O que você está procurando hoje?

Guiabolso: conheça o aplicativo que te ajuda nas suas finanças!

Nossa avaliação do produto:

4.50 / 5
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Apple Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Spotify
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Google Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Castbox

A crise enfrentada no ano de 2020 trouxe à tona um assunto de extrema importância: a organização financeira. Vários são os mecanismos que podem te ajudar nesse momento, e um deles é o app do Guiabolso.

Sendo assim, nesse texto vamos abordar, a partir de uma conversa com um dos fundadores da plataforma, Thiago Alvarez, as funcionalidades do Guiabolso. Caso queira saber como ele pode te ajudar a organizar suas finanças, portanto, basta continuar a leitura!

Ah, e se preferir, você consegue ter acesso ao conteúdo desse texto também em formato de podcast. Basta escolher a plataforma de streaming de sua preferência, acima desse texto.

 

A história da empresa

O Guiabolso começou a lançar seus produtos no ano de 2014. É uma empresa relativamente nova, mas não para o mercado de fintechs (empresas do setor financeiro que trabalham com tecnologia e inovação).

Quando os sócios iniciaram seus serviços o termo fintech nem mesmo existia, o Open Banking, que está sendo muito discutido no ano de 2021, e sobre o qual falaremos melhor mais a frente, também não existia. Ainda, eram poucas as startups no Brasil.

Eles foram os primeiros a criar tecnologia que permitia que os clientes consolidassem suas informações financeiras de diferentes instituições em um só lugar. Além disso, criaram uma plataforma de crédito digital, antes de o Banco Central criar o conceito de “fintech de crédito” e a regulação para esse tipo de empresa.

Ainda, o Guiabolso foi a primeira empresa a oferecer a iniciação de pagamentos no Brasil. Em seguida, o WhatsApp Pay veio com a oferta de produto semelhante.

Ou seja, fica claro que a empresa foi uma das pioneiras na área de finanças digitais, e sempre trouxe muita inovação em seus serviços, que serão detalhados ao longo do texto. Além disso, podemos ver que se trata de uma empresa consolidada no mercado, e que o Guiabolso é confiável.

 

O problema identificado pelo Guiabolso

O Guiabolso iniciou sua história identificando um problema para o consumidor em relação às suas finanças: a falta de informações. A maioria das pessoas não conhecia os produtos financeiros do mercado, e não conhecia seus próprios gastos.

Dessa forma, o Guiabolso identificou que faltava alguém do lado do consumidor, ajudando nessa falta de conhecimento.

O mesmo problema de falta de informações foi identificado também do outro lado do balcão. Os bancos não conheciam quem não é seu cliente.

Há alguns anos atrás, cada banco tinha informações disponíveis apenas sobre os próprios correntistas. Dessa forma, seus produtos só eram oferecidos aos seus correntistas, já que o banco sabia seu risco, sua renda, seus gastos, etc.

Trabalhando esse pilar em comum, de falta de informações, ambos os lados seriam beneficiados (os cidadãos e as instituições financeiras). Ou seja, o Guiabolso veio para ajudar, principalmente, nesse ponto.

Conheça nosso curso Jornada Para o Equilíbrio Financeiro!

 

Guiabolso: o que é?

Caso você ainda não saiba o que é Guiabolso, ele se trata de uma plataforma por onde você tem acesso aos seguintes serviços:

 

Organização de dados

O objetivo da plataforma é ser o grande consolidador da sua vida financeira. Para isso, com a sua autorização, o app puxa dados das suas contas bancárias, e te mostra uma visualização diferente da oferecida pelo banco do seu extrato e da sua fatura.

O que o banco faz é oferecer uma grande lista, com seus gastos e ganhos, mas de forma que o cliente não consegue analisar essas informações. O Guiabolso, porém, categoriza esses gastos de forma automática, organiza seus dados financeiros e permite uma visualização mais fácil deles.

Depois da categorização automática, caso você deseje, é possível mudar um gasto de categoria ou criar uma nova categoria, para que a organização fique 100% correta.

categorização

Categorização de gastos Guiabolso.

Esse método é mais fácil do que o utilizado por algumas pessoas, de criar uma planilha no Excel ou um caderno de anotações com os gastos. Esses são métodos válidos, é claro. Mas você sabe que criar uma planilha de controle financeiro é mais fácil do que mantê-la atualizada. Com o aplicativo Guiabolso os dados da fatura e do extrato são puxados automaticamente, sem que você precise copiá-los todos os meses.

 

Planejamento

Ainda, é possível se planejar pelo app, colocando metas para si mesmo. É possível escolher metas para cada categoria de gasto, ou para poupança, que são passos importantíssimos para mudanças de comportamento.

planejamento guiabolso

Planejamento de gastos Guiabolso

No exemplo acima, planejamos R$100 para os gasto de saúde no mês, R$100 para transporte e R$100 para mercado. Em cada um deles, o aplicativo mostrou o quanto já foi gasto, e quanto eu ainda teria disponível.

 

Qual tipo de conta o Guiabolso conecta?

Vale ressaltar, porém, que nem toda conta bancária pode ser conectada ao Guiabolso. É necessário que ela seja uma conta corrente, individual e de pessoa física. Ou seja, contas poupança, salário, de pessoa jurídica ou conjunta não podem ser integradas ao app.

Ainda, é necessário que a conta seja de um dos seguintes bancos:

  • Banco do Brasil S/A;
  • Caixa Econômica Federal S/A;
  • Banco Bradesco S/A;
  • Banco Inter;
  • Santander S/A;
  • Banco Itaú;
  • Nubank;
  • Banco Original.

Sendo assim, o Guiabolso não se conecta a contas para pessoa jurídica. Se você É PJ, microempresário ou até MEI, porém, nós oferecemos vários textos para empresas e MEIs que podem te ajudar.

Inclusive, não deixe de conferir abaixo o nosso ranking de maquininhas de cartões.

Ranking melhores maquininhas segundo Educando seu Bolso

Posição Maquininha Saiba Mais
1 Moderninha Pro 2
Moderninha Pro 2 72% OFF
72% OFF
2 SumUp ON
SumUp ON 25% OFF
25% OFF
3 Minizinha Chip 2
Minizinha Chip 2 60% OFF
60% OFF
4 Cielo Flash | Compra
Cielo Flash | Compra Cupom de desconto:
43768
43768
5 InfinitePay
InfinitePay 8% OFF
8% OFF
6 C6 Pay Essencial
C6 Pay Essencial 100% OFF
100% OFF
7 AQPay Mega
AQPay Mega Cupom de desconto:
EDUCANDOSEUBOLSO
EDUCANDOSEUBOLSO
8 SumUp TOTAL
SumUp TOTAL 25% OFF
25% OFF
9 Point Pro
Point Pro 58% OFF
58% OFF
10 Zettle Máquina de Cartão
Zettle Máquina de Cartão 34% OFF
34% OFF

 

Educação Financeira

Além disso, o Guiabolso App também agrega valor do ponto de vista de educação e aconselhamento, na aba “Guia”. Lá você encontra artigos sobre diversos assuntos financeiros desconhecidos por muitos. Nada que se compare a nós aqui do Educando Seu bolso mas jé é alguma coisa né? =)

Conheça nosso curso Jornada Para o Equilíbrio Financeiro!

 

Oferta de produtos

Ainda, o Guiabolso tem um marketplace de produtos financeiros dentro de sua plataforma. Isso significa que eles apresentam ofertas de diversos parceiros de produtos e serviços financeiros, de acordo com o seu perfil.

Ou seja, você consegue comparar serviços de terceiros, que passam por uma curadoria do Guiabolso, para encontrar a melhor opção.

Alguns dos serviços que podem ser vistos no Guiabolso: empréstimos, cartões de crédito e débito, investimentos, seguros e contas digitais. Inclusive, caso você esteja se perguntando como o Guiabolso ganha dinheiro, é por meio da indicação de produtos dos seus parceiros!

 

Iniciação de pagamentos

Por último, vale citar que o Guiabolso faz o que chamamos de iniciação de pagamentos. Com esse serviço você consegue ordenar um pagamento, que sairá da sua conta bancária, a partir da sua conta no Guiabolso.

Ou seja, é possível que por meio do seu app Guiabolso você faça uma transferência ou o pagamento de uma conta, utilizando o dinheiro da sua conta bancária do Itaú, por exemplo. Bacana não? É um spoiler da fase 2 do Open Banking que funcionará a partir de 15 de julho.

 

E a versão Premium do app Guiabolso?

A versão Premium do Guiabolso foi lançada no ano de 2021, a partir da demanda de alguns usuários por serviços adicionais. Sendo assim, com essa versão você paga R$9,90 por mês (ou R$69,90 por ano, tendo um desconto de 42%), e tem direito a:

  • Exportação de dados: receber por e-mail o extrato de sua conta em CSV para usar como quiser. Quem costuma usar o Excel para a organização financeira será bem atendido com essa opção, podendo se aprofundar mais os dados, visualizar da maneira que preferir, criar novos gráficos e etc.
  • Metas: criar metas a curto, médio e longo prazo.
  • Personalização: deixar o app com a sua cara, e com as informações que mais precisa sempre ao alcance.

Caso esses serviços extras não te atraiam, o Guiabolso é gratuito em sua versão simples.

 

A evolução do mercado financeiro na visão do Guiabolso

Uma comparação interessante feita por Thiago, fundador do Guiabolso, é do mercado financeiro com um supermercado comum.

Quando o Guiabolso começou a existir, o mercado de produtos financeiros podia ser considerado “estranho”. Pense em um supermercado, onde você só consegue ter acesso a produtos da marca do próprio supermercado. Ou seja, você só tem 1 opção de cada tipo de produto.

Ainda, esses produtos não estão expostos em gôndolas, como vemos normalmente. Na verdade, para ter acesso a um produto, você precisa solicitá-lo a um atendente em um caixa. E o pior: você não saberá o preço do produto.

Essa comparação é feita principalmente para a área de empréstimos, onde o cliente só conseguia contratar crédito no banco no qual era correntista, ou seja, não tinha opções. Ainda, o preço dos empréstimos era definido a partir do perfil de cada cliente, sem que ele soubesse, antes da solicitação, qual seria o valor.

Ao longo do tempo, no entanto, o mercado de produtos financeiros foi mudando. Ele ainda não é 100% semelhante a um supermercado comum, mas estamos no caminho para tal. Ou seja, o cliente fica cada vez mais emponderado na sua tomada de decisão.

Dessa forma, em um futuro próximo, quem desejar solicitar um empréstimo poderá ter acesso a diversas opções, e sabendo os juros cobrados em cada uma, escolher a que mais lhe agrada. Quem traz essa mudança é, principalmente, o Open Banking.

Quer saber mais sobre segurança de dados na era digital? Confira!

 

O que é o Open Banking?

O Open Banking é um projeto do Banco Central que tem como pilar a competição entre bancos. Ele se trata de uma espécie de encanamento entre instituições financeiras, por onde trafegam dados e serviços, e entrará em vigor no ano de 2021.

 

Dados

Se você tem uma relação com o banco A, não precisa se prender apenas a ofertas de serviços que vêm dele. Com o seu consentimento, o banco A passará os dados referentes ao seu histórico nele, e o banco B será capaz de oferecer a você, por exemplo, um empréstimo mais atraente.

Podemos fazer uma comparação com um jogo de videogame: antes, você jogava um jogo por muito tempo e poderia atingir o nível 10, mas, quando decidisse mudar de jogo, precisaria começar do nível 1 novamente.

No relacionamento bancário, se você passou anos sendo cliente da Caixa Econômica Federal, é como se já tivesse atingido um certo nível naquele relacionamento. Para conseguir crédito no Banco Itaú, porém, era necessário construir seu relacionamento partindo do nível 1 novamente.

Com a chegada do Open Banking, esse tempo que se leva para a construção de relacionamento é poupado. Ao invés de chegar no Banco Itaú no nível 1, você já chega no nível 10, atingido por você na Caixa, já que todo o seu histórico bancário passa pelo encanamento entre os dois bancos.

 

Recursos Financeiros

Além do tráfego de dados, será possível fazer a movimentação de recursos financeiros de maneira facilitada. Como explicamos anteriormente, no tópico “iniciação de pagamentos”, o Open Banking permitirá que você movimente seus recursos na instituição A a partir da sua conta na B.

Por exemplo, você poderá começar a investir em uma nova instituição, que não é a mesma em que você deixa seu dinheiro, e solicitar que, de tempos em tempos, parte do seu dinheiro da instituição A seja aplicado na instituição B.

Esse projeto tem como vantagem, entre muitas outras, a maior competição entre bancos, que força a oferta de melhores serviços e preços. Caso você queira saber mais sobre o assunto, confira nosso artigo e podcast com um dos fundadores do Open Banking no Brasil.

 

Open Banking e o Guiabolso

Todos esses serviços são muito parecidos com os oferecidos pelo Guiabolso. No entanto, o que o app GuiaBolso criou para 8 instituições financeiras, o Open Banking do Bacen vai ampliar para centenas. O Guiabolso terá acesso, então, a mais dados, e a um histórico maior e padronizado.

Na prática, eles serão capazes de atender clientes de mais bancos e a integração entre instituições será ainda maior. Os erros nas categorizações de despesas devem diminuir. Além disso, a chance do seu banco, financeira cooperativa ou fintech não sincronizar com apps de gerenciamento financeiro será quase nula.

 

Eficiência do serviço prestado: o Guiabolso realmente é capaz de ajudar seus usuários?

Segundo Thiago, o Guiabolso mede o impacto causado na vida de seus clientes, e o resultado encontrado é bem positivo.

Eles conseguem comparar aqueles usuários que, depois de baixar Guiabolso, continuam usando suas contas, com aqueles que param de usá-las, mas ainda as deixam ativas, de modo que os dados continuam sendo puxados de seus bancos. Há uma diferença grande entre esses 2 públicos.

Ainda, é possível comparar o estado do cliente antes do início do uso da plataforma, com aquele observado após alguns meses de uso. O resultado é:

  • As pessoas melhoram seu Score de Crédito, em média, em 55 pontos depois de 3 meses.
  • Ao longo de 12 meses, as pessoas aumentam em 50% os seus investimentos.
  • Como consequência dos pontos citados acima, elas conseguem reduzir as suas taxas de juros, aumentar o seu limite, e melhorar seu fluxo de caixa.

Interessado em empréstimos? Não deixe de testar a nossa ferramenta de cotação de taxas abaixo. Com um cadastro apenas você contata diversos bancos e financeiras.

Qual é a explicação?

Uma simples explicação para esse fato observado pode se dar por meio de uma analogia. Podemos pensar em um carro sem o seu painel.

Em algum momento você precisará abastecer seu combustível, mas sem o painel não é possível saber quando. Ainda, você possivelmente ultrapassará o limite de velocidade de alguma via, mas não será possível saber com exatidão.

Com as finanças pessoais acontece algo semelhante. Você pode precisar poupar mais, investir mais, pegar um empréstimo, entre outros. Porém, você não saberá disso, a menos que tenha um “painel” que te mostra a real situação das suas finanças. Dessa forma, sua tomada de decisões é facilitada.

 

A importância da organização financeira

Nós, do Educando Seu Bolso, temos como objetivo principal levar educação financeira às pessoas de forma simples e clara. Portanto, sabemos e ressaltamos sempre a importância da organização das finanças.

A mudança no comportamento financeiro é capaz de transformar vidas: é possível sair de dívidas, limpar o nome, conseguir linhas de crédito, formar uma poupança, fazer investimentos e ter dinheiro sobrando para realizar sonhos distantes.

Sendo assim, indicamos fortemente o nosso curso, Jornada Para o Equilíbrio Financeiro, para quem deseja se aprofundar mais no assunto, passando por todas as etapas para atingir um equilíbrio nas finanças.

Conhecer o curso agora

Ainda, oferecemos artigos e podcasts semanais com assuntos bem relevantes. Vale a pena acompanhar!

Por fim, caso você tenha alguma dúvida ou sugestão, seu comentário é muito bem vindo!

Avaliação Educando seu Bolso
Nossa avaliação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *