O que você está procurando hoje?

Santander Universidades: Muito mais do que uma bolsa de estudos

banner da Creditas
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Apple Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Spotify
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Google Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Castbox
Educando Seu Bolso
Educando Seu Bolso
Santander Universidades: Muito mais do que uma bolsa de estudos







/

Ingressar no ensino superior não é fácil, pois as vagas nas universidades públicas são muito concorridas e as mensalidades nas faculdades privadas são caras. Pensando nisso, vamos falar sobre o Santander Universidades, que além de dar mais oportunidade para iniciar uma faculdade, dá bolsas de estudo e cursos na área de empreendedorismo.

Ou seja, o Santander Universidades atende o padeiro, o executivo, o vendedor de roupa e o estudante que quer começar a faculdade, isso porque ele atende pessoas de várias etapas da formação profissional e idades.

Então, para entender como é o funcionamento do Santander Universidades, as bolsas disponibilizadas, cursos ofertados, formas mais baratas de financiar seus estudos, o bate-papo de hoje é com o Luiz Reis, Superintendente Comercial do Santander.

Ah, e se preferir, você consegue ter acesso ao conteúdo desse texto também em formato de podcast. Basta escolher a plataforma de streaming de sua preferência, acima desse texto. Também, o vídeo está no nosso canal do Youtube!

Como começou o Santander Universidades?

No princípio de sua formação, o Santander Universidades estava conectado com os reitores de universidades da Espanha e começou a se expandir pelo Brasil. Sendo assim, o Santander Universidades se relaciona com cerca de 70% das universidades de todo o Brasil. 

Na chegada do Santander para o Brasil, a empresa adquiriu o Banco Real, o que aproximou ainda mais o Santander dos estudantes, disponibilizando a conta universitária com benefícios voltados para os alunos.

O que faz o Santander Universidades?

O Santander Universidades possui um time que cuida da relação das universidades em todo o Brasil. Então, o Santander cria bolsas de estudos para estudantes ingressarem no ensino superior, disponibiliza cursos na área de programação, marketing digital, UX e Data Science.

Conheça a conta digital do Santander e veja se vale a pena!

 

Entendendo um pouco mais sobre o ensino superior brasileiro

O ensino superior brasileiro possui problemas como a redução dos contratos através do FIES e investimentos baixos no ensino básico, que dificultam o ingresso dos estudantes no ensino superior.

As pessoas ingressam na faculdade mais tarde

Luiz nos contou que cerca de 60% das pessoas com idade para estar em uma universidade não ocupam as faculdades.

Pois cada vez mais é comum as pessoas ingressarem no ensino superior mais velhas. Isso porque muitas pessoas não têm renda para pagar uma faculdade.

Logo, normalmente, as pessoas entram no mercado de trabalho para que, posteriormente, consigam arcar com os custos da faculdade e ingressar no ensino superior.

 

Acesso à universidade é menor para alunos da escola pública

No Brasil, os baixos investimentos no ensino fundamental e médio fazem com que muitos alunos de baixa renda, que possuem potencial para ingressar em universidades públicas, acabem entrando em faculdades privadas, tendo que arcar com as mensalidades.

Enquanto os filhos das famílias de alta renda ingressam, normalmente, nas universidades públicas. Então, é necessário haver maiores investimentos no ensino fundamental e médio para que os alunos de escola pública consigam ingressar na universidade federal e estadual.

 

Redução dos contratos via FIES

Ocorreu uma grande redução na quantidade de contratos de financiamento estudantil através do FIES. Sendo que em 2015 havia cerca de 700 mil contratos de financiamento estudantil, e em 2021, houve 40 mil contratos apenas. 

Consequentemente, esse problema impacta a vida de futuros estudantes, pois aqueles que não têm renda para pagar uma faculdade, não conseguem ingressar na universidade, pois não acessam o financiamento estudantil.

Veja mais sobre financiamento estudantil, Fies e bolsa de estudos nesse post!

 

Financiamento Santander

Bom, diante de 55% a 60% de inadimplência dos estudantes pelo FIES, o banco Santander preocupou-se com essa situação e pensou em uma maneira de oferecer um financiamento estudantil diante da possível inadimplência dos estudantes.

Ou seja, como garantir o financiamento com nível de inadimplência baixo? Primeiro, foi elaborado um financiamento estudantil exclusivo para medicina e mais 9 cursos da área da saúde.

Financiamento estudantil medicina Santander

O financiamento exclusivo para medicina está disponível para alunos que estão cursando a partir da 4° mensalidade. Desse modo, você pode renovar o financiamento a cada período letivo e o valor financiado é enviado para a universidade em uma única parcela.

Vale destacar que o financiamento estudantil é feito por período letivo, ou seja, se sua faculdade for dividida em semestres, o financiamento é por semestre. Se o período letivo  for anual, o financiamento é por ano.

 

Simulando financiamento estudantil medicina Santander

Simulamos um financiamento estudantil no Santander para o curso de medicina com a taxa de juros de 1,39% ao mês, com base em um financiamento de 6 mensalidades no valor de R$11.000 cada. Ou seja, o valor total financiado é R$66.000.

Com prazo de 12 meses para pagar o valor da parcela é de 6.218 reais, isto é, o valor do financiamento é de R$74.616. Logo, o custo, de acordo com esse exemplo, com esse financiamento foi de 8.616 reais.

Lembrando que a simulação não inclui tarifas, IOF e o Custo Efetivo Total (CET) é de 1,79% ao mês.

Também, os cursos de farmácia, enfermagem, odontologia, zootecnia, veterinária, biomedicina, fisioterapia, fonoaudiologia e nutrição participam do programa Santander Universidades.

Conheça outros tipos de financiamento estudantil para Medicina: Pravaler, FIES e outros.

 

Outros financiamentos estudantis

Devido à ausência de financiamento, muitas faculdades aderem ao financiamento próprio, o que deixa as universidades com menos dinheiro. Pois, o aluno inicia o curso e paga as mensalidades somente depois. Veja mais opções de financiamentos logo abaixo:

PraValer

O PraValer oferece crédito para centenas de faculdades por todo o Brasil. No site da empresa, é possível encontrar as opções disponíveis, selecionando estado, município, curso e modalidade – graduação, pós-graduação ou técnico.

Quero Bolsa

O Quero Bolsa é uma plataforma com cursos para quem quer ingressar no mercado de trabalho como também na faculdade.

No site do QueroBolsa, você insere o curso e estado que deseja estudar, a faculdade de preferência, município e modalidade – graduação, pós-graduação, técnico, idiomas ou cursos livres.

Veja como conseguir uma bolsa de estudos com o Quero Bolsa!

 

Futuria

Futuria é uma iniciativa de educação do Santander Universidades, que tenta apoiar os alunos que querem entrar nas faculdades com melhores preços. Conectando pessoas e universidades com menores preços.

 

Como ingressar na faculdade gastando menos? 

Mesmo em países com as taxas de juros baixas, como nos Estados Unidos, estudantes americanos deixam as faculdades com dívidas enormes relacionadas ao financiamento estudantil.

Enquanto no Brasil as taxas de juros são mais altas e, com o aumento da SELIC, o risco de inadimplência é maior. Então, a pergunta: os estudantes brasileiros estão em situação pior do que os estudantes americanos?

 

Nos Estados Unidos

Normalmente, as famílias americanas hipotecam a casa para pagar o financiamento dos estudos do filho, enquanto no Brasil usamos menos o financiamento via hipoteca, mas normalmente usamos o financiamento Usecasa. Não sabe o que é? Veja logo abaixo!

 

Usecasa: um empréstimo mais barato

Usecasa é um empréstimo que você pode adquirir emprestado até 70% do valor do seu imóvel, que deve estar liquidado, e você pode usar esse empréstimo para qualquer finalidade, como pagar uma universidade.

Normalmente, as universidades aceitam pagamentos em mensalidades ou semestres, nunca aceitam o valor integral do curso. Por exemplo, no início da sua faculdade você não pode pagar os 6 anos do curso de medicina de uma só vez, mas no máximo em semestres.

Com isso, com o empréstimo usecasa, você dá a garantia da sua casa e em troca você adquire o empréstimo com juros a partir de 0,95% ao mês. Ou seja, você acessa um empréstimo com taxa bem menor quando comparada às taxas de financiamento estudantil.

Desse modo, a cada semestre, o estudante pode adquirir o empréstimo com a garantia da casa e paga a sua faculdade.

Prefixado, IPCA ou TR: entenda tudo sobre financiamento imobiliário aqui!

 

Comparando taxas de financiamentos estudantis

Na tabela abaixo, estão algumas taxas de financiamento estudantil:

Taxa do financiamento ao mês
PraValer varia de 0% a 0,99%
FIES 0,54%
Usecasa a partir de 0,95%
Santander Universidades a partir de 1,39%

De acordo com a tabela, o FIES é o financiamento mais em conta, mas como o programa teve grande diminuição no número de contratos, é necessário procurar outras opções de financiamento. Há opções mais baratas como o empréstimo Usecasa ou, dependendo da sua situação, o financiamento PraValer.

 

Por que cursar medicina é tão caro no Brasil?

As vagas do curso de medicina no Brasil são escassas, cerca de 35 mil vagas apenas são abertas ao ano, por outro lado, mais de 1 milhão de alunos tentam ingressar no curso de medicina todo ano. 

Ou seja, aproximadamente, 29 alunos tentam concorrer a uma vaga de medicina por ano. O que faz com que os preços deste curso subam muito, chegando a 10 mil reais mensais.

 

Mais vagas de medicina serão criadas?

No momento, há outros cursos sendo criados nas universidades, por isso, eles precisam de algum tempo para amadurecimento. Então, provavelmente, novas vagas para os cursos de medicina demorarão para ser criadas.

Educação financeira aos trancos e barrancos.

 

Santander Universidades bolsas

Em 25 anos de programa, o Santander investiu mais de 2 bilhões de euros em bolsas de  estudo internacionais e nacionais. Confira algumas bolsas logo abaixo:

Bolsa Santander Universidades 2021

O Santander disponibilizou 33 mil bolsas no Brasil, e devido à pandemia, a maior parte são bolsas digitais. Porém, houve também bolsas internacionais, que são:

Ibero Americana 

Com essa bolsa, o aluno recebeu 3 mil euros para sua capacitação em universidades de Porto, Chile e outras. Isto é, o aluno fez uma formação internacional e o banco concedeu a bolsa para que ele pagasse moradia, alimentação e viagens aéreas.

Top Espanha

O aluno foi para Salamanca e permaneceu 21 dias estudando a cultura e língua espanhola.

Top China

O programa Top China seleciona universitários para bolsa de estudos na China. A bolsa cobriu o voo de ida e volta, translados, hospedagem, alimentação, o curso, material de apoio e certificado, além  de alguns passeios culturais também.

Financiamento Estudantil: A faculdade apertou o seu orçamento?

 

Bolsa Santander Universidades 2022

Bolsa MIT

A bolsa MIT é um programa com formação executiva, que será dado em português. O programa é focado em aprofundar em conhecimentos e uso de ferramentas tecnológicas inovadoras e tem duração de, aproximadamente, 7 semanas. 

Os programas são geridos por profissionais de educação do MIT. As aulas são online, com 6 semanas de estudo e uma extra para a entregas finais.

Superamos Juntos

Com intuito de superar a pandemia, será lançada em 2022 a bolsa com o nome Superamos Juntos. Serão abertas 1600 bolsas  no valor de 3700 reais que serão depositados na conta da universidade para garantir o pagamento do semestre do aluno.

Para quem paga o semestre com valor menor que 3700 reais, pode usar o dinheiro que restou para pagar mensalidades futuras.

Santander Graduação

Durante 12 meses o aluno terá uma ajuda de custo de R$300 por mês para pagar transporte, alimentação e internet. Por exemplo, alunos que entraram por meio das cotas nas universidades e apresentam grande dificuldade em permanecer na faculdade, pois algumas vezes não conseguem pagar o transporte ou alimentação, receberão a bolsa.

Esses programas têm o intuito de ajudar as famílias mais vulneráveis, sendo que os alunos são selecionados pelas universidades. Você pode consultar as universidades que estão recebendo esses programas aqui!

O Santander Universidades lançará outros programas na área de Data Science, Marketing Digital, certificação CPA 20, que é uma capacitação na área de finanças. Também, parte dos profissionais capacitados normalmente saem com vaga de trabalho no Santander.

 

Universitário Empresas

Santander conta com uma base de dados com clientes que são empresários, com isso, fazem uma busca por aqueles que demandam mão de obra. Se o empresário decidir contratar o aluno para fazer o estágio, o banco Santander divide o valor da bolsa de estágio com o empresário durante um período e o aluno faz o estágio na empresa.

Confira se financiamento privado estudantil sempre vale a pena!

 

Dicas antes de tomar um financiamento estudantil

Para concluir, aqui vão algumas dicas que podem te ajudar a reduzir ainda mais os custos com o financiamento estudantil:

  1. Procure descontos na faculdade, muitas faculdades oferecem descontos para antecipação das mensalidades, pagamentos em dia ou de acordo com o desempenho acadêmico.
  2. Tente bolsa pelo Prouni, o governo oferece bolsas de estudos com descontos que vão de 50% a 100% da mensalidade. Para obter uma bolsa, é preciso ter feito o ENEM.
  3. Tente bolsas na faculdade, muitas faculdades oferecem bolsas de estudos para monitorias e iniciação científica.
  4. Caso você opte pelo financiamento estudantil, não se esqueça de simular cenários e comparar custos dos financiamentos de lugares diferentes.

Por fim, se você está em busca de um empréstimo, confira o Simulador do nosso parceiro Bom Pra Crédito, através dele você encontra ofertas de mais de 30 instituições financeiras diferentes!

Quero simular um empréstimo!

 

Ficou com alguma dúvida? Comenta ai pra gente te ajudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *