13 empresas que auxiliam o microempreendedor em meio ao Covid

O cenário pandêmico do novo coronavírus, unido à recessão que o Brasil já vem vivendo nos últimos anos, nos trouxe a uma crise sem precedentes. Um dos segmentos mais afetados é o dos microempreendedores, que neste momento precisam aprender a se reinventar para atravessar o momento da melhor maneira possível. Manter-se funcionando, conseguir pagar as contas e… quem sabe, até crescer. Se você é MEI (microempreendedor individual) ou dono de uma pequena empresa, este texto é para você.

Listamos aqui 13 empresas com projetos para auxiliar o pequeno empreendedor das mais diversas maneiras. Você vai encontrar iniciativas de dicas financeiras, cursos, suporte às vendas online, acesso a crédito, impulsionamento de propaganda… Enfim, soluções diversas que você pode usar separadamente ou em conjunto! Ah, e para entender com ainda mais detalhes esta crise e os impactos para os pequenos negócios acesse também nosso outro conteúdo focado neste tema.

Enfim, vamos às dicas e boa leitura!

 

1. Educando seu Bolso: controle financeiro fácil para o microempreendedor

Soluções financeiras gratuitas para o MEI.

Educando Seu Bolso - Educação Financeira e Gestão de Finanças Pessoais

O Educando seu Bolso publica, desde 2013, conteúdos de educação financeira para auxiliar na gestão do seu negócio gratuitamente. Nesse momento instável da economia, é importantíssimo se informar bem. Assim, é possível acessar as centenas de artigos, podcasts e ferramentas personalizadas para te auxiliar, sem custo. Veja alguns exemplos:

O foco é em fornecer conteúdos online para microempreendedores individuais, pequenos negócios e pessoas físicas de média e baixa renda, objetivando assegurar lucratividade e redução de custos a empresas em qualquer situação. E mais: auxiliar pessoas a conquistarem a independência financeira por meio de seus próprios recursos. Vale a pena conferir!

Você também pode receber conteúdos toda semana, assinando gratuitamente a nossa newsletter

 

2. SumUp – Iniciativas que ajudam

Cursos com desconto, aplicativos, dicas financeiras…

A SumUp é uma empresa de meios de pagamento focada em micro e pequenos empreendedores de todo o Brasil. Ela participou da revolução do acesso às máquinas de cartão no Brasil, oferecendo produtos baratos e de qualidade para o nicho dos pequenos empresários. Ou seja, ajudando a democratizar essa importante ferramenta para os negócios. Conheça mais sobre os produtos da SumUp em um conteúdo exclusivo.

Neste período, a SumUp está oferecendo o “Iniciativas que ajudam”, página que reúne cursos com desconto, sites, aplicativos, dicas financeiras… Enfim diversos conteúdos voltados para auxiliar microempresários. Não deixe de dar uma olhada!

 

3. PagSeguro – link de pagamento mais barato

Uma solução para o microempreendedor individual vender online com simplicidade. 

máquina de cartão com menor taxa, maquininhas, maquininha, máquina de cartão, maquineta

Outra importante empresa da revolução para micro e pequenos empresários do país é a PagSeguro. Que, além de máquinas de cartão oferece também conta digital, empréstimo e e-commerce para os pequenos.

Em época de distanciamento social, uma solução para muitos negócios tem sido a venda online. Porém, é comum que o microempreendedor individual não tenha familiaridade ou conhecimento técnico dessa modalidade de venda. O que não é um problema, porque os links de pagamento vieram para simplificar esse mercado.

Nesse sentido, a PagSeguro, uma das líderes de meios de pagamento do Brasil, reduziu suas taxas de vendas online por link, para facilitar que mais negócios se introduzam nas vendas online.

Por aqui você pode contratar os links de Pagamento da PagSeguro. E não deixe de conhecer as máquinas de cartão dessa empresa!

Além disso, para você, que utiliza máquina de cartão, o Educando seu Bolso tem um Simulador de Máquinas de Cartão que ajuda a encontrar a melhor opção de maquininha de acordo com o seu negócio.  É gratuito, prático e personalizado! Vale muito a pena conferir. 

 

4. Méliuz – Programa Renda Extra

É dinheiro extra entrando na sua conta.

A Méliuz é uma startup que oferece programas de cashback, ou seja, te dá “dinheiro de volta” nas suas compras. Ao perceber o impacto que a crise poderia ter no desemprego, a empresa lançou o programa Renda Extra.

Basicamente, é uma plataforma oferecida aos afiliados Méliuz (é possível que você se torne afiliado a qualquer momento) que permite que pessoas e empresas ganhem dinheiro indicando lojas online para seus amigos e seguidores. A cada pessoa que comprar utilizando o seu link, você ganha uma porcentagem. Simples, né? E as comissões podem chegar a até 20% do valor da compra!

Para se tornar afiliado basta acessar esse link e começar a fazer parte!

 

5. Cielo – Programa Movimenta

Antecipação de recebíveis e alívio de meta: microempreendedor individual, conheça o programa Movimenta

Você tem uma máquina de cartão na Cielo? Essa empresa, que tem uma parte significativa de brasileiros como clientes de seus meios de pagamento, não ficou de fora. Seus programas de auxílio aos microempreendedores e outros donos de negócio concentram-se em duas medidas:

Receba Rápido: é o programa de antecipação de recebíveis da Cielo. Isto é, operação para receber o dinheiro das vendas em caixa antes do previsto. A antecipação pode substituir um empréstimo, operação financeira que tem sido tão requerida neste momento. A empresa anunciou, portanto, liberar um montante para facilitar a antecipação durante a crise.

Alívio de meta: algumas máquinas de cartão da Cielo exigem um faturamento mínimo mensal. Então, a Cielo anunciou aliviar essas metas, tendo em vista que a maior parte dos negócios teve queda na receita. Ao que parece, a medida se estenderia até abril. Mas vale a pena ficar de olho, porque é possível que o prazo se estenda, já que a crise do coronavírus ainda não acabou.

Além dessas medidas, a empresa tem divulgado algumas outras soluções em sua página na internet. Acesse o site da Cielo para conhecer mais sobre o programa.

Quer conhecer outras máquinas de cartão para o pequeno empreendedor? Então acesse nosso conteúdo exclusivo.

 

6. Sebrae – apoio completo ao microempreendedor individual

A missão da Sebrae é impulsionar o pequeno empreendedor. Nesta crise, não poderia ser diferente. 

Sebrae significa, justamente, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Ou seja, é missão do Sebrae impulsionar e fortalecer o empreendedorismo no Brasil.

Assim sendo, ele não poderia ficar de fora. A empresa disponibilizou uma das plataformas mais completas de suporte ao pequeno negócio. São vídeos, dicas de finanças, cursos, consultor online… Tudo com conteúdos focados diretamente para combater esta crise do coronavírus.

Nós já trouxemos em nosso podcast um palestrante do SEBRAE, dando dicas para microempreendedores nesse momento de crise! Vale a pena ouvir o episódio na íntegra.

Sem dúvidas, se tem uma empresa que é importante acompanhar neste momento é o Sebrae.

 

7. Magazine Luiza – venda online com a Magalu

Esse projeto é para quem trabalha no segmento de varejo. A Magazine Luiza criou uma plataforma para que pequenos e microempreendedores desse segmento possam anunciar seus produtos online, seja no site ou aplicativo.

Você pagará uma porcentagem fixa por venda realizada, de 3,99%, como forma de comissão à Magalu. O valor é semelhante às taxas cobradas em máquinas de cartão ou outras plataformas online, ou seja, é um custo coerente. E as entregas são feitas pelos Correios, sem custo para o vendedor nessa parte.

Pessoas físicas, como autônomos e trabalhadores informais, também terão sua assistência. Seus produtos ou serviços poderão ser divulgados via redes sociais individuais. É, portanto, mais uma iniciativa para digitalizar o varejo. Preservando a saúde dos trabalhadores e também a saúde financeira dos negócios.

 

8. PicPay

Taxa zero para vendas online durante esse período.

O PicPay tem um dos principais aplicativos de pagamento fácil do Brasil, além de uma plataforma de vendas online. Neste momento, a empresa zerou as taxas de vendas via internet. Uma oportunidade de impulsionar ou se inserir neste mercado. Saiba mais no site do PicPay.

 

9. Claro – Push do Bem

Anuncie produtos na sua vizinhança.

Vender remotamente não é tão simples. Muitos pequenos negócios estão tendo dificuldades de se adaptar e saber a abordagem adequada. Por esse motivo, a Claro criou um programa para ajudar o microempreendedor individual na divulgação do seus produtos: é o Push do Bem.

Basicamente a funcionalidade utilizará a geolocalização do seu smartphone e Push Notification para manter o contato entre os pequenos negócios e potenciais clientes da sua região. Isto é, pessoas da sua vizinhança receberão anúncios de seus produtos nos smartphones. Legal, né? Entre no site da Claro e confira!

 

10. Olist – E-commerce gratuito

Venda online gratuitamente. 

Mais uma solução de venda online gratuita: é a Olist. Essa startup auxilia vendedores do segmento de varejo a aumentarem suas vendas. Segundo a própria empresa, em menos de 3 minutos é possível que o usuário cadastre seus produtos e serviços para serem anunciados. E um diferencial é que as dúvidas dos seus clientes podem ser tiradas de forma mais próxima, no Whatsapp.

 

11. Getnet – Programa Recrie seu Negócio

Alívio de meta, aluguel gratuito em máquinas de cartão…

Outra empresa que decidiu auxiliar seus clientes de maquininhas de cartão é a Getnet, uma das principais empresas de meios de pagamento do país.

Entre suas principais medidas de auxílio estão: (1) a suspensão de meta de faturamento mensal durante esse período, (2) aluguel grátis em até três máquinas de cartão adicionais e (3) mensalidade também gratuita por dois meses na loja digital Getnet, para que você possa começar a anunciar seus produtos virtualmente. Entre algumas outras iniciativas do programa que vale a pena conferir!

 

12. Ajude o pequeno

Muitas pessoas estão priorizando o microempreendedor individual neste momento. Então não deixe de anunciar. 

 empresas que auxiliam o microempreendedor indiviual

Durante esta crise, diversas pessoas já entenderam a necessidade de se dar suporte ao microempreendedor, preferindo por negócios da vizinhança ou pelo pequeno. Assim, surgiram algumas iniciativas como o Ajude o Pequeno, que ajuda a conectar quem quer vender com quem quer comprar.

É uma iniciativa sem fins lucrativos, voltada para verdadeiro auxílio neste momento. Então anuncie no Ajude o Pequeno!

 

13. Salve os Pequenos

Mais uma iniciativa visando ajudar!

Outra iniciativa para unir compradores a pequenos vendedores é o Salve os Pequenos. Afinal, “os pequenos negócios são fundamentais para milhares de famílias e para toda a economia brasileira”, como consta na própria página. Anuncie seu produto ou serviço também nesta plataforma. É 100% gratuito!

 

Entendi as dicas… o que faço agora?

Como você pode perceber, diversas empresas têm se mobilizado a fim de valorizar e ajudar o microempreendedor individual. Este que tem um papel fundamental na economia brasileira. O “pequeno” negócio na verdade é gigante, e precisa ser tratado como tal.

Agora é hora de colocar a mão na massa e tentar usufruir, da melhor maneira, dos programas que têm sido oferecidos. Não é fácil, mas é bom saber que existem empresas que estão do seu lado, assim como nós, do Educando seu Bolso!

Alguma das empresas acima te ajudou? Conta pra gente nos comentários! E se quer ter acesso a mais dicas como essas, então assine nossa newsletter gratuitamente! Você irá receber toda semana os conteúdos mais importantes do mercado financeiro na sua caixa de e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *