O que você está procurando hoje?

Uma turbinada no seu negócio: a antecipação de recebíveis do Rappi

Nossa avaliação do produto:

3.14 / 5

Você, proprietário de uma papelaria, dona de uma loja, gerente de finanças de uma farmácia, ou de qualquer outro estabelecimento, caso esteja passando por dificuldades financeiras e precise de uma solução rápida pra isso, a antecipação de recebíveis pode ser uma opção!

Pensando em atender essa demanda, o Rappi lançou sua política de antecipação de recebíveis aos estabelecimentos parceiros. Por meio do Rappibank, essa medida voltada para micro e pequenos empreendimentos permite um aumento do  capital de giro, essencial para o seu negócio funcionar!

Ficou interessado no assunto? Se você quer saber mais sobre essa política do Rappibank, que pode ajudar aquele bar de esquina, ou a padaria do seu bairro, esse texto é para você! 

Prós

  • Taxa de antecipação competitiva com os valores cobrados no mercado;
  • Plataforma com outras funções, como os seguros da Rappibank PJ;

Contras 

  • Tempo de aprovação que não é tão curto;
  • Sem canal de ligações para atender dúvidas;
  • Antecipação restrita aos pedidos do app;
  • Falta de transparência quanto aos bancos e finetech parceiros;
  • Só tem a antecipação automática, o que dificulta o cancelamento da operação;
  • Atendimento lento;

 

O que é a antecipação de recebíveis do Rappi 

 A antecipação de recebíveis do Rappi faz parte de um dos serviços financeiros oferecidos pelo Rappibank. Essa política permite que estabelecimentos consigam um dinheiro em caixa no presente, que estaria previsto para ser recebido no futuro! 

Assim, é uma medida interessante para turbinar seu pequeno negócio, sem ficar dependente de taxas de juros estrondosas que podem vir com empréstimos, por exemplo. 

Porém, a antecipação é um recurso emergencial que muitas empresas acabam recorrendo na falta de um planejamento financeiro conciso que consiga arcar com imprevistos.  Os recebíveis mais comuns de serem antecipados são: 

  1. Duplicatas;
  2. Cheques;
  3. Cartão de crédito;

No caso do serviço de antecipação de recebíveis do Rappi, o diferencial reside no fato de você conseguir receber, em até dois dias úteis, os repasses de forma automática a partir de uma taxa de 2,49% a.m às empresas parceiras.

Esses repasses são feitos de forma quinzenal ou semanal, com base nas vendas realizadas na plataforma do Rappibank. Ou seja, no caso do Rappi você só consegue antecipar as vendas realizadas no aplicativo.

 

Características da antecipação do Rappi

Visando esclarecer as principais características dessa novidade separamos em tópicos informações a serem consideradas sobre a antecipação do Rappibank:

  • Foco em micro e pequenos negócios, ou seja, voltado para pessoas jurídicas (PJ);
  • Crédito de curto prazo;
  • Taxa de 2,49% a.m
  • Processo 100% digital; 
  • Aprovação em até dois dias úteis; 

O Rappibank não realiza a antecipação de recebíveis sozinho, a empresa possui parcerias com bancos e outras fintechs cujos nomes não foram divulgados. E nesse ponto, como outras empresas concorrentes divulgaram seus parceiros consideramos isso como uma desvantagem para o Rappi. 

Além disso, quando falamos de PJ sabemos que os Micro empreendedores individuais também entram nessa categoria e foi nesse momento que surgiu o questionamento se o aplicativo permitiria, ou não, que esse grupo realizasse essa operação. Contudo, nos deparamos com um atendimento extremamente lento e incapaz de sanar nossa dúvidas! 

Quem pode receber a antecipação?

Diferentes empresas e instituições, como bancos tradicionais, possuem distintos processos para definir o público alvo da antecipação. No caso do Rappibank, podem receber a antecipação de recebíveis micro e pequenos estabelecimentos que já sejam fidelizados ao Rappi, ou seja, parceiros. 

Outra característica importante é que o Rappibank não exige um faturamento mínimo da empresa para oferecer a antecipação de recebível, diferentemente da Antecipa Fácil, por exemplo. 

Como é feito o pagamento da antecipação?

Resumindo o que tratamos até aqui, na antecipação você retira hoje um dinheiro que você receberia depois, seja na próxima semana ou no próximo mês. O tempo que você consegue antecipar as parcelas depende do contrato que foi firmado com a empresa e com as opções que ela oferece para o seu negócio.

Então, supondo que você está em janeiro e antecipou um dinheiro de três meses, fevereiro, março e abril. Em janeiro você recebe o valor negociado, o que aumenta seu caixa atual. Já em fevereiro, março e abril, a empresa retém uma parte do valor que você receberia, conforme a taxa que eles ofereceram para você. Todo esse processo é chamado retenção de recebível.

Mas se, por exemplo, você pensou que ia ter um dinheiro em fevereiro e isso acabou não acontecendo, e ai? Nesse caso, assim como acontece com a sua conta de luz, ou com o boleto do gás, se chegou no dia do vencimento da parcela e você não conseguiu pagar o que devia esse valor é cobrado no próximo mês, acrescido de juros e com uma multa pelo atraso

 

Quando eu devo fazer uma antecipação?

Quando falamos de antecipação, precisamos entender que ela é uma das diversas ferramentas financeiras que estão disponíveis para auxiliar seu negócio. Nesse caso, resolvemos criar alguns casos nos quais essa medida se mostra interessante, para que fique mais claro seu entendimento.

Caso 1: Meus clientes fixos não me pagaram esse mês, e agora?

Jorge é dono de uma loja de roupas e tem cinco funcionárias trabalhando lá. Cada funcionária recebe um salário mínimo, de R$ 1212,00. Além disso, ele paga um aluguel mensal da sala onde ele faz suas vendas de R$ 1400,00. Suas despesas ainda incluem a luz, a água, os fornecedores e a gasolina que ela gasta para entregar as peças que vende.

De repente aconteceu o que Jorge menos esperava: as cinco senhoras que sempre encomendam dez peças por mês não compraram nada da sua loja! E agora? Como ele vai fazer para pagar seus funcionários e quitar suas despesas?

A primeira coisa que ele pensou foi buscar em bancos qual era a taxa de juros do empréstimo para PJ, e achou uma média de 3,8% a 5,8% a.m. Porém, nesse caso a antecipação de recebíveis poderia ser considerada, já que a taxa é inferior a do empréstimo, com uma média entre 2% e 4% a.m.

Caso 2: Um gasto inesperado

Maria tem um bar na esquina do seu bairro há mais de trinta anos. Já conhece todo mundo que frequenta aquele lugar pelo nome. Porém, em uma sexta feira de noite um grupo novo reservou uma mesinha e, como era dia de jogo, acabaram exagerando na bebida! Não eram nem meia noite e o grupo já tinha arrumado confusão, quebraram seis mesas além de todo o estoque de bebidas que ficava exposto.

Ao fazer um controle financeiro para mensurar o prejuízo, Maria notou que não conseguiria pagar tudo o que devia e percebeu que se não tivesse um dinheiro em caixa urgentemente teria que fechar as portas do seu estabelecimento.

Aqui é um outro exemplo da utilidade, no dia a dia, que a antecipação de recebíveis pode ter. Em suma, essa medida é interessante quando seu dinheiro em caixa é menor do que o capital de giro do seu negócio. Mas afinal, o que é esse capital de giro? É o que vamos explicar agora!

Capital de giro

O capital de giro é o dinheiro necessário para que a empresa consiga funcionar. Ou seja, ele representa o montante que seu negócio deve ter disponível para alcançar sua saúde financeira, mantendo a qualidade das operações e o pagamento dos funcionários em dia, por exemplo.  

Nesse sentido, um bom capital de giro protege seu negócio, evita que ele pare. E é sabendo qual capital de giro necessário para o seu negócio que devemos pensar se a antecipação de recebíveis se mostra uma boa opção dentro da sua realidade! 

Portanto, o capital de giro envolve todas as etapas e os gastos da sua produção e saber como calculá-lo é uma estratégia chave na hora de abrir ou repaginar seu negócio!

Calculando o capital de giro

  1. Organize de forma clara todas suas despesas e os ganhos possíveis;
  2. Some o valor em caixa disponível com os valores que você tem a receber, esse valor forma o ativo circulante;
  3. Some todas as despesas da empresa, incluindo impostos, pagamento de funcionários, etc. Esse conjunto é chamado de passivo circulante;
  4. Subtraia o ativo circulante pelo passivo circulante. O valor encontrado representa o capital de giro líquido. 

Isso tudo pode ser esquematizado na seguinte fórmula: 

Os cálculos na prática:

Considere que sua empresa tenha os seguintes valores de ativo circulante

  • Dinheiro em caixa: R$20.000,00 
  • Conta bancária: R$10.000,00 
  • Investimentos de curto prazo: R$2.000,00 

Dessa forma, o ativo circulante total equivale a R$32.000,00. 

Já no caso do passivo circulante, os valores são o seguinte: 

  • Salários a serem pagos: R$2.424,00 
  • Fornecedores a serem pagos: R$1.500,00 
  • Despesas fixas: R$8.000,00 (água, luz, aluguel…) 

Totalizando R$11.924,00 de passivo circulante. 

Assim, conforme a fórmula, temos um capital de giro que equivale a R$20.076,00.

Então, interpretando os resultados, para que essa empresa consiga funcionar sem depender de empréstimos ou de fontes terceiras, ela precisa de um total de R$20.076,00. Esse valor, dentro do nosso exemplo hipotético representa o dinheiro que você precisaria para sua empresa pagar tudo em dia

O caso 1 e o cálculo do capital de giro:

Pensando em um melhor planejamento financeiro, o que Jorge deveria ter feito ao calcular seu capital de giro? Sabendo que o comportamento de seus clientes é uma variável, ou seja, é muito difícil de prever exatamente quanto cada pessoa vai comprar, Jorge não pode depender de compradores específicos para que seu negócio funcione.

Como muitas vezes temos imprevistos e passamos por aperto, sempre acabamos tendo que abrir mão de uma coisa aqui e outra ali. Por isso, você e o Jorge não podem contar com uma demanda do seu produto que seja sempre estável! Seu capital de giro precisa prever que a demanda, o número de pessoas que quer comprar seu produto, varia muito!

O caso 2 e o capital de giro

Assim como o Jorge, Maria também acabou pecando na hora de se planejar e calcular seu capital de giro. Como no seu caso as mesas e as bebidas são recursos fundamentais para que seu negócio funcione, é preciso que você tenha uma reserva preparada para esse tipo de situação, e esse valor entra na conta do seu capital de giro. 

No exemplo que trazemos, de um bar, Maria teve que recorrer à antecipação por não ter se precavido no cálculo do capital de giro. Mas, essa situação não se restringe a esse tipo de estabelecimento. Ora, se você tem uma farmácia e em uma noite de chuva muito forte acabou perdendo parte de seus medicamentos por causa de uma infiltração você precisará arcar com isso.

E nesse mundo onde tudo pode mudar em uma fração de segundos, não é à toa que sempre ouvimos “é melhor prevenir do que remediar”! 

 

Então com a antecipação estou em um mar de rosas?

De forma alguma! Apesar da antecipação ser sim uma ferramenta importante ela não é uma ação a ser adotada de forma irresponsável e, aliás, o ideal é que seu negócio não dependa desse recurso para conseguir se manter. Por isso, também ilustraremos alguns perigos em que fica mais claro os ricos da antecipação e o porque outras alternativas, como um bom planejamento financeiro, são mais eficazes para que sua empresa prospere!

Risco 1: diminuição da rentabilidade

Então entendemos que a antecipação é um jeito de você sair daquele sufoco momentâneo, sem entrar no cheque especial, por exemplo. A isso temos que acrescentar que ao antecipar seus recebíveis você perde rentabilidade, porque o custo efetivo total da operação não é “só” as parcelas que você antecipou, são as parcelas mais a taxa que você negociou.

Portanto é preciso colocar as ofertas de crédito, como a antecipação e os empréstimos em uma balança para que elas estejam em equilíbrio com a capacidade do seu negócio de arcar com esse compromisso. Afinal, em toda antecipação de recebível, você paga uma taxa para receber agora um dinheiro que já é seu. Logo, vale a pena avaliar se é o melhor para o seu negócio. 

Risco 2: Perda da autonomia

Essa taxa que você paga na antecipação, de pouquinho em pouquinho, vai “comendo” seu orçamento, afetando sua capacidade de fazer um planejamento financeiro futuro. O que acontece é que quanto mais flexível sua empresa se torna com relação a entrada nessas políticas de crédito, menor é sua rentabilidade no longo prazo!

Afinal, quem não precisa de um dinheirinho a mais em caixa para conseguir comprar um equipamento novo ou pagar o fornecedor que aumentou os preços das peças, não é mesmo? Então, realmente, a antecipação é um recurso tentador, e é muito fácil que a negociação desse crédito vire uma bola de neve, fazendo com que você, empreendedor, perca sua autonomia.

Risco 3: Automatização do processo

Como tratado aqui, a antecipação de recebíveis é muitas vezes automática, isto é, sem que você mensalmente faça a solicitação o dinheiro já sai da sua conta e vai direto para a empresa com a qual você negociou a antecipação.

E se em um mês você esquece de entrar com o processo de cancelamento da antecipação você fica refém da antecipação no mês seguinte, o que pode dançar com todo seu planejamento futuro.

Existem outras empresas que oferecem esse serviço?

Sim! Não só existem outras empresas, como os bancos tradicionais também costumam ter a antecipação de recebíveis como opção para seus clientes. Além disso, através das próprias maquininhas de cartão também podemos solicitar esse crédito. 

E é pensando em te ajudar a fazer escolhas econômicas mais conscientes, no que tange ao adiantamento de recebíveis, que organizamos a seguinte tabela com companhias que oferecem esse serviço!

 

Nome  Taxa mensal média Formato disponível  Prazo* Tipo de antecipação 
Rappibank PJ  2,49% a.m  Online  de 7 a 15 dias Automática 
Santander Clientes com maquininha Getnet: s/ tarifa 

Clientes s/ maquininha: 2% a 3% a.m

Presencial ou online  de 1 a 720 dias Automática ou pontual
Antecipa fácil  1,7% a.m  Online 15 a 180 dias Automática
Safrapay 2,99% a.m  Online de 1 a 30 dias  Automática ou pontual
SumUp Antecipa 3% a.m  Online de 30 a 120 dias  Automática ou pontual
PagSeguro 1,99% a.m  Online de 1 a 30 dias  Automática 
Ton 1,99% a.m  Online de 1 a 30 dias  Automática 

Prazo*: Esse prazo se refere ao tempo que cada empresa disponibiliza a antecipação. Então, no caso da SumUp Antecipa, por exemplo, você pode tem a opção de antecipar o que você receberia no mês seguinte (30 dias para frente) até, no máximo, os quatro meses futuros (120 dias).

 

Antecipação de recebíveis x Maquininha de cartão

Muitas vezes, na hora de tomar essa decisão nos deparamos com uma outra escolha: a da maquininha de cartão. Isso se dá porque em alguns casos a antecipação de recebíveis é realizada direto na maquininha, como é o caso de clientes Santander com Getnet. 

Sendo assim, como a antecipação e a maquininha do seu negócio podem andar lado a lado, conheça nosso ranking de maquininhas e descubra quais são as 10 melhores maquininhas de cartão do mercado, de acordo com o Educando Seu Bolso.

Além disso, também temos um simulador de máquina de cartão, com ele você encontra qual é a melhor maquininha de cartão para o seu negócio, baseado nas funcionalidades e taxas mais atrativas! 

Ranking melhores maquininhas segundo Educando seu Bolso

Posição Maquininha Saiba Mais
1 Moderninha Pro
Moderninha Pro 64% OFF
64% OFF
2 SumUp TOTAL
SumUp TOTAL 19% OFF
19% OFF
3 T3 Básico
T3 Básico 5% OFF
5% OFF
4 Superget #RENOVA
Superget #RENOVA
5 Minizinha Chip 3
Minizinha Chip 3 64% OFF
64% OFF
6 SumUp ON
SumUp ON 5% OFF
5% OFF
7 Point Pro 2
Point Pro 2 50% OFF
50% OFF
8 T2 + Básico
T2 + Básico 5% OFF
5% OFF
9 Cielo Flash | Compra
Cielo Flash | Compra
10 SafraPay Máquina Móvel 3G
SafraPay Máquina Móvel 3G

 

Acho que a antecipação do Rappi é uma boa opção para mim, como solicitar?

Para solicitar a antecipação de recebíveis pelo Rappi você deve seguir alguns passos. Primeiramente, acesse o site do Rappi, clicando aqui.

Ao fazê-lo, você vai ver que existem três categorias de serviços principais ofertados pelo app, sendo estes crédito, antecipação e seguros. Como no nosso caso estamos interessados na antecipação de recebíveis, precisamos selecionar essa opção.

Na hora de solicitar a antecipação para que a empresa faça a análise de crédito são coletados alguns dados:

  • o nome da loja;
  • celular;
  • e-mail;
  • CNPJ.

Depois disso tudo, suas vendas pelo Rappi serão antecipadas de maneira automática.  Isso significa que o dinheiro de um produto que seu cliente comprou a prazo e que você receberia cada mês uma parcela entra na sua conta de uma vez. Em dois dias úteis, no caso do Rappi, todo o dinheiro entra no caixa da sua empresa e vocês não terão que esperar todos os meses para receber.

Caso queira reverter o fluxo de repasses ao normal, você deve entrar em contato com a equipe através dos seguintes canais de atendimento:

 

Cuidados a serem tomados com a antecipação!

Conforme tratado, a antecipação de recebíveis é uma opção que você tem para atender necessidades urgentes, como a contratação de mais um funcionário ou a compra de novos equipamentos. Porém, é importante que isso não se torne um ciclo vicioso, já que é uma maneira fácil e rápida de ter o dinheiro em caixa.

Embora seja tentador, a gestão dos recursos econômicos de uma empresa bem sucedida é algo a ser pensado no longo prazo, além de considerar eventuais imprevistos, como a inadimplência.

Afinal, não é todo mundo que consegue se organizar financeiramente e pagar tudo em dia, não é mesmo?

Então, se você não quer acabar se atrapalhando financeiramente, como aconteceu nos casos de Maria e Jorge que trouxemos, existem algumas medidas que podem ser tomadas. São elas:

  1. Esteja atento ao seu crédito, ao prazo de antecipação e a sua capacidade de pagamento;
  2. Conheça bem seu capital de giro;
  3. Confira a existência ou não de taxas administrativas que podem aumentar o preço da operação;
  4. Tenha um planejamento orçamentário estratégico.

Como resultado, ao seguir essas dicas, você vai conseguir usar de forma racional essa ferramenta que é a antecipação e, assim, turbinar sua micro ou pequena empresa!

E aí, gostou do post? Faz antecipação de recebíveis no seu negócio? Ficou com alguma dúvida? Não hesite em deixar um comentário!

Transparência
Preço das taxas
Facilidade de contratação
Formatos disponíveis
Oferta de mais serviços
Prazo da antecipação
Acessibilidade para pequenos negócios
Nossa avaliação

2 comentários

    • Fico feliz que tenha gostado do post, Luiz. E obrigada pelo comentário!

      Espero ter ajudado. Se também quiser nos ajudar, gostaríamos de pedir um testemunho sobre o nosso trabalho no linkedin, que assine nossas mídias sociais em youtube, instagram, twitter ou facebook, que compartilhe nosso conteúdo ou clique nos nossos links sempre que possível. Isso não custa nada pra você e nos auxilia a continuar ajudando um montão de gente.

      Bárbara Lafetá
      Equipe Educando Seu Bolso

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *