Simulador de Contas Digitais
40% é pouco: energia elétrica pode ficar ainda mais cara!

40% é pouco: energia elétrica pode ficar ainda mais cara!

Surpresa: energia elétrica mais cara!

Recentemente fomos surpreendidos com aumento do valor da tarifa vermelha das contas de energia elétrica em mais de 40% numa tacada só. Mas não vai parar por aí: hoje (30/10/2017) o ministro responsável pela pasta que responde por isto – Ministro de Minas e Energia – informou que a energia elétrica pode ficar ainda mais cara. Ele alega que pode haver necessidade de acionar novas usinas, que geram a custo mais alto, e que, se isso de fato ocorrer, o aumento do custo da energia elétrica será repassado ao consumidor.

Até onde isso vai?

Está difícil prever o fim desta história. Com chuvas escassas, usinas termelétricas precisam ser acionadas para abastecer o país de energia elétrica. E as usinas termelétricas, além de mais poluentes, geram energia a custo maior. Assim, é praticamente impossível dizer até onde isso vai, pois dependemos das chuvas – e chuvas nos lugares certos. No limite, em não havendo mais água para gerar energia, pagaríamos o custo mais alto da geração termelétrica.

Pra onde correr, então?

Quem já investiu na energia solar saiu na frente. Partindo-se da premissa que devemos procurar cada vez mais formas sustentáveis para viver, a geração de energia sustentável é algo desejável. E a energia solar é, sem dúvidas, um dos carros-chefe deste processo. Uma usina doméstica de energia solar conta com alguns benefícios governamentais, e pode aliviar sobremaneira os gastos de quem investiu. A grosso modo, uma pequena usina solar tem vida útil entre 20 e 25 anos (exceto a bateria que, se tiver, deve precisar ser trocada em menos tempo) e se paga em torno de 5 ou 6 anos. Entretanto, se o viés de alta da energia elétrica continuar, o tempo para retornar o valor investido diminui ainda mais.

Não tenho tanto dinheiro…

OK: não tenho dinheiro para investir nisso agora. Fico de fora? Bom, você pode investir – a menor custo – na energia solar através dos aquecedores solares. Isto implicará em redução apenas do gasto do seu chuveiro elétrico (ou da água quente nas torneiras). Apenas? O chuveiro elétrico consome muita energia! Você deve, sem dúvidas, considerar pelo menos esta solução. Este custo é muito menor e retorna em muito menos tempo!

Lâmpadas de LED

Já falamos aqui também sobre economizar energia elétrica usando lâmpadas de LED. Se você ainda não teve oportunidade de ler, veja aqui.

Por hoje é só…

 O texto de hoje foi, portanto, mero convite à reflexão: qual será o momento em que deverei investir em energia solar, ainda que sejam apenas o aquecedor solar e as lâmpadas de LED? Obrigado pela atenção e até a próxima oportunidade.

Autor

Daniel Meinberg
Certificado Anbima CPA-20, autor do livro “O Melhor Investimento pra Você – Princípios de Educação Financeira”, editora AR, 2015, que trata de forma clara para o leigo sobre diversos produtos focados em investimentos. Ministrou palestras sobre educação financeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *