ranking maquininha de cartao descontos educando seu bolso

Dr. Consulta e Docctor Med: chegou a hora de você conhecer as clínicas populares

Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Apple Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Spotify
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Google Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Castbox

Contratar um plano de saúde ou marcar uma consulta particular são opções que estão fora do orçamento de muita gente. Por outro lado, o atendimento do SUS não agrada todo mundo, não é mesmo? Por isso, não é de se espantar que tenham surgido opções mais baratas que o plano de saúde, e mais confortáveis do que o serviço público: as clínicas populares. Você provavelmente já deve ter cruzado com um Dr. Consulta ou um Médico Sem Filas por aí na sua cidade… Então, antes de marcar sua próxima consulta, leia este post e descubra se essas clínicas realmente valem a pena!

O que são as clínicas populares?

As clínicas populares já existem há mais de 10 anos, mas de alguns anos para cá o número de adeptos a esse sistema começou a crescer ainda mais. Parece até que existe um movimento conjunto entre esse crescimento e o aprofundamento das crises econômicas. Em alguns casos, é preciso cortar gastos, inclusive nos planos de saúde das famílias. Nesse cenário de economia, as clínicas populares surgem como uma opção para quem não pode pesar o orçamento com plano de saúde e consultas particulares.

Já existem centenas dessas clínicas nas grandes cidades, principalmente em regiões centrais. Se você vive em uma capital, provavelmente já viu pelas ruas uma clínica Dr. Consulta ou Docctor Med. Nos últimos anos, muitas franquias foram ainda para cidades de interior que possuem mais de 70 mil habitantes… Resumidamente: essas clínicas estão espalhadas por todo o Brasil, mas você sabe como elas funcionam? O porquê de uma consulta nelas ser mais barata que num consultório médico tradicional? Se elas são realmente de qualidade? Se passar a utilizá-las pode ser econômico para você? Neste post iremos responder a todas essas perguntas sobre as clínicas populares. Vamos começar?

 

Para quem essas clínicas é uma boa opção?

Mesmo com a grande difusão das clínicas populares, elas não são a primeira coisa que  vem à mente quando falamos de cuidados com a saúde. A maioria das pessoas pensa no SUS ou em convênios, os famosos planos de saúde. É pensando em atingir o público que não consegue pagar o plano e não deseja usufruir do SUS que as clínicas populares existem.

Um plano de saúde é algo totalmente fora do orçamento de muitas pessoas, principalmente na atual conjuntura. Nessa crise mais de 3 milhões de pessoas cancelaram seus convênios. Dados de 2013 mostram que 70% da população utiliza a saúde pública. Nesse cenário, imaginar que alguém marcaria com frequência algum tipo de consulta particular também é inimaginável, pois os preços costumam ser altíssimos.

As pessoas, como saída, têm que lidar com as filas do SUS, ou com os meses de espera para marcar alguma consulta, exame ou cirurgia. Aliás, os prazos para atendimento ficam cada vez piores com o aumento dos cancelamentos de planos de saúde. E não é todo paciente que pode esperar muito tempo para ser atendido!

É pensando em atingir esse público, que não consegue arcar com o convênio e não quer esperar meses por um atendimento, que as clínicas populares, como a Dr. Consulta, existem. Elas oferecem serviços médicos incluindo consultas, exames e até mesmo cirurgias, por um preço mais acessível.

O plano inicial das clínicas era atender à demanda das classes C e D, mas a verdade é que esse público vem se tornando mais abrangente a cada ano. Pessoas de classe média e até mesmo alta começaram a ver nas clínicas uma forma de economia mensal. Afinal, tem gente que não usufrui todo mês de serviços médicos numa quantidade que justifique o valor pago num plano de saúde (e que bom!).

 

 

Como elas funcionam?

Essas clínicas funcionam como franquias, e qualquer profissional pode abrir uma, mesmo não se relacionando com a área de saúde. Isso é uma vantagem, pois caso um administrador abra uma clínica, por exemplo, os serviços de administração que antes eram exercidos por cada médico em seu próprio consultório podem ser passados para ele. Assim, há maior especialização e eficiência nos serviços prestados por ambos os profissionais.

Entretanto, toda clínica popular tem a obrigatoriedade de indicar um profissional da área de saúde que será responsável pelo seu funcionamento, um Diretor Técnico Médico. Com a finalidade de garantir a segurança e confiabilidade da clínica, a partir de regulamentações do Conselho Nacional de Medicina.

 

Clínicas populares X consultórios particulares

As clínicas são tão seguras quanto os consultórios particulares?

O diferencial mais chamativo das clínicas populares que atua sobre as consultas particulares tradicionais é o preço mais acessível. Apesar de serem mais baratas, elas não perdem em qualidade nem em segurança por isso. Todas as clínicas populares, como Dr. Consulta e Médico Sem Filas, têm que ser registradas nos Conselhos Regionais de Medicina (CRM) para funcionarem, ou seja, elas são legalmente consideradas como aptas para exercclínicas populares, dr.consulta, docctor med, consulta, médico, hospital, plano de saúde, consulta barataerem aquela função. Sendo assim, o profissional que te atenderá, a estrutura do lugar e os equipamentos serão bons, segundo especificações do CRM.

O presidente do Conselho Federal de Medicina inclusive afirma que “do ponto de vista de negócios, qualquer acordo ou contrato deve estar atento ao artigo 58 do Código de Ética Médica, que proíbe o médico o exercício da profissão de forma mercantilista”. Desse modo, as clínicas populares não podem fazer anúncios publicitários com preço, promoções, cartões fidelidade, etc. O Conselho quer, dessa forma, garantir que não foi apenas um preço baixo que atraiu o cliente para clínica, mas também sua alta qualidade e segurança.

O preço é mais baixo?

Os preços conseguem ser bem mais acessíveis que consultórios particulares normais pelo fato de serem uma espécie de consultório compartilhado, e não por serem inferiores. Sendo assim, grande parte dos custos que antes eram de apenas um profissional são divididos e economizados. Esses custos incluem pagamento de contas, salário de funcionários como faxineiras e secretárias, estrutura do consultório, tanto na área de equipamentos médicos quanto de custos básicos com reformas e melhorias do ambiente, por exemplo.

O impacto dessa economia nos preços dos serviços é explícito, e os valores cobrados em clínicas populares podem chegar, em média, em até um terço dos de consultórios particulares.

Em seguida colocamos alguns exemplos de preços de consultas, exames e cirurgias nas clínicas Labi Exames e Dr. Consulta para comparar com os mesmos procedimentos em consultórios particulares, hospitais e laboratórios. É bom lembrar, porém, que esses preços podem variar muito de estabelecimento para estabelecimento, principalmente no caso das consultas.

Clínicas popularesServiços particulares
Exame de urina
R$6,00 (orçamento na Labiexames)R$20,00
Exame de glicose
R$6,00 (orçamento na Labiexames)R$15,00
Hemograma completo
R$15,00 (orçamento na Dr. Consulta)R$25,00
Consulta com ortopedista
R$95,00 (orçamento na Dr. Consulta)R$250,00

 

Clínicas populares X SUS

O tempo para atendimento no Dr. Consulta e no Médico Sem Fila

As clínicas populares se diferem do SUS principalmente na questão do tempo de espera. Aliás, não só da espera nas cadeiras do pronto atendimento, essa é a de menos. O problema maior que se encontra no SUS atualmente é a espera para conseguir marcar alguma consulta, exame ou cirurgia.

Essa espera, além de desgastante, pode ser perigosa. Embora o prazo considerado ideal pela Secretaria de Saúde seja de 30 dias, o que ocorre é bem diferente. Surpreendentemente mais da metade dos pacientes que precisam marcar um serviço específico têm que aguardar mais de três meses, e em muitos dos casos a espera chega até a 1 ano. Essa demora pode acarretar sequelas e consequências graves em alguns casos.

É por isso que a agilidade para ser atendido é algo muitas vezes crucial. De fato nas clínicas populares você consegue marcar consultas em prazos mais curtos, e em algumas você pode até mesmo ir sem agendar a consulta, e ser atendido por ordem de chegada, dependendo da disponibilidade dos médicos.

Em virtude disso fizemos alguns testes para o agendamento de consultas e exames em diferentes clínicas populares. Na Dr. Consulta, por exemplo, esse agendamento pode ser feito pelo próprio site. Inclusive, conseguimos facilmente horários para o dia seguinte. Já na Médico Sem Fila, o agendamento é feito até por Whatsapp, e os prazos também são curtos (1 dia).

Elas substituem o SUS em tudo?

Essas clínicas, porém, não são substitutas totais do SUS. Quando você precisa de uma internação, por exemplo, a saída das clínicas é te encaminhar para o SUS. Elas não realizam esse tipo de serviço, assim como não realizam alguns tipos de exames e cirurgias. De tal forma que essa é uma razão para que seus preços sejam bons: elas não precisam ter a estrutura completa de um hospital, por não realizarem todo tipo de serviço.

Para quem utiliza as redes públicas e não tem plano de saúde, conhecer as clínicas populares pode ser muito útil. Acima de tudo, não para substituir o SUS completamente, mas para casos em que esteja precisando de uma consulta ou exame mais rápidos. A vantagem é que você precisará desembolsar algum dinheiro apenas quando utilizar os serviços, e não mensalmente, como faria com um plano de saúde.

Falando em economia, você está procurando formas de aumentar seu orçamento ou economizar no fim do mês? Então dê uma olhada nos nossos artigos com dicas de 11 aplicativos para gerar renda extra e dicas para cortar gastos na sua casa.

 

Clínicas populares x plano de saúde

Os planos de saúde são melhores que as clínicas?

Essa, de todas as comparações feitas anteriormente, é a mais difícil de se chegar a um consenso. Nos outros dois casos, das clínicas populares em comparação com consultas particulares ou SUS, existia uma clara vantagem. Dessa vez, entretanto, existem algumas desvantagens também. Em outras palavras: as clínicas populares não são substitutas completas dos planos de saúde.

Elas não são substitutas justamente porque seu objetivo não é esse. Em primeiro lugar as clínicas vêm para ocupar um espaço que ainda não existia no mercado, uma proposta de saúde particular acessível. O fato de as clínicas populares não exigirem compromisso financeiro é uma vantagem para aqueles que usam o SUS e procuram por elas apenas pontualmente. Esse mesmo fato, entretanto, é uma desvantagem para os adeptos aos planos de saúde, que buscam, justamente, a segurança que eles trazem. Isso porque o público dos convênios geralmente valoriza a garantia em casos de emergência.

Se você quer saber sobre planos de saúde em algum caso específico, como por exemplo para MEI, acesse nosso post.

É importante lembrar que nas clínicas populares você pode fazer consultas, exames, e até algumas cirurgias. Entretanto, no caso de a pessoa precisar de uma internação ou algum procedimento mais complexo, elas não a satisfazem. Nessas horas, quem não tem condições de pagar por um serviço desses particular é novamente enviado ao SUS.

É mais barato utilizar as clínicas ao invés do meu plano de saúde?

Se você busca as clínicas populares como forma de economia de dinheiro em relação a um plano de saúde, analise bem os possíveis cenários antes. Existem planos de saúde com preços não muito altos e que cobrem bastante coisa. Você pode achar que está economizando, mas na verdade, caso faça, por exemplo, 2 consultas numa clínica popular em um mês, sua conta já pode sair mais alta do que sairia tendo um plano de saúde. Em contrapartida, em alguns casos, onde as visitas ao médico são mais raras, a substituição pode ser benéfica.

Em resumo, se você acha que o plano de saúde está pesando muito no seu orçamento, e deseja parar de utilizá-lo para depender das clínicas populares, faça as contas antes. Principalmente se você tem algum problema de saúde que demanda visitas recorrentes ao médico. Consulte nos sites das clínicas populares o preço médio das consultas que você costuma fazer antes de tomar alguma decisão. Check-ups e exames também devem entrar no seu cálculo. Dessa maneira você poderá ver se realmente trocar seu plano de saúde vale a pena, nem todos os casos valem.

Fizemos algumas comparações do uso de clínicas e de diferentes tipos de plano. Confira:

Clínicas populares X planos que cobrem internação

Por exemplo: Rodrigo tem uma filha de 17 anos que tem diabetes, e não paga plano de saúde para ela. Entretanto, prefere a agilidade e o atendimento das clínicas populares em detrimento aos do SUS. Portanto, não a leva ao SUS, e busca a Dr. Consulta ou Docctor Med para qualquer tipo de atendimento que ela precise. Ele acredita estar economizando com isso, só por não ver o boleto do convênio chegando todo mês na sua casa.

Entretanto, sua filha utiliza as clínicas populares com bastante frequência: além das consultas periódicas que precisa fazer por causa da doença, vai ao oftalmologista para ajustar o grau dos óculos, dermatologista para acompanhamento de algum problema de pele, nutrólogo para controlar a alimentação, check ups em ginecologista… Se fizer apenas duas dessas consultas em um mês, numa clínica onde cada uma custa na faixa de R$100, ter um plano de saúde “prata” da Good Life, por exemplo, já seria mais vantajoso. A conta na clínica popular sairia por R$200, e a do plano de saúde R$153,40. (R$113,40 + 2 coparticipações de consultas).

Nesse caso, pagar o plano de saúde além de mais barato garantiria internação grátis, diferente do caso das consultas avulsas nas clínicas, que demandaria uma internação pelo SUS.

Existe ainda a opção de um plano de saúde bem completo, que cobre o Brasil todo, com coparticipação e acomodação em enfermaria pela Unimed. Nesse mês em que estamos considerando, com duas consultas, ele sairia por R$240,71. A vantagem, de novo, é a segurança que o plano traz, por um valor não tão mais alto.

MensalidadePreço por consultaTotal
Good Life “prata”
R$113,40R$20,00R$153,40
UnimedR$162,71R$39,00R$240,71
Clínicas populares
0R$100,00R$200,00

*os valores da tabela são baseados no preço para a idade do exemplo (17 anos).

 

Clínicas populares X planos que não cobrem internações

Existem, porém, alguns planos de saúde que podem ser considerados substitutos das clínicas. Esses substitutos são aqueles planos que não cobrem internações, e por isso têm o preço mais acessível. A diferença, portanto, de um plano desse tipo para utilizar as clínicas populares é o fato de que com o convênio você deve pagar mensalmente uma quantia, utilizando-o ou não. No caso das clínicas, porém, você só paga quando utiliza.

No quesito qualidade e quantidade de serviços oferecidos, essas duas opções (plano de saúde que não cobre internações e clínicas populares) oferecem basicamente a mesma coisa. Mas a diferença é o hospital que você procura em casos de emergência, hospital público (para quem usa as clínicas) e particular (para quem usa o plano de saúde, para as 12 primeiras horas).

Um exemplo de plano desse tipo é o “esmeralda” da Good Life. O que Rodrigo, do exemplo anterior, pagaria nesse mês para sua filha seria apenas R$67,65 (R$47,65 + 2 coparticipações de consultas).

Outro exemplo que sairia mais em conta do que utilizar as clínicas nesse caso é o plano mais simples da Promed. Ele custa R$55,49 por mês, e suas coparticipações para consultas são de R$9,98. Ou seja o preço final do mês seria R$75,45, mais uma vez, mais em conta que nas clínicas populares.

MensalidadeCoparticipação por consultaTotal
Goodlife “esmeralda”R$47,65R$10,00R$67,65
PromedR$55,49R$9,98R$75,45

*os valores da tabela são baseados no preço para a idade do exemplo (17 anos).

 

Em qual caso as clínicas sairiam mais baratas que um plano de saúde?

clínicas populares, dr.consulta, docctor med, consulta, médico, hospital, plano de saúde, consulta barataUtilizamos como exemplo um caso em que a pessoa sofre de uma doença que demanda visitas recorrentes ao médico. Alguém que não sofre de nenhuma doença desse tipo, entretanto, provavelmente não vai ao médico duas vezes ao mês todo mês. Existem meses, inclusive, que essa pessoa não faz uma consulta sequer.

Em casos com consultas, exames e cirurgias muito pouco frequentes, talvez seja economicamente vantajoso trocar o plano de saúde pelas raras visitas às clínicas. Com toda a certeza vale lembrar novamente que planos de saúde e clínicas populares não são substitutos perfeitos, e escolhas sobre questões de saúde devem ser sempre muito bem pensadas.

Opções de clínicas populares

Como dito antes, as clínicas populares já estão espalhadas por todo o Brasil, e algumas já são inclusive bem famosas, como a dr.consulta, por exemplo. Entretanto, vale a pena conhecer mais de uma, e buscar a que mais te satisfaz.

Uma opção que encontramos que existe em mais de 10 estados é a Docctor Med. Já em Minas Gerais, podemos citar a Dr. Consulta, a Saúde Clínica, a Médico Sem Fila, a Clínica do Bem, a Atendemed, a Clínica Medicinar, a Clínica Viva Mais, a Matermed e muitas outras. Se você conhece alguma clínica boa que não foi citada, conta aqui pra gente nos comentários! E caso você se interesse pelo assunto de clínicas e planos de saúde, acompanhe o blog que vem muita coisa sobre o assunto por aí.

2 comentários

  • Ótima reportagem! Eu sou do GoDoc, que é um aplicativo de marcação de consulta, que faz as vezes das clínicas populares, com preço acessível, só que o paciente pode procurar o médico por especialidade, localidade, marcar pelo celular e pagar em até 6x pelo cartão de crédito! O importante é dar opções para que a população tenha alternativas mais baratas para não descuidar da saúde, que é assunto sério!

    Responder
    • Clara Sardenberg

      Obrigada Daniele, pelo elogio e pela sugestão de aplicativo, eu ainda não o conhecia! Vou procurar saber mais sobre.
      Clara, Equipe Educando Seu Bolso.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *