O que você está procurando hoje?

Saiba como e onde parcelar boleto!

Você sabia que é possível parcelar boleto? Isso mesmo! Você consegue parcelar tanto por alguns cartões de crédito específicos, quanto por aplicativos, que podem ser usados com qualquer cartão.

Se você quer saber quem pode fazê-lo, como fazê-lo e quais são os prós e contras da operação, basta continuar lendo o texto!

parcelar boleto

Boleto parcelado no cartão de crédito ou aplicativo.

 

Quando parcelar um boleto?

Pagar um boleto parcelado pode ser interessante para quando o seu vencimento chega e você não tem o dinheiro suficiente para quitá-lo. Assim, o banco ou financeira responsável pela operação paga pelo seu produto à vista, e você a prazo.

Essa operação, porém, não é gratuita. Pelo contrário: ela é bem cara.

Muitas pessoas optam, então, por atrasar o pagamento de um boleto ao invés de parcelá-lo, pois os juros e multa pagos no atraso de um boleto são menores do que os pagos em um parcelamento, algumas vezes.

No entanto, fique atento! Atrasar o pagamento de seus compromissos, além de custar dinheiro, pode fazer com que você fique com o nome sujo.

Sendo assim, o ideal é que você pague todas as suas dívidas dentro do prazo de vencimento. Caso não consiga, parcelar pode ser uma boa opção.

>> Veja também: quando parcelar compras no cartão de crédito?

 

Quanto eu pago ao atrasar um boleto?

Ao pagar um boleto depois da sua data de vencimento você é penalizado com multa e juros.

A multa é aplicada sobre o valor do boleto independente do tempo de atraso, e pode ser de no máximo 2%.

Já os juros dependem do tempo de atraso, e podem ser de no máximo 1% ao mês. Vale lembrar, porém, que eles aumentam a cada dia. Ou seja, se você atrasou o pagamento 1 dia você paga 1% dividido por 30, que resulta em 0,033.

Exemplos:

  • Caso você pague um boleto de R$100 com 1 dia de atraso: R$100 + R$2,00 de multa + R$0,03 de juros = R$102,03.
  • Se você atrasa 1 mês no pagamento de um boleto de R$100: R$100 + R$2,00 de multa + R$1,00 de juros = R$103,00.
  • Caso atrase o pagamento deste mesmo boleto por 6 meses: R$100 + R$2,00 de multa + R$6,00 de juros, o que resulta em R$108,00.

A partir dos exemplos é possível observar que o atraso de um boleto, dependendo de seu valor, pode não sair tão caro.

No entanto, vale lembrar mais uma vez: você pode ficar inadimplente, e ter seu nome sujo em órgãos como Boa Vista, SPC e Serasa.

Organização financeira é essencial!

Para evitar os gastos de um boleto parcelado ou atrasado, é necessário se organizar financeiramente. Os benefícios de uma vida financeira organizada, porém, não param por aí. Você pode conseguir:

  • Identificar quais são os comportamentos prejudiciais à sua saúde financeira;
  • fugir de juros elevados e tarifas indesejadas;
  • limpar seu nome e não ser mais inadimplente;
  • poupar dinheiro;
  • começar a investir, para que seu dinheiro poupado renda;
  • pensar em uma aposentadoria mais tranquila;
  • pagar todas as suas contas e compromissos em dia (água, luz, telefone, parcelas de financiamentos…); e
  • conseguir fazer sobrar dinheiro para o seu bem estar e lazer!

Para te ajudar, criamos o nosso curso Jornada para o Equilíbrio Financeiro! Ele conta com aulas escritas e em vídeo, ministradas por um dos fundadores do Educando Seu Bolso, Ewerton Veloso, que trabalha no sistema financeiro há mais de 17 anos.

Não deixe de conferir!

Conhecer o curso agora!

Caso você já necessite parcelar seu boleto, porém, vamos à explicação!

 

Como parcelar um boleto?

Parcelar um boleto é possível de 2 maneiras, caso você opte por fazê-lo.

Parcelar boleto pelo cartão de crédito

A primeira delas é pelo próprio cartão de crédito. No entanto, apenas alguns cartões de crédito oferecem essa opção. Com os cartões Ourocard do Banco do Brasil, por exemplo, é possível fazer o parcelamento.

Sendo assim, entre em contato com o banco emissor do seu cartão e descubra se ele oferece o parcelamento de boletos. Esse contato pode ser feito de diferentes maneiras, dependendo do banco: telefone, e-mail, sessão de ajuda do site, chat do aplicativo…

Além disso, é essencial conferir quanto é cobrado pelo seu cartão pela operação. Independentemente do banco, serão cobradas taxas sobre este parcelamento, que geralmente tornam-se ainda mais altas, à medida em que aumenta o número de parcelas.

Sendo assim, caso opte por parcelar, escolha o mínimo de parcelas possível.

Parcelar boleto por aplicativos

A segunda maneira de parcelar um boleto é por meio de alguns aplicativos. Essa forma de parcelamento independe de qual é o seu cartão de crédito.

Nesse texto, vamos mostrar como parcelar um boleto em 2 aplicativos: PicPay e PagBank.

 

PicPay

PicPay

Parcelar boletos PicPay

O PicPay é um aplicativo que oferece carteiras digitais aos seus clientes, nas quais é possível adicionar saldo ou vincular cartões. Ou seja, você precisa já ter um cartão de crédito para realizar a operação de parcelamento, e o PicPay funciona como um meio de pagamento.

A conta no PicPay é gratuita, e sua abertura é bem simples. Caso você queira saber mais sobre, temos um conteúdo completo que fala sobre o PicPay aqui no blog.

Parcelar boletos no PicPay

Os clientes PicPay podem pagar boleto parcelado independentemente de qual seja o cartão de crédito vinculado à sua conta. O aplicativo funciona, portanto, como um intermediário entre você e o banco.

Sendo assim, depois de escolher o cartão de crédito que irá usar e colocar suas informações no aplicativo, basta seguir o passo a passo:

  1. abra o aplicativo PicPay (disponível para Android e iOS);
  2. clique em “pagar” e em seguida “pagar conta”;
  3. escolha “usar leitor de código de barras” caso prefira ler um código de barras com a câmera de seu celular. Se preferir digitar os seus números, escolha “digitar o código de barras manualmente”;
  4. selecione o número de parcelas que você deseja. São oferecidas até 12 parcelas, dependendo do valor do boleto.
  5. A quantia que você deverá pagar mês a mês já é mostrada neste momento da operação, para que você não tenha surpresas futuras. Repare que quanto mais parcelas você escolher, maior será o valor da operação.

Quanto custa parcelar boleto no PicPay

Ao parcelar um boleto pelo PicPay são cobradas 2 taxas: 2,99% sobre o valor total da fatura e 3,49% sobre o valor de cada parcela.

Essas taxas não são baixas, e por isso repetimos que é sempre bom fazer pagamentos à vista. Além disso, é importante comparar as taxas do PicPay com as de outros aplicativos de pagamento.

Conhecer o curso Jornada Para o Equilíbrio Financeiro!

Simulamos o pagamento de um boleto de R$100, para que você veja o que significam essas taxas de parcelamento na prática:

  • 1x de R$102,99 (R$2,99 a mais);
  • 2x de R$54,21 = R$108,42 (R$8,42 a mais);
  • 3x de R$36,75 = R$110,25 (R$10,25 a mais);
  • 4x de R$28,03 = R$112,12 (R$12,12 a mais);
  • 5x de R$22,80 = R$114,00 (R$14 a mais);
  • 6x de R$19,32 = R$115,92 (R$15,95 a mais);
  • 7x de R$16,84 = R$117,88 (R$17,88 a mais);
  • 8x de R$14,98 = R$119,84 (R$19,84 a mais);
  • 9x de R$13,53 = R$121,77 (R$21,77 a mais);
  • 10x de R$12,38 = R$123,80 (R$23,80 a mais);
  • 11x de R$11,44 = R$125,84 (R$25,84 a mais);
  • 12x de R$10,65 = R$127,80 (R$27,80 a mais);

Bônus do parcelamento de boletos PicPay

Uma vantagem em parcelar boletos no PicPay é que muitas vezes você recebe cashback (dinheiro de volta) por isso.

Isso ocorre quando você recebe uma notificação do seu aplicativo avisando que no seu próximo pagamento de boleto parcelado, nesse caso, o PicPay irá te devolver uma porcentagem do que pagou.

Essa porcentagem varia, mas geralmente se encontra entre 10 e 20% do valor total do boleto. No entanto, independentemente de qual ela é, há sempre um limite de cashback, que também é mostrado na notificação da promoção.

Suponhamos, por exemplo, que você receba uma notificação de cashback de 10% sobre seu próximo boleto parcelado, com limite de R$25:

  • caso você pague um boleto de R$100, receberá R$10 de volta;
  • se pagar um de R$250, receberá R$25 de volta;
  • caso pague um de R$500, ainda receberá R$25 de volta, já que o limite de cashback nesse exemplo é de R$25.

Por fim, vale ressaltar que, apesar de receber esse dinheiro de volta, a operação de parcelamento de boleto tem custos, que geralmente são mais altos que o valor recebido.

Ou seja, o cashback é apenas uma forma de desconto sobre os custos do parcelamento, e ele não faz com que a operação seja gratuita.

>> Veja também: como utilizar o pagamento instantâneo Pix do Banco Central?

 

Parcelar boletos no PagBank

PagBank

Parcelar boleto no PagBank.

O PagBank é um aplicativo de pagamentos que oferece o serviço de parcelamento de boletos de maneira muito semelhante ao PicPay. Para fazê-lo basta:

  1. baixar o super app PagBank;
  2. clicar no botão “pagar contas” na tela principal;
  3. utilizar o leitor de código de barras para identificar o boleto ou digitar o seu código numérico;
  4. selecionar como forma de pagamento o cartão de crédito;
  5. em “parcelamento” escolha em quantas vezes você deseja parcelar o boleto e pronto!

PagBank: taxas para parcelamento de boleto

Assim como o PicPay, o PagBank também cobra taxas para parcelar boletos, que são 2,89% sobre o valor total da fatura e 2,49 sobre o valor de cada parcela.

 

Qual escolher: PicPay ou PagBank?

Fica claro que as taxas cobradas pelo PagBank são mais baixas que as cobradas pelo PicPay. Porém, pode ser que o parcelamento no PicPay saia mais em conta em alguns casos, como citamos anteriormente, devido ao cashback.

No exemplo que demos no tópico anterior, do parcelamento de um boleto de R$100, caso você utilizasse uma promoção de R$25 de cashback sua operação sairia gratuita no PicPay. Ou seja, em casos de boletos com valores baixos o PicPay provavelmente sai ganhando.

Entretanto, no caso do pagamento de um boleto de R$1000, por exemplo, dependendo do número de parcelas que você escolhesse no PicPay as taxas pagas seriam de mais de R$200. Sendo assim, os R$25 não fariam tanta diferença no montante final pago, que continuaria sendo alto.

Ou seja, pode ser que dependendo do valor do boleto e da promoção oferecida pelo PicPay, o PagBank saia na frente.

Sendo assim, nunca deixe de comparar diferentes opções de instituições antes de realizar suas operações, principalmente aquelas que envolvem muito dinheiro.

>> Veja também: como escolher as melhores fintechs?

 

Por fim, vale a pena pagar um boleto parcelado?

Caso você não tenha dinheiro o suficiente para pagá-lo à vista, sim!

Caso o tenha, não. O pagamento à vista (no caso de operações com juros) é sempre mais barato e vantajoso.

Sendo assim, busque organizar sua vida financeira para se manter sempre em dia com seus prazos de pagamento. Se precisar de ajuda, conte conosco!

Além dos nossos artigos semanais sobre finanças, temos também nosso curso Jornada Para o Equilíbrio financeiro, que pode ser um ótimo pontapé para sua organização.

Conhecer o curso agora!

Por fim, caso você ainda tenha alguma dúvida ou sugestão, basta deixar nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *