, CE, GO, RS, SC, BA, PE; 
  • Falta de transparência sobre as condições do empréstimo, as taxas de juros não são facilmente encontradas, bem como o CET e os valores de encargos;
  • Taxas de juros muito altas (podendo chegar a mais de 15% a.m); 


Empréstimo na conta de luz: o que é 

O emprestimo na conta de luz, ao invés do que o nome poderia levar a entender, não é uma maneira de você tomar um crédito para pagar sua energia.  

Isto é, o empréstimo na conta de luz é uma forma de tomar crédito em que as parcelas do empréstimo são cobradas diretamente no seu talão de energia. 

E como a maioria das pessoas não vai deixar de pagar a conta de luz e arriscar ficar sem energia, o fato das parcelas do empréstimo virem junto da fatura de luz serve como um incentivo, uma garantia para o seu pagamento. 

Mas eu posso pagar minha energia e não pagar a parcela do crédito? 

Sim, você consegue fazer isso. Agora, se você ficar inadimplente, deixar de pagar o que você deve, serão cobradas multas e juros, que variam de instituição para instituição. 

Além disso, é possível que a empresa entre com ações judiciais, caso a inadimplência se agrave. 

 

Onde fazer o empréstimo na conta de luz? 

Bem, o empréstimo na conta de luz surge a partir da parceria entre concessionárias de energia (Celesc, CPFL, COELBA, COSERN, CELPE, Enel e Light) e instituições financeiras, como o Banco do Brasil, Caixa, Santander, Banco Inter, Itaú, Piki, Bradesco, Crefaz, PlanCredi, Consiga Cred e MetaSimples.

Porém, é sempre bom relembrar que caso a empresa energética da sua região não disponibilize essa modalidade de crédito, não adianta recorrer às financeiras. 

Isto é, caso você esteja interessado no empréstimo na conta de luz, primeiro consulte as empresas de energia, e depois compare as ofertas de cada uma das credoras. 

Sou PJ, consigo o emprestimo conta de luz? 

Sim! Porém, não são todas as instituições que oferecem essa possibilidade. Alguns exemplos de empresas que oferecem o empréstimo na conta de luz para PJ são C6 Bank, Banco do Brasil, Caixa, Santander e Cooperativas de Crédito (Sicoob, Sicredi, Cresol). 

 

Como funciona o empréstimo na conta de luz? 

foto de emprestimo de conta de luz

Bem, para que você entenda como o empréstimo na conta de luz funciona na prática trouxemos a história da Eduarda, que costuma pagar R$110,00 de energia. No caso, ela precisa de um empréstimo de R$1000,00 e escolheu pagar a dívida em 10 parcelas.

Como em qualquer outra modalidade de crédito, vão ter juros sobre o dinheiro emprestado. Então, com o empréstimo na conta de luz o que Eduarda vai pagar no boleto de energia será: 

O consumo de energia (R$110,00) + O valor da parcela do empréstimo (R$100,00 + juros)

Agora ficou fácil entender como o empréstimo na conta de luz funciona, né?! 

Inclusive, se você está em busca de um empréstimo, conheça nosso simulador de empréstimos e descubra quais as melhores condições para você! 

QUERO SIMULAR MEU EMPRESTIMO

Em quais regiões o empréstimo na conta de luz está disponível? 

Infelizmente, essa modalidade de crédito não possui abrangência nacional. Nesse sentido, só são contempladas algumas cidades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Bahia, Santa Catarina, Goiás e Rio Grande do Sul

Além disso, para se certificar de que o empréstimo de luz está disponível na sua cidade, indicamos que você entre em contato diretamente com a empresa de energia da sua região. 

Como eu descubro se o empréstimo na conta de luz está disponível na minha cidade? 

Então, para você saber se o empréstimo na conta de energia está disponível na sua cidade não tem outro jeito, é preciso entrar em contato com a companhia elétrica. Abaixo trouxemos como contatar cada uma das concessionárias de energia: 

Enel 

A Enel é uma companhia de energia que atua nos estados do RJ, CE e SP. Suas formas de atendimento ao cliente são via aplicativo e por telefone. 

  • Aplicativo Enel 
  • Telefone de contato para ligação: 0800 001 4601 
  • Celular para whatsapp: 21 99601-9608 

Celesc – Centrais Elétricas de Santa Catarina 

Agora, a Celesc já restringe sua atuação ao estado de Santa Catarina. Algumas das cidades que a companhia atende são: Curitibanos, Rio dos Cedros, Joinville, Mafra, Faxinal dos Guedes e Blumenau. 

  • Telefone de contato: 0800 048 0196

Light 

A Light, conforme as informações do site em 27/04/2023, atende 31 municípios fluminenses. Ou seja, atende cidades do estado do RJ. Para contatá-los você pode recorrer ao: 

  • WhatsApp: (21) 9 9981-6059.
  • Aplicativo
  • Telefone: 0800 021 0196.

CPFL – Companhia Paulista de Força e Luz 

Agora, se na sua região a companhia de energia é a CPFL, você pode ligar para: 

  • CPFL Paulista: 0800 010 10 10
  • CPFL Piratininga: 0800 010 25 70
  • CPFL Santa Cruz: 0800 772 21 96

COELBA – Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia 

Atendendo no estado da Bahia, a COELBA pode ser contatada pelo número: 

  • Telefone: 0800 071 0800 

COSERN

A COSERN atende mais de 162 municípios do estado do RN. Para contatá-los:  

CELPE – Companhia Energética de Pernambuco

Abrangendo mais de 180 municípios no estado, a CELPE pode ser contatada via: 

 

Quem pode pedir o empréstimo na conta de luz? 

Existem algumas condições para que você consiga pedir o empréstimo na conta de luz. Para isso, é preciso que você:

  • Não esteja com as contas de luz atrasadas; 
  • Seja o titular da conta; 
  • Possua uma conta em um banco → Afinal, o valor a ser emprestado será depositado em uma conta bancária. 
  • Seja maior de 21 anos e não tenha mais de 79 anos;

Tem análise de crédito no empréstimo na conta de luz? 

Sim! Para a liberação do crédito é feita uma análise. 

Estou com o nome sujo, consigo um empréstimo no boleto de energia? 

Sim! Porém, a exigência da maioria das empresas que oferecem essa modalidade de crédito para negativados é que você não possua pendências com relação ao pagamento do talão de energia. 

Inclusive, o empréstimo na conta de luz é uma ótima saída para você driblar a necessidade de entrar no cheque especial, no juros rotativo do cartão, por exemplo. 

A análise de crédito é feita por qual empresa?

A análise de crédito é feita pela financeira, mas antes de entrar em contato com as instituições financeiras, lembre-se de conferir com as companhias elétricas se existe a possibilidade de fazer o empréstimo na conta de luz na sua cidade! 

Qual o valor máximo do empréstimo no boleto de energia?

Não existe um teto com relação a quanto você pode pedir, já que cada empresa adota um valor máximo diferente. No geral, os valores a serem emprestados ficam entre R$500,00 e R$2500,00.

Qual e o prazo do empréstimo na conta de luz?

Novamente, isso varia de empresa para empresa e do valor emprestado. No geral, as instituições oferecem prazos entre dois e 18 meses para que você quite sua dívida

Qual a taxa de juros do empréstimo na conta de luz? 

Bem, os valores das taxas de juros em empréstimos variam conforme alguns fatores: 

  1. Valor do empréstimo
  2. Prazo de pagamento; 
  3. Histórico de crédito; 
  4. Políticas de crédito da empresa; 

Por isso não é tão fácil encontrar por aí qual a taxa exata cobrada por cada instituição. Além disso, as taxas de juros e o custo efetivo total somente são disponibilizados depois de completar um cadastro informando seu interesse na contratação. 

Posso pedir mais de um empréstimo na conta de luz ao mesmo tempo? 

Não! Caso você já tenha feito um empréstimo conta de luz, é preciso que você quite essa dívida, antes de adquirir outra. 

 

Simulando a taxa de juros do empréstimo no boleto de energia na Piki

Bem, apesar de outras empresas não serem transparentes em relação à taxa de juros praticada para essa modalidade de crédito, a Piki disponibiliza no seu site uma ferramenta que estima a taxa de juros no empréstimo na conta de luz. Para isso, você informa: 

  1. Quanto você precisa (deve ser um valor entre 500 reais e 2500 reais);
  2. Em quantas parcelas deseja pagar a sua dívida (entre 3 e 18 meses)

Porém,  as taxas disponibilizadas são somente uma média, a taxa real praticada será disponibilizada após a análise de crédito. Enfim, para calcular os juros criamos quatro cenários:

  1. Um empréstimo de 1000 reais, parcelado em 3x;
  2. Crédito de 1000 reais, parcelado em 12x;
  3. Empréstimo de 2500 reais, parcelado em 12x;
  4. Crédito de 2500 reais, parcelado em 18x;

1. Um empréstimo de 1000 reais, parcelado em 3x

Bem, nessas condições, fazendo o empréstimo na Piki você pagaria 3 parcelas de 469,99, totalizando 1409,97 reais (sem considerar outras taxas que podem ser cobradas);

Então, para descobrir a taxa de juros praticada não tem outro jeito, já que eles não escancaram isso, vamos calcular! Para isso, consideramos a fórmula de cálculo de juros compostos:

taxa de juros = [(valor final/montante inicial)^(1/tempo)] -1

Logo, teríamos: 

Valor final: 1409,97 reais 

Montante Inicial: 1000 reais 

Tempo: 3 meses 

Assim, a taxa de juros ao mês é de 12,13%a.m. Ou seja, é um valor bem alto, ainda mais se considerarmos que além dos juros existem outras taxas que a financeira cobre.  

2. Crédito de 1000 reais, parcelado em 12x

Agora, para os mesmos 1000 reais, porém com um prazo de 12 meses para o pagamento da dívida teríamos uma parcela de R$191,32 por mês, totalizando R$2.295,84 referente ao dinheiro emprestado mais os juros.

Novamente, para descobrir os juros usamos a fórmula acima e o resultado foi uma taxa de 7,17% a.m.

3. Empréstimo de 2500 reais, parcelado em 12x

Agora, para um empréstimo de 2500 reais, dividido em 12 parcelas de R$ 475,07, teríamos um valor total (parcelas + juros) de R$5700,84.  Assim, usando a fórmula para o cálculo dos juros, descobrimos uma taxa de aproximadamente 7,11% a.m. 

4. Crédito de 2500 reais, parcelado em 18x

Por fim, para um crédito de R$2500 reais, parcelado em 18x, teríamos 18 parcelas de R$414,32. Então, teríamos um valor total das parcelas + os juros de 7.457,76 reais, o que representa uma taxa de juros de 6,26% a.m. 

Taxas de juros na Piki

Resumindo, juntando as quatro simulações que trouxemos acima temos a seguinte tabela:

Valor emprestado  Número de parcelas  Valor da Parcela  Valor da Parcela 
1000 reais  3 parcelas  469,99 reais /mês 12,13%a.m
1000 reais  12 parcelas  191,32 reais/mês  7,17% a.m.
2500 reais  12 parcelas  475,07 reais/mês  7,11% a.m.
2500 reais  18 parcelas  414,32 reais / mês 6,26% a.m

Com isso, conseguimos chegar à conclusão de que as taxas de juros são MUITO  altas, mesmo se você comparar com modalidades caras como as taxas do cheque especial ou com a do rotativo do cartão de crédito

 

O empréstimo no boleto de energia é confiável? 

Sim, o empréstimo na conta de luz é confiável, desde que você busque uma empresa segura. Porém, para que você não caia em nenhuma furada, é melhor prevenir do que remediar. 

Então, trouxemos algumas dicas para que você não caia em golpes relacionados a empréstimos, independente da modalidade: 

  1. Primeiro, sempre confira se a instituição que você vai tomar o crédito é autorizada pelo Banco Central (lista de financeiras autorizadas pelo BC)
  2. Além disso, pesquise muito sobre quem está te oferecendo o crédito, sua reputação, seu histórico e as opiniões de clientes anteriores. Além do Reclame aqui, você também pode olhar o ranking de reclamações do BC
  3. Saiba que não existe adiantamento para a liberação do empréstimo; 
  4. Abra o olho: desconfie de ofertas que sejam boas demais para ser verdade;
  5. Finalizando, tome cuidado com as letrinhas miúdas: leia com atenção o contrato do empréstimo para evitar aceitar taxas de juros altíssimas

 

Como solicitar o empréstimo na conta de luz 

Agora, vamos ao passo a passo de como solicitar o empréstimo na conta de luz: 

  1. Primeiro, confira se a empresa de energia da sua região oferece esse serviço. Para isso, faça o contato direto com ela, por meio do telefone ou e-mail. 
  2. Depois, verifique qual financeira oferece as melhores condições e escolha a melhor alternativa para você. Mas, lembre-se sempre de conferir se essa empresa é confiável: veja se ela está na lista de financeiras autorizadas pelo BC e pesquise sobre a credibilidade dela; 
  3. Em seguida, complete sua solicitação de crédito. No geral, são solicitados dados como: CPF, endereço, telefone, valor do empréstimo desejado
  4. O próximo passo é a análise de crédito: durante esse processo a financeira vai avaliar sua capacidade de pagamento; 
  5. Por fim, depois da aprovação é só você assinar o contrato, esperar a liberação do crédito e, depois, pagar as parcelas do empréstimo

 

Dúvidas comuns sobre o empréstimo no boleto de energia

Por fim, separamos algumas dúvidas que podem ter ficado para trás. Aqui vão elas: 

Vou assinar o contrato com a companhia energética ou com a financeira? 

Bem, o contrato do empréstimo na conta de energia é assinado diretamente com a instituição financeira que oferece esse serviço, e não com a empresa distribuidora de energia elétrica. 

Quanto tempo leva a liberação do empréstimo? 

No geral, o tempo depende da política de cada empresa. Porém, a média é que você consiga a liberação do dinheiro dentro de cinco dias úteis. 

Não sou o titular da conta, consigo o empréstimo? 

Não! Isso porque no momento em que você encaminha a documentação para a financeira, eles farão a verificação da sua identidade. 

Chegou a conta de luz! Cadê a descrição da parcela do empréstimo?  

Uma dúvida comum é: afinal, onde da minha conta de luz estará descrita a parcela do empréstimo que eu tomei, é no verso da conta? No geral, as parcelas do seu crédito estarão na parte da frente do seu boleto, logo abaixo dos dados referente ao seu consumo de energia do mês. 

Minha conta de luz vence no dia 5. Se eu pegar o ECL no dia 4, ele já vai aparecer no boleto? 

Não! A parcela do seu empréstimo só vai aparecer na fatura do mês seguinte. 

 

Enfim, o empréstimo no boleto de energia vale a pena? 

Em suma, o empréstimo na conta de luz é uma alternativa de crédito interessante, principalmente quando colocamos ela lado a lado com os juros rotativos do cartão de crédito ou os juros do cheque especial. 

Outro ponto positivo do empréstimo no talão de energia é o fato de atender quem tem necessidade de um crédito urgente, por exemplo, além de contemplar negativados. 

Porém, antes de tomar qualquer crédito, avalie sua capacidade de pagamento daquela dívida, afinal, você não quer que o endividamento vire uma bola de neve! 

Ah, e se você está em busca de uma vida mais saudável financeiramente, conheça nossos cursos de educação financeira, te garanto que seu bolso vai te agradecer! 

QUERO UMA VIDA FINANCEIRA MAIS SAUDAVEL

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *