Pix Banco Central: conheça esse novo meio de pagamentos instantâneos!

Muito tem se falado nos últimos meses sobre o Pix Banco Central, que é um sistema totalmente novo e de grande impacto no nosso país.

Nesse texto vamos, portanto, abordar 7 dúvidas sobre o Pix, meio de pagamento que será lançado para o público no dia 16 de novembro. Caso você queira saber o que é o Pix e entender o seu funcionamento, basta continuar lendo o texto!

Pix Banco Central.

Banco Central lança Pix!

 

1) O que é Pix Banco Central?

O sistema Pix Banco Central é um meio de pagamentos que você pode utilizar para enviar dinheiro a pessoas ou a estabelecimentos. Ele é gratuito para pessoas físicas, e o dinheiro que você envia chega até o remetente na mesma hora.

As transações ocorrem a qualquer hora, 7 dias por semana, e essa é uma vantagem do Pix em relação a outros meios: o dinheiro chega de madrugada, em fins de semana, feriados etc.

Além disso, ele é mais prático que uma TED, pois, para enviar um dinheiro a você, a pessoa não precisa preencher dados como seu nome completo, CPF, número da conta, banco e agência. Você consegue cadastrar no Pix até 5 canais de acesso até você, as chamadas Chaves Pix, que podem ser:

  • CPF;
  • número de telefone;
  • e-mail;
  • chave aleatória (sequência de números gerada de forma aleatória, para quem não deseja passar seus dados a alguém).

Suponhamos que você tenha escolhido cadastrar apenas seu número de telefone. Nesse caso, quando um amigo precisar enviar dinheiro a você, ele só precisa digitar seu número de telefone e pronto.

 

2) O Pix é produto de um banco específico?

Não! O Pix é um meio de pagamento criado pelo Banco Central. Sendo assim, ele não pertence a uma instituição específica, e clientes da grande maioria dos bancos e financeiras poderão utilizá-lo (esse link mostra a lista de instituições autorizadas a utilizá-lo).

Apesar disso, você utiliza o Pix dentro do próprio aplicativo do seu banco. Ou seja, se você é cliente do Nubank, por exemplo, dentro do aplicativo do Nubank você vai encontrar a opção Pix. Ao clicar nela você vai conseguir fazer uma transferência Pix, mas ela vai ser regulamentada e acompanhada pelo Banco Central.

Importante: é bom ressaltar que você consegue utilizar o Pix em mais de uma instituição financeira. Suponhamos que você tenha uma conta no Bradesco e uma no Nubank. Você pode, nesse caso, vincular seu número de telefone ao Nubank e seu e-mail ao Bradesco, por exemplo. Como o Pix não é exclusivo de um só banco, você, como cliente, também não precisa ser.

 

3) Como faço para aderir ao Banco Central Pix?

Você faz isso dentro do próprio aplicativo do seu banco (ou dos seus bancos). É provável que você já tenha recebido alguma notificação nos últimos dias com um convite para aderir ao Pix. Caso não tenha, basta procurar dentro do App a opção “Pix”, e o aplicativo te fornecerá um simples passo a passo para o cadastro.

Então, você escolhe quais informações deseja cadastrar como chaves Pix, entre as que citamos anteriormente (e-mail, CPF, número de celular ou chave aleatória). Se você cadastrar seu e-mail no banco A e telefone no banco B, sempre que passar a alguma pessoa seu e-mail para que ela faça uma transferência o dinheiro cairá no banco A, e quando passar seu telefone ele cairá no B.

É necessário fazer uma ressalva importante: tome cuidado com a maneira de aderir ao Pix Banco Central. Muitas pessoas podem se aproveitar desse momento de cadastro para tentar extrair seus dados, por meio, por exemplo, de um SMS se passando pelo seu banco.

Sendo assim, não passe seus dados a ninguém por meios que não são os de comunicação oficiais do banco. Desconfie sempre de e-mails e SMS, e faça seu cadastro pelo próprio aplicativo.

 

4) O Pix Banco Central é seguro?

Ele é extremamente seguro! Ele não é isento de risco, assim como nenhuma transação financeira é, mas seu aparato de segurança é bem completo.

Todas as suas transações são 100% rastreáveis e criptografadas de ponta a ponta. Ou seja, os recursos são protegidos de modo que só conseguem ser acessados pelas duas pontas da transação: você e seu destinatário.

Outro ponto importante é que as transações, como ocorrem 24 horas por dia, também são monitoradas 24 horas por dia, o que confere um grau a mais de segurança.

Sendo assim, é possível observar que as chances de ocorrer algum problema de segurança na sua transação são mínimas. A maneira mais provável de que algo dê errado na sua transferência é se você, por exemplo, preencher de forma incorreta os dados do seu destinatário.

 

5) É possível pagar estabelecimentos com o Pix Banco Central do Brasil?

Sim, e esse meio de pagamento traz vantagens tanto para o estabelecimento quanto para o cliente.

Estabelecimento

Para o estabelecimento será vantajoso receber por meio do Pix, pois as taxas serão mais baixas do que as de uma maquininha de cartão. Apesar disso, o estabelecimento só consegue receber dessa forma dos clientes que já possuam cadastro no Pix Banco Central.

Sendo assim, a maquininha de cartão continua sendo extremamente necessária. Grande parte da receita do seu estabelecimento passa por uma maquininha de cartão, ou seja: analisar taxas e condições de cada aparelho é essencial.

Caso você queira conhecer opções de maquininhas para o seu negócio, para se certificar de que a que você usa é realmente a melhor, conheça nosso Simulador de Maquininha de Cartões! Ele é gratuito e pode gerar uma grande economia.

Conhecer o simulador agora!

Ranking melhores maquininhas segundo Educando seu Bolso

PosiçãoMaquininhaSaiba Mais
1Moderninha Pro
Moderninha Pro67% OFF
67% OFF
2SumUp ON
SumUp ON25% OFF
25% OFF
3Minizinha Chip 2
Minizinha Chip 260% OFF
60% OFF
4Cielo Flash | Compra
Cielo Flash | CompraCupom de desconto:
43768
43768
5InfinitePay
InfinitePay8% OFF
8% OFF
6C6 Pay Essencial
C6 Pay Essencial100% OFF
100% OFF
7AQPay Mega
AQPay MegaCupom de desconto:
EDUCANDOSEUBOLSO
EDUCANDOSEUBOLSO
8SumUp TOTAL
SumUp TOTAL25% OFF
25% OFF
9Point Pro
Point Pro58% OFF
58% OFF
10Izettle Maquinão
Izettle Maquinão34% OFF
34% OFF

Cliente

Para você que não possui um negócio e quer apenas fazer pagamentos com o Pix, ele também pode trazer praticidade para o seu pagamento. Você consegue sair de casa apenas com seu smartphone, sem levar cartão ou dinheiro, e mesmo assim fazer uma compra.

Suponhamos que você esteja em um restaurante e comunique ao garçom que deseja pagar por meio do Pix. Ele pode te oferecer um QR Code estático, que se trata de um código como o da imagem abaixo impresso em uma folha de papel, por exemplo. Nesse caso, basta você entrar no aplicativo do seu banco, escolher a opção Pix e então apontar a câmera do seu celular para essa imagem.

Existe também a opção de QR Code dinâmico, que é uma imagem como a anterior, mas nesse caso é criado um novo código a cada transação. Esse código pode ser mostrado pelo garçom por meio da tela da maquininha de cartões do estabelecimento.

qr code   QR Code

 

6) TEDs e DOCs irão acabar?

Não! O Pix Banco Central é mais uma opção de meio de pagamento, mas não exclui as outras. Você ainda poderá utilizar cartão de crédito e débito, cheque, dinheiro, fazer TEDs e DOCs , pagar boletos, etc.

Entretanto, é provável que com o passar dos anos, e com o aumento da confiança das pessoas nesse meio de pagamento, ele se torne cada vez mais comum. Sendo assim, TEDs e DOCs ficarão cada vez mais ultrapassados.

 

7) O PIX Banco Central vai trazer vantagens para a economia do país?

Sim! Muitas pessoas ainda recebem seus salários em dinheiro em espécie, e fazem todos os seus pagamentos dessa mesma maneira. Muitas delas não possuem nem mesmo conta bancária, e não fazem uso de nenhum de seus serviços. São os chamados desbancarizados.

Hoje no Brasil existem 45 milhões de desbancarizados, e a meta é que o Pix Banco Central seja aderido por pelo menos metade dessas pessoas, por ser prático, gratuito e vantajoso. Elas passarão a usá-lo para transferências, pagamento a estabelecimentos e até mesmo pagamento de boletos e contas de luz e água.

Ou seja, pessoas antes “invisíveis” ao sistema financeiro passam a ser vistas, e podem ter acesso a cartões de crédito e empréstimos, por exemplo.

 

Por fim: devo aderir ao Pix Banco Central?

Podemos concluir que o Pix é realmente bem vantajoso, e, sendo assim, vale a pena aderir a ele. Além de seguro e prático, ele não traz nenhum custo a mais a você. Pelo contrário: traz economia. Sendo assim, vale a pena testar, e, caso você não se adapte, você consegue voltar atrás depois.

Caso você ainda não tenha uma conta bancária, ou até tenha, mas não esteja satisfeito com ela, que tal conhecer novas opções? Nosso Simulador de Contas Digitais te mostra bancos que consigam te atender em todos os quesitos que você precisa, e o melhor: de forma gratuita. Não deixe de conferir!

Conhecer o simulador agora!

Esperamos que esse texto tenha te ajudado a entender o funcionamento do Pix Bacen (Banco Central), e se você tiver qualquer dúvida ou sugestão, é só deixar um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *