Simulador de Contas Digitais
O que é melhor, investir em imóvel ou em renda fixa?

O que é melhor, investir em imóvel ou em renda fixa?

O leitor João Guilherme entrou em contato conosco contando que surgiu uma oportunidade de adquirir um imóvel na planta, em sua cidade natal, onde ele pode voltar a morar no futuro. A dúvida é se seria vantajoso fazer o negócio, ou se ele deveria investir o dinheiro em alguma aplicação financeira.

Bem, são vários fatores envolvidos nessa decisão. Um deles é o negócio em si. O preço está bom? O imóvel deve se valorizar? E o risco de a entrega do imóvel atrasar, ou pior, ele não ficar pronto? Outro fator é a utilização do imóvel. O leitor não sabe se vai voltar a morar na sua cidade e, nesse caso, precisaria vender ou alugar o imóvel.

Falamos sobre isso, levando em conta esses e outros fatores, medindo riscos e oportunidades, para ajudar o João Guilherme – e outros leitores, pois essa situação é muito comum – a tomar sua decisão.

Assine nosso Podcast no

CastBox - Download no Google Play

Autor

Frederico Torres
Profissional do mercado financeiro há 20 anos e interessado em como fazer o $$$ parte de nossa vida de forma mais saudável.

12 comentários

  • Frederico boa tarde! Tenho um imóvel avaliado em 550mil. Tenho 40mil para findar o financiamento. Tenho uma propriedade no interior e estou c vontade de ir embora e vender o imóvel (casa) aqui em SP. Tenho duas filhas q estão prestes a entrar na faculdade aq em SP. O que seria melhor: comprar um apartamento em São Paulo de valor inferior para ter um local de poso aqui na capital ou, aplicar na renda fixa o valor da venda do imóvel e com o rendimento pagar um aluguel na capital? Obrigada!

    Responder
    • Frederico Torres

      Boa tarde Najla.

      Veja, a análise que fiz neste post ainda persiste, apesar da queda da taxa de juros (Selic). Ou seja, rendimento real (acima da inflação) continua acima dos 0,3% a que equivale um aluguel mensal.

      Resumindo, dá pra você vender o imóvel, aplicar o dinheiro, pagar o aluguel com o rendimento e ainda deve sobrar um troco. O risco aí, é o mercado imobiliário voltar a se aquecer e os preços explodirem. Veja, ninguém tem bola de cristal, mas acho esta chance muito pequena.

      Finalmente, há outros aspectos para esta decisão, qualitativos, que só você que é mãe pode ponderar.

      Ah, e se for investir, não deixe de consultar nosso comparador de investimentos, ok?!

      Grande abraço, muito obrigado pela confiança e, podendo, nos ajude a divulgar o Educando Seu Bolso. Boas recomendações contam muito!

      =)

      Responder
  • Oi Fred !.Sou solteiro, aposentado e possuo um apartamento próprio de 1 quarto onde resido. Como minha mãe está muito idosa estou tendo a necessidade de mudar para um imóvel de 2 quartos. Possuo investimentos em CDB: 200.000 (98%), tesouro direto 8.000 e LCI 10.000 . O CDB , mas especificamente, me oferece um rendimento mensal de 1,300 reais. A minha dúvida é se vendo o imóvel e compro outro de 2 quartos , complementando com o valor do CDB aplicado ou alugo um imóvel de 2 quartos e mantenho o valor aplicado?.
    Acrescento que tenho a possibilidade imediata de alugar o imóvel atual no valor de 700,00. Um aluguel de imóvel no meu bairro está oscilando entre 1,200 e 1,400 reais.

    Responder
    • Frederico Torres

      Oi Oswaldo.

      Pra decidir se vale a pena alugar e manter o investimento, vou usar o meu caso ok?! (No seu faltou o valor do imóvel)

      7,5% – 3,4% versus (2.700 x 12)/800.000
      ou
      previsão de selic para fim do ano menos previsão de inflação para 2017 versus despesa de aluguel anual dividida pelo valor do imóvel

      4,1% > 4%

      A primeira parte desta equação, você pode consultar também em http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro-direto-precos-e-taxas-dos-titulos – Veja hoje os juros “reais” da NTN-B em 4,9% a.a.

      Bom, isto partindo do pressuposto da valorização dos imóveis em linha com a inflação. Um exemplo de índice que acompanha a valorização dos imóveis é o Fipezap, mas o ideal é ficar de olho no bairro/prédio/nicho que vocês querem.

      Partindo do pressuposto que pra você também será vantajoso morar de aluguel (como tem sido pra mim até o momento), recomendo revisar suas aplicações, pois você pode rentabilizar melhor o seu dinheiro.

      Peço que use o comparador de investimentos do Educando em https://educandoseubolso.blog.br/compare-investimentos/ e leia meu último post sobre o assunto em https://educandoseubolso.blog.br/2017/07/17/o-gerente-responde-monetus/ para avaliar por si mesmo.

      Se não gostar, outra possibilidade seria o Tesouro Direto, mas aí para se arriscar um pouco em Pré ou inflação, pois como você verá a Monetus tem batido o Tesouro Selic.

      Importante: A economia com o aluguel, você deve continuar investindo regularmente, para possibilitar eventual movimento contrário no futuro (compra do imóvel sem ter que financiar).

      Grande abraço e parabéns por cuidar tão bem da sua mãe!

      =)

      Responder
        • Frederico Torres

          Então Oswaldo, parece que pra você também vale a pena morar de aluguel e investir bem suas reservas e a economia mensal.

          (1300 x 12)/400.000 = 3,9% < 4,1% ou (700 x 12)/270.000 = 3,1% < 4,1% Abraço!

          Responder
  • Oi Fred! Tenho um valor em CDB e LCI porém, devido a queda dos juros, o rendimento tem caído. Minha dúvida é se vale a pena investir num imóvel para aluguel ou continuar com o valor aplicado.

    Responder
    • Quintiliano Campomori

      Prezada Débora, obrigado pela sua mensagem!
      De fato, os investimentos em Renda Fixa com taxas pós-fixadas têm sofrido com a queda da taxa SELIC.
      Exceto por uma ótima oportunidade e se você tiver a espectativa real de valorização do imóvel, os investimentos continuam sendo uma melhor alternativa que o aluguel por dois pontos:
      1- Rentabilidade. Nos imóveis, você vai conseguir, aproximadamente, 0,3% de rentabilidade e com a SELIC (taxa atual) de 0,7974%.
      2- Risco de não conseguir alugar. Nesse caso, você ao invés de ganhar, terá que pagar o condomínio e IPTU.

      Uma alternativa, se você quiser, de fato, investimento em imóveis seriam os Fundos Imobiliários.

      Quintiliano Campomori
      Educando seu Bolso

      Responder
  • Fala Frederico. Tenho uma dúvida. Vi pelo site “coolfinance” que algumas taxas de juros para empréstimos são bem baixas, você acha que vale a pena investir numa reforma de um imóvel que tenho para tentar fazer com que ele seja alugado mais rapidamente (assim pagaria o investimento do empréstimo que é baixo com a renda do imovel alugado. Ou o risco é grande?

    Responder
    • Frederico Torres

      Oi Thiago,

      Vi e suspeitei de algumas das taxas propagandeadas no tal site. Achei baixas demais 13% ou 17% a.a. são taxas para grandes empresas e não para pequenos empréstimos pessoais a pessoas físicas. Outras, de shoppings de crédito online mais conhecidos, como Lendico ou Simplic, já estão em patamares bem maiores (mais críveis).

      De toda forma, o retorno com aluguel é baixo e depender dele neste mercado desaquecido, para pagar empréstimo, não me parece uma boa. Até porque o banco, ou a financeira, não vai querer saber se o seu imóvel está ou não alugado.

      Portanto, a menos que você tenha absoluta certeza que seu imóvel não está alugando por uma causa específica, que seja resolvível com um pequena e barata reforma, e que imediatamente após a realização da mesma você vai conseguir um contrato firme e longo de aluguel do imóvel que está parado há tempos, não recomendaria.

      Grande abraço, obrigado pela confiança e, se possível, não deixe de nos curtir/divulgar através das redes sociais.

      =)

      Responder
  • Amei ! Posso deixar minha pergunta?
    Tenho 37 anos, 1 apartamento quitado e boa saude finaceira (s/divida)
    Porém, na região que moro – centro de Sao Paulo – Sp está complicado em relação a segurança. Um bairro depois, está um pouco melhor e surgiu a oportunidade de um imovel neste local mais seguro. Tenho metade do dinheiro. É melhor investir em Previdencia Privada ou comprar este imovel no lugar mais seguro e alugar o meu? detalhe – daqui 15 anos vou embora do brasil

    Responder
    • Frederico Torres

      Que legal que você gostou Keli. Se puder, nos ajude a divulgar o podcast. Faça um review público lá no seu agregador de podcasts e ajude a informar futuros ouvintes! =)

      Sobre sua dúvida, ela é bem complexa pois envolve questões não financeiras apenas. Bom, mas como aqui não ficamos em cima do muro, vou dizer o que eu faria, o que não quer dizer que é o mais correto para você, ok?!

      Vamos lá: 15 anos para sua saída do país é muita coisa, então isso não deve limitar sua decisão imobiliária. Pelo que entendi, você está decidida a mudar e quer saber o que é melhor, vender o apartamento atual e comprar o novo, financiando uma parte ou alugar o atual e comprar o novo, financiando um montante maior, talvez até a integralidade do valor. Eu venderia o atual ao invés de alugar. Digo isto porque assim você teria que tomar um financiamento menor e consequentemente pagaria menos juros. Essa avaliação também se baseia em um retorno médio de por volta de 0,35% a.m. do aluguel sobre o valor do imóvel, enquanto as taxas de juros reais no financiamento imobiliário são maiores do que isto, ok?!

      Grande abraço, obrigado pela confiança e boa sorte aí no novo bairro!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *