Se você quer saber a melhor opção entre amortizar no prazo, na parcela ou investir seu dinheiro, descubra a melhor opção no nosso Relatório de Amortização

O que é fintech? Saiba todas as novidades do mercado de crédito em 2019

Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Apple Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Spotify
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Google Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Castbox

Você está por dentro das novidades do mercado de crédito e das fintech? Com a demanda cada vez maior por empréstimo online, é preciso entender o que tem de novo, para que você possa se beneficiar dos lançamentos no setor. Por exemplo: já ouviu falar no Cadastro Positivo? Ele pode aumentar a possibilidade de conseguir crédito de 40% da população. Se você quer aprender a usar isso a seu favor, não deixe de ler este texto!

evento cred tech brasil, que reúne fintech de crédito

 

Cred-Tech Brasil 2019: novidades de fintech de crédito

O Educando seu Bolso participou, no dia 19 de setembro de 2019, da segunda edição do Cred-Tech Brasil, em São Paulo. De forma geral, trata-se de um evento que visa desenvolver o ecossistema de fintechs de crédito no Brasil, além de apresentar as inovações no setor. Desse evento participaram bancos, empresas de tecnologias, startups… E foram ministradas palestras de instituições de peso, como do Chefe de Divisão do Banco Central, e de empresas referência em empréstimo, como Creditas, Rebel, Nexoos…

Mas calma! Se você não entendeu muito bem, não se preoucupe. Vamos explicar tudo abaixo. Afinal, o importante é saber como tudo isso vai influenciar no futuro do mercado de crédito. Para que, assim, cada vez mais pessoas sejam beneficiadas.

 

O que é fintech?

De forma geral, fintech é uma empresa que oferece serviços financeiros e que está fortemente vinculada ao mundo digital. Mas as fintechs diferenciam-se de bancos por operarem com custo mais baixo e, em geral, com menos burocracia. Em outras palavras, esse tipo de empresa se utiliza de tecnologia de ponta para prestar serviço de qualidade no que se relaciona ao seu dinheiro.

Elas oferecem uma gama variada de serviços. Por exemplo, existem fintechs de crédito, que oferecem empréstimos para pessoa física e jurídica, fintechs de financiamento, planejamento financeiro, entre outros. Neste texto, focaremos nas empresas de empréstimo.

 

Fintech de crédito e empréstimo online: o que tem a ver?

O mundo das fintechs é destaque em empréstimo online. De fato, a maior parte das empresas da categoria no setor atua oferecendo crédito pela internet: seja computador ou celular.

Compare taxas de empréstimo no nosso Simulador.

 

O empréstimo online

Em primeiro lugar, o empréstimo online não é uma linha de crédito, e sim uma forma de contratação. Ou seja, assim como você pode contratar empréstimo direto no seu banco, indo até a agência, você também pode contratar crédito sem sair de casa. Isso tem uma série de pontos positivos, como por exemplo:

  • redução da burocracia
  • aprovação de crédito mais rápida
  • praticidade
  • possibilidade de comparar diferentes taxas

Fintechs têm ganhado um peso cada vez maior no setor. De fato segundo uma pesquisa realizada pela PwC e a ABCD (Associação Brasileira de Crédito Digital) no ano de 2019, que contou com a participação de 43 fintechs de crédito, o número de pedidos de empréstimo de pessoas físicas quase dobrou de 2017 para 2018 . E, para pessoa jurídica, esse número aumentou mais de 6 vezes. 

Para mais, as modalidades são inúmeras: você pode encontrar empréstimo pessoal, empréstimo com garantia, consignado, para empresas… Ou seja, todos que buscam por crédito podem optar pela contratação online. Veja abaixo, algumas das principais opções:

Crédito Pessoal
PosiçãoInstituiçãoModalidadeCET(ao Mês)Interessado?
1
GERU
Crédito Pessoal4.20%
2
Ibi Digital
Crédito Pessoal5.99%
3
Credisfera
Crédito Pessoal6.15%
4
Just.
Crédito Pessoal6.35%
5
Rebel
Crédito Pessoal6.65%
Consignado
PosiçãoInstituiçãoModalidadeCET(ao Mês)Interessado?
1
Agibank
Consignado - INSS2.03%
2
bxblue
Consignado - INSS2.22%
3
bxblue
Consignado - Público2.22%
4
Agibank
Consignado - Privado2.42%
5
Creditoo
Consignado - Privado4.89%
Negativados
PosiçãoInstituiçãoModalidadeCET(ao Mês)Interessado?
1
Livre.digital
Crédito Pessoal3.47%
2
Ferratum
Crédito Pessoal13.10%
3
Agibank
Crédito Pessoal17.91%
4
Crefisa
Crédito Pessoal21.77%
5
Unobank
Crédito Pessoal22.45%
6
Simplic
Crédito Pessoal22.45%
7
Moneyman
Crédito Pessoal28.44%
Empréstimo
PosiçãoInstituiçãoModalidadeCET(ao Mês)Interessado?
1
Bcredi
Empréstimo com Imóvel em garantia1.82%
2
Creditas
Empréstimo com Imóvel em garantia2.67%
3
Tutu Digital
Peer-To-Peer PJ2.80%
4
Nexoos
Peer-To-Peer PJ3.54%
5
IOUU.
Peer-To-Peer PJ4.40%

 

O mercado de crédito brasileiro tem problemas…

E as fintech buscam, em grande medida, resolvê-los. Na pesquisa realizada pela PwC, as empresas listaram que os principais obstáculos que pretendem superar em relação aos bancos tradicionais são oferecer: (1) aprovação de crédito mais rápida e menos burocrática e (2) melhoria na experiência do usuário.

Além disso, cerca de 45 milhões de brasileiros não têm acesso ao sistema bancário e de crédito. Isto é, cerca de 20% da população. Mas esse ainda é um problema que as fintechs não estão resolvendo. Na verdade, quase a totalidade dos buscam empréstimo por fintechs poderiam buscar em seu próprio banco. Em outras palavras, a atuação entre os desbancarizados é baixa. Porém, segundo Marcelo Ciampolini, CEO e fundador da Lendico Brasil“Oferecer crédito para quem ainda não existe no sistema financeiro e não tem um demonstrativo de renda é mais complexo. Mas é apenas uma questão de tempo para que as fintechs alcancem também esse consumidor”. Ou seja, podemos esperar um futuro em que mais pessoas tenham acesso a crédito.

 

A importância das fintechs na educação financeira

Outro grande problema do mercado de crédito brasileiro é a educação financeira deficitária.  Nas pesquisas apresentadas, ficou evidente que os maiores usuários de cheque especial e rotativo do cartão de crédito são pessoas com menor renda e escolaridade. Isso é muito problemático, tendo em vista que essas duas modalidades apresentam algumas das taxas mais caras do mercado. Abaixo, um comparativo de algumas linhas de crédito, para comparação:

comparativo de taxas de empréstimo

Os dados apresentam taxas médias mensais. Eles foram divulgados pelo Banco Central em fev/2018 e por empresas privadas que concedem crédito.

Além disso, 1 em cada 4 pessoas que busca a renegociação de dívidas o faz devido ao rotativo do cartão. Isto é, pessoas que deixaram de pagar a fatura do cartão e, por isso, se embolaram com os juros exorbitantes cobrados. É daí que vem a importância das fintechs de crédito e de sites como o Educando seu Bolso: educar financeiramente. Afinal, tomar crédito não é um problema. O problema é fazer isso sem planejamento e sem pesquisar preços.

Para mais, tudo isso se relaciona com os objetivos do governo para um futuro com mercado de crédito mais justo. “Todos queremos juros baixos duradouros, serviços financeiros melhores e a participação de todos no mercado. É o que o Banco Central (BC) chama de democratização financeira.” Você pode acessar todos os objetivos na Agenda BC#.

 

O que é Cadastro Positivo?

Cadastro Positivo é uma nova forma de avaliar a relação do consumidor com os compromissos financeiros. É um método que passa a enxergar todo o comportamento do consumidor, e não apenas os “maus comportamentos”. 

No Brasil, não existia uma análise de crédito positivo, somente negativo. Ou seja, apenas a falta de cumprimento de compromissos financeiros era enviados ao Serasa. Por exemplo, apenas quando você ficava com o nome sujo era reportado. Agora, o Cadastro Positivo permitirá que o processo de concessão, que tinha muitas vezes um caráter excludente, passe a incluir uma parcela maior da população. Assim, se tornando mais justo com aqueles que tem um bom comportamento. Afinal, com o Cadastro Positivo não irá considerar apenas suas negativações. Pagar as contas dentro do prazo também passa a contar!

 

O que passa a ser levado em consideração no Cadastro Positivo?

Pagamento de contas em dia: contas de luz, água, gás, telefone podem ser avaliados na hora de obter a análise de risco para conceder um novo crédito. Em outras palavras, se você se planeja para não atrasar no pagamento de contas, isso fará você ter maior chance de conseguir crédito, seja de uma fintech ou banco. 

 

Vantagens do Cadastro Positivo

Acredita-se que muitos jovens serão beneficiados com o Cadastro Positivo, uma vez que a maioria não possui histórico bancário consolidado. Agora, as movimentações financeiras menores realizadas por eles passarão a ser levados em conta. Espera-se, também, que haja a inserção de 20 milhões de pessoas no mercado de crédito com essa mudança, tendo em vista a captação de mais dados. Ainda, prevê-se que 40% da população terá seu score de crédito aumentado. Ou seja, mais pessoas terão acesso a empréstimo mais barato, uma vez que scores maiores costumam representar taxas menores para o consumidor.

 

Tem alguma dúvida, comentário ou sugestão? Deixe aqui nos comentários para a gente! E não deixe de usar nosso Simulador de Empréstimo para encontrar as menores taxas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *