O que você está procurando hoje?

Toro Investimentos: dicas de aplicação financeira com profissionais do mercado

Toro Investimentos é boa? É segura? Saiba neste texto as principais informações sobre a empresa, bem como dicas práticas para começar a investir.

Para falar sobre o assunto, o Educando Seu Bolso conversou com ninguém menos do que Márcio Placedino, co-fundador e CTO da Toro. Ou seja, quem mais entende do tema! Confira o bate-papo na íntegra no podcast ao topo deste texto.

logo toro investimentos

Logo da corretora de investimentos Toro.

O que você encontrará nesse artigo:

  • cenário do mercado financeiro no Brasil;
  • panorama da Toro;
  • investir na Toro é seguro?
  • Como funciona a corretagem zero da empresa?
  • Passos para começar a aplicar dinheiro.

QUERO INVESTIR COM A TORO

Quem é a Toro Investimentos?

A Toro começou sua história em 2010, como uma escola para o investidor, focada em renda variável. Porém, rapidamente a empresa percebeu que, mais do que educação, os clientes demandavam acompanhamento nas etapas do processo.

Assim, o modelo evoluiu para um esquema que congregava:

O formato avançou ainda mais e a Toro Investimentos tornou-se a primeira fintech a ter sua própria instituição financeira. A virada de chave aconteceu em 2016.

Hoje, a Toro Investimentos permite, também, realização de investimentos na plataforma, com sistema próprio.

A companhia é especializada no mercado de ações, porque é uma área mais áspera para quem está começando. Mas acredita em uma carteira diversificada e focada em longo prazo.

Durante o ano de 2020, experimentou um crescimento de mais de 700% no número de investimentos feitos pelos clientes. Além disso, está caminhando para fechar o ano com 5 vezes mais clientes ativos.

Tudo isso em um ano tão atípico para o mercado, devido à pandemia do coronavírus e à crise financeira. O momento, no entanto, foi favorável ao setor de investimentos. Devido às reduções sucessivas da Taxa SELIC, a busca por investimentos diversificados tem aumentado.

 

Alguns dos produtos disponibilizados na plataforma

  • Bolsa de valores e home broker.
  • Fundo de investimento.
  • Fundo imobiliário.
  • Renda fixa e tesouro.
  • BDR – representações de ações internacionais negociadas no Brasil.
  • Serviço de carteira recomendada, por meio de suporte e análise de especialistas.

 

Toro Investimentos é segura?

Sim. A Corretora Digital possui uma série de certificações oficiais para atuar: Banco Central do Brasil, CVM, B3 e Anbima. Além disso, segue normas de regulação dessas entidades.

Para mais, a companhia tem reputação bem estabelecida no mercado. Em operação desde 2010, a empresa já ajudou mais de 1 milhão de pessoas a investirem melhor e teve mais de R$ 100 bilhões movimentados na plataforma.

 

Toro Radar ou Toro Investimentos?

O nome da empresa era Toro Radar. Isso mudou em 2016, quando ela conseguiu o status de instituição financeira. “A gente estava conectado ao sistema financeiro, mas do lado de fora do muro”, diz Márcio.

Antes da mudança, também era possível fazer investimentos pela plataforma. Porém, a Toro era uma interface. Isto é, apresentava os produtos, enviava as ordens de compra e vendas de investimentos, mas tudo era feito do lado de fora.

 

E qual era o problema de o investimento ser feito por fora?

Para entender, é preciso dar um pouco de contexto. Segundo o entrevistado, todo sistema surge em uma determinada circunstância e época.

Assim, a bolsa de valores sempre foi marcada por ser um ambiente de investidores institucionais, estrangeiros, com alto grau de sofisticação. Há 10-15 anos, a bolsa não era um local de pessoas físicas, ou seja, de varejo.

Havia alguns aventureiros, mas a renda fixa rendia bastante, o que não tornava o mercado de ações tão atrativo. Ainda, ocorria dificuldade de acesso por custo e informatização.

pessoa usa tecnologia para fazer investimentos

Toro Investimento aposta na tecnologia para oferecer melhor serviço.

Em resumo, todas as estruturas do mercado não eram pensadas para o investidor pessoa física. Isto é, para quem tem R$1 mil, R$30 mil para investir.

Dessa forma, foi necessário mudar o “motor” para ter uma mudança verdadeira. Isso passou pela institucionalização da Toro Investimentos.

Hoje a Toro tem soluções para “informar conta corrente, a posição de custódia, para transacionar, para gerenciar o risco do cliente. Todas elas proprietárias e feitas pensadas na pessoa física, que está começando a investir”, afirma Márcio.

 

Como o cliente Toro navegou pela ampliação da possibilidade de investimentos?

Para o entrevistado, estamos em um momento em que o maior risco é não tomar risco nenhum.

Há alguns anos, deixar o dinheiro 100% em uma renda fixa era suficiente para uma aposentadoria, um futuro tranquilo. Não mais.

Por exemplo, existem chances de entrarmos em 2021 com taxa de juros real negativa. Isto é:

  • rendimento da aplicação – inflação = zero ou até perda financeira.

Os clientes da Toro já eram, majoritariamente, compostos de pessoas interessadas em mercado de ações, ou que assumiam alguns riscos. Então, a ampliação de possibilidades foi importante na diversificação.

Para além disso, o forte incentivo à educação realizado pela empresa evidencia a importância de aportes permanentes para investimentos, seja todos os dias ou todos os meses.

Além do poder da rotina e do crescimento gradual, há um fator de redução de risco. Porque investindo em vários dias diferentes, você faz transações no mercado em dias melhores e piores, o que dilui possíveis perdas.

“O risco em si não é uma coisa ruim. Mas não saber que se está tomando risco é, sim (…), algo que a gente tem que evitar”, finaliza.

QUERO INVESTIR COM A TORO

 

Toro Investimentos taxas: corretagem zero

Corretagem é uma taxa cobrada por corretoras para realizar compra ou venda de ativos.

Um dos planos de maior sucesso da Toro foi a criação de um programa em que o cliente não pagava corretagem se tivesse prejuízo nos investimentos.

O plano mostrou-se uma forma de indicar para os clientes que os conteúdos ensinados pela Toro são realmente para o bem do usuário. Isto é, que eles não têm interesse em lucrar com o prejuízo.

Esse plano continua existindo para quem deseja recomendações do time de analistas. Mas, hoje, todos os produtos são oferecidos com corretagem zero: ação, imobiliário, contratos futuros, day trade (comprar e vender no mesmo dia).

 

E como a corretora ganha dinheiro?

A forma de monetização da Toro é por meio de:

  • plataforma completa de cursos;
  • serviço de pesquisa;
  • carteiras personalizadas exclusivas para assinantes, entre outros.

A empresa acredita que, se fornecem um bom serviço para os clientes, eles compensarão por meio da aquisição desses outros produtos.

>> Leia mais: Corretoras taxa zero vivem de quê?

 

Que públicos a Toro Investimentos tem atendido?

  • Principalmente, pessoas com investimento em mercado de ações, com foco em formação de patrimônio na bolsa de valores.

Porém, está sendo percebido um aumento de pessoas que desejam:

  • uma carteira mais diversificada. Seja em renda fixa, por meio de fundos de investimento ou produtos mais complexos.
  • E existem aqueles que buscam realização mais rápida: os traders. Isto é, pessoas que querem fazer movimentações com maior frequência, focando em lucro de curto prazo.

Hoje, a empresa afirma atender bem a todos esses tipos de clientes.

QUERO INVESTIR COM A TORO

 

Concorrência no mercado de investimentos brasileiro

O mercado de investimentos está bombando. Credit Suisse, BTG Pactual, Rico, Santander plataforma, XP Investimentos, Monetus e uma série de outras fintechs, corretoras ou bancos.

Márcio diz estar feliz com a concorrência de alto nível do mercado. Cada vez mais, percebem-se empresas trazendo boas propostas e inovação.

Certamente, é uma concorrência mais desafiadora. Mas o fato de ela ser de mais alto nível também é positiva.

Afinal, a percepção geral do público sobre o mercado de investimentos fica melhor. Dessa forma, mais pessoas passam a buscar por ele e confiar nas soluções apresentadas.

tela online de investimentos

Como funciona a concorrência no mercado? Entenda aqui.

 

Investimento Toro e a concorrência: quem vai mandar nesse mercado?

Está havendo crescimento no número de empresas e uma baixa margem de lucro, dada a concorrência e o momento de expansão. Em algum momento, Márcio acredita que haverá acomodação de empresas.

Isto é, redução do número de companhias no mercado. Quem vai ficar serão aquelas com maior caixa. Além disso, o entrevistado vê que pode acontecer a volta de algumas tarifas.

Porém, é um momento que não está perto de chegar. Ainda há um grande potencial no setor de investimentos do Brasil. Temos, em 2020, 3 milhões de investidores. Em comparação com outros países emergentes, vê-se que esse número pode chegar a 10-15 milhões de pessoas.

Ainda, espera-se um mercado mais justo em sistema de precificação. Para mais, a transparência já está aumentando no mercado e é uma tendência que parece ter chegado para ficar.

 

Dicas para o pequeno investidor: como entrar no mercado financeiro?

Márcio Placedino, co-fundador da Toro, resume em dois principais pontos as formas de o pequeno investidor se integrar mais ao mercado.

  1. Educação financeira: não precisa ser complexo. Pode ser acompanhar um bom perfil de Instagram, ler textos, ouvir podcasts, seguir um bom perfil no YouTube, ou conhecer os cursos online do Educando seu Bolso 😉
  2. Fazer investimentos com visão de longo prazo, com aportes recorrentes e com carteira diversificada. Não é necessário ter muito dinheiro, nem muito conhecimento.

 

Como fazer investimentos?

Em primeiro lugar, escolha uma instituição séria, com supervisão da CVM, B3, Anbima. Em seguida, compare taxas dos diferentes bancos, fintechs e corretoras.

Para conseguir fazer os aportes recorrentes, a dica é fazer um planejamento financeiro e gastar menos do que ganha. Dessa forma, você passa a reservar um valor mensal para aplicar.

Sobre diversificação, a educação financeira já dá bases para isso.

ETF (Exchange Trade Funds) são boas dicas para começar. Afinal, são fundos que reúnem as principais empresas transacionadas no mercado.

Portanto, uma ótima porta de entrada. Com um pouco mais de conhecimento, você pode começar a comprar ações por conta própria, de uma empresa que acredita no crescimento a longo prazo, entre outros.

A partir daí, seguir aprendendo e evoluindo.

>> Veja também: Como investir na bolsa: um caminho para iniciantes.

 

Curiosidades e informações adicionais sobre a Toro

  • Quem é o dono da Toro? O presidente da empresa é Gabriel Kallas, co-fundador e CEO.
  • Instagram da empresa: @toroinvestimentos
  • Site: www.toroinvestimentos.com
  • Login e cadastro podem ser feitos pelo site ou pelo app Toro Investimentos.
  • Telefone: –
  • No Reclame Aqui, a empresa tem conceito “regular” e nota 6,3 em 10. Todas as reclamações são respondidas, o que mostra comprometimento em sanar as questões dos clientes. Existem poucas reclamações.

 

Conclusão: Toro Investimentos vale a pena?

Sim. Sem dúvidas, a companhia é segura e séria. Para saber se ela é a mais indicada para você, no entanto, é importante comparar com as soluções de outras empresas.

Acesse o Simulador de Investimentos do Educando seu Bolso para encontrar a melhor solução em Renda Fixa para seus objetivos.

No mais, um ensinamento que fica da conversa com a Toro é: a visão de longo prazo é essencial. Então, coloque a mão na massa para construir um planejamento financeiro e investir.

QUERO INVESTIR COM A TORO

Ficou com alguma dúvida? Então comente aí embaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *