Uma Conta Corrente Sem Tarifas

Uma Conta Corrente Sem Tarifas

Sim, existem no mercado contas correntes sem tarifas: são as contas eletrônicas. Possuem nomes comerciais diferentes em cada banco, mas estão lá, disponíveis, em boa parte deles (o Banco Central não obriga os bancos a oferecer a abertura de contas nessa modalidade).

As contas eletrônicas não são as contas correntes de serviços essenciais (estas sim, os bancos são obrigados a oferecer): a conta de serviços essenciais possui limites de movimentações, mesmo por canais eletrônicos, mas permite alguns atendimentos presenciais sem custos. Já as contas eletrônicas permitem movimentações eletrônicas ilimitadas sem custos para o cliente, porém qualquer atendimento presencial pode ser tarifado.

Para melhor explicar, as contas eletrônicas são contas em que todas as movimentações devem ser feitas por meios eletrônicos (as transações presenciais, em agências ou correspondentes bancários, como dito, são tarifadas), ou seja, por Internet Banking, Mobile Banking (através de smartphone), telefone (atendimento eletrônico, pois se optar por falar com atendente há risco de tarifação, conforme o banco e o assunto) ou, para saques, caixas eletrônicos. Observo que esta modalidade não oferece talão de cheques. Se você PRECISA usar talão de cheques, esta modalidade não é interessante para você. Talvez uma conta de serviços essenciais seja mais adequada: enfim, para cada perfil de cliente existe um serviço mais adequado. Conheça-se e otimize seu custo com tarifas bancárias.

A grande vantagem das contas eletrônicas é, reforço, a isenção de tarifas bancárias para quantidade sem limites de transações nos meios acima, incluindo saques, TED, DOC, etc. Entendo que sejam muito adequadas para aquelas pessoas que já se familiarizaram com o uso dos canais eletrônicos.

Você pode estar pensando: não existe almoço grátis, então como os bancos ganham dinheiro com esta modalidade? Simples: na oferta de outros serviços que podem ser agregados, como o cartão de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, consórcios, planos de previdência, títulos de capitalização (em minha opinião, título de capitalização é um produto que deveria ser proibido, retirado do mercado – rende menos que poupança!), dentre outros serviços bancários não cobertos.

Acredito que valha a pena pensar nesta ideia e passar a usar este tipo de conta através destes canais, pois gera economia para você. E eu particularmente acho melhor economizar deixando de pagar tarifa para banco do que cortando o cafezinho. Informe-se dos detalhes da conta eletrônica do seu banco. De um modo geral, para abrir uma conta eletrônica, ou migrar de uma tradicional para uma eletrônica, basta procurar sua agência e solicitar a migração: mesmo para os bancos que oferecem a pré-abertura da conta, é fundamental, é essencial, é imprescindível, a assinatura do contrato na agência.

Até a próxima.

(Publicado também em http://dinheirama.com/blog/2014/06/17/conta-corrente-sem-cobranca-tarifas/)

Autor

Daniel Meinberg
Autor do livro “O Melhor Investimento pra Você – Princípios de Educação Financeira”, editora AR, 2015, que trata de forma clara para o leigo sobre diversos produtos focados em investimentos. Ministrou palestras sobre educação financeira.

2 comments

  • Olá! Gostaria de saber exemplos de instituições que oferecem esta modalidade de conta, pois quando eu questiono os atendentes, eles só me informam sobre as contas de serviços essenciais.

    Obrigada, e parabéns pelo blog!

    Responder
    • Frederico Torres

      Cara Larissa

      Em primeiro lugar, obrigado pelos elogios e por nos prestigiar. Gostaríamos de continuar contando com sua audiência e participação.

      Quanto a sua dúvida, infelizmente não temos uma lista das instituições que as oferecem, mas devo dizer que as instituições financeiras (bancos, cooperativas de crédito, caixas econômicas) não são obrigadas a abrir a conta eletrônica para todo cliente que a solicitar; cabe a elas decidir se oferecerão aos clientes esse tipo de conta. Achei esta reportagem que dá conta de que pelo menos os grandes tem o produto – veja em http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/como-ter-uma-conta-sem-tarifas-em-7-bancos

      Obrigado
      Equipe Educando seu Bolso

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *