Se você quer saber a melhor opção entre amortizar no prazo, na parcela ou investir seu dinheiro, descubra a melhor opção no nosso Relatório de Amortização

Investindo no futuro dos seus filhos pelo Tesouro Direto – parte II

Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Apple Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Spotify
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Google Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Castbox

Todos os pais se preocupam com o futuro dos filhos. Por isso não é de se estranhar que a cada ano os investimentos para crianças e adolescentes se tornam mais populares. Mas, qual a melhor forma de investir para crianças?

 

Os investimentos mais populares quando o assunto é criar uma reserva financeira para os filhos são a Poupança e a Previdência Privada. Entretanto existem investimentos com rentabilidade superior a esses e que também são seguros. Neste post nós te explicaremos tudo sobre esse assunto e mostraremos quais são as melhores aplicações para guardar dinheiro para os filhos.

 

Lembre-se, é importante começar a aplicar o mais cedo possível quando se trata do futuro das crianças. Isso ajuda a fazer os juros “trabalharem a nosso favor e não contra” e assim mais metas serão atingidas. Dessa forma, você poderá guardar uma reserva financeira para ajudar seus filhos no futuro a planejar uma viagem, entrar faculdade, comprar um carro, dentre outras coisas.

 

O que eu preciso para abrir uma conta no banco para meu filho?

Para abrir uma conta no banco em nome da criança é necessário que ela tenha um número de CPF. Entretanto, o mais comum é a reserva ser feita em nome do pai ou da mãe. Ainda existe a possibilidade de você abrir uma conta para seu filho em um banco digital. Por exemplo, o Banco Inter oferece possibilidade de menores de idade possuírem uma conta.

 

A aplicação mais popular, quando se trata de investir no futuro dos filhos, é a Poupança. Normalmente as pessoas escolhem investir na Poupança como reserva financeira para os filhos por desconhecimento. Muitos não sabem que os rendimentos dessa aplicação costumam ser baixos, inclusive chegou a render menos que a inflação em 2015. Ou seja, a Poupança não é um bom investimento para longo prazo e não constituirá uma boa reserva para seu filho no futuro.

 

O que é melhor: a conta estar no nome dos pais ou do filho?

Nós do Educando seu Bolso recomendamos que o investimento seja feito no nome da criança. Isso se deve por conta de uma questão psicológica, um efeito indireto, que faz com que os pais tenham a tendência de mexer menos na conta quando está no nome do filho. Quando está no nome dos pais, é comum o adulto sacar parte do dinheiro da conta da criança na primeira dificuldade que surgir.

 

Entretanto, independentemente de quem a conta está no nome, busque o máximo possível evitar movimentar o dinheiro. Lembre-se: esse é um investimento para o futuro de seu filho, deixar o dinheiro rendendo irá beneficiar a criança.  

 

Quais os melhores investimentos para acumular uma reserva para meu filho?

Para otimizar o valor futuro da conta e constituir uma reserva maior para seu filho é importante saber qual o melhor investimento. Se você sair da Poupança (rendimento atual de 4,55%) e ir para o Tesouro IPCA+, que é um título do Tesouro Direto que paga a inflação mais cerca de 4,46% em juros, a rentabilidade real da conta será muito maior, cerca de 7,4% ao ano já descontado o imposto de renda. Ou seja, você está ganhando cerca de 3% a mais no ano.

 

O aumento da rentabilidade quando acumulado ao longo dos anos é muito mais visível. O tempo pode causar diferenças significativas no lucro final. Para verificar essa distância no rendimento, você pode utilizar nosso simulador de investimentos. Assim você descobrirá quais as melhores aplicações que possuem a mesma segurança da Poupança.                  

 

Futuro dos filhos, investimentos, Poupança, Tesouro IPCA+

 

Contas para menores de idade

Ao longo do ano passado o Bradesco tinha* 520.000 Clickcontas, uma conta para menores de idade. Enquanto no Banco do Brasil cresce 10% ao ano o número de contas para crianças. Isso demonstra como cada vez mais os pais se preocupem com a saúde financeira do futuro dos filhos. No entanto, às vezes, pela falta de informação e induzidos pelos gerentes de bancos, eles acabam fazendo investimentos ruins para as crianças.

 

Preste atenção no investimento que o gerente do banco te oferece!

Em uma pesquisa feita pela Folha de São Paulo, alguns repórteres visitaram agências bancárias e se fizeram passar por pais preocupados com o futuro dos filhos. De acordo com a pesquisa, quando os gerentes eram questionados em relação a qual era o melhor investimento para crianças, eles ofereciam, na maior parte das vezes, a Poupança. Segundo a pesquisa, os gerentes alegavam que a Poupança era um bom investimento por não ter incidência de imposto de renda e por possibilitar resgate antecipado. Entretanto, como já foi explicado, a Poupança não é uma boa forma de aplicar para quem está interessado em constituir uma reserva para o futuro dos filhos. Por isso fique atento em relação às dicas de seu gerente, lembre-se que ele não é necessariamente seu amigo (lembrar de linkar).

 

A pesquisa também relata que foi muito oferecido a Previdência Privada (PGBL na maior parte das vezes). Esse investimento foi oferecido pela justificativa de ser um investimento de longo prazo. De fato essa é uma aplicação para longo período de tempo. Entretanto nem todas  as vantagens tributárias desse tipo de investimento se aplicam quando se trata de crianças. Assim pode ser mais interessante investir em um Tesouro IPCA+. Isso porque essa aplicação possui custos (remuneração do banco para administrar seus investimentos) inferiores ao de um plano de previdência privada.

 

Dessa forma, a pesquisa nos demonstrou que os gerentes dos bancos não costumam ofertar os melhores investimentos. Assim você deve ficar atento em relação ao que seu gerente irá te oferecer. Lembre-se também que é possível investir de outras maneiras sem precisar do banco como intermediário. Você pode investir em um Tesouro Direto por uma conta do Tesouro ou por uma corretora.

 

Mas, eu vou pagar mais tarifas abrindo uma conta para o meu filho?

Caso você esteja preocupado em pagar mais tarifas ao abrir uma conta para seu filho no banco, não se preocupe. Se você abrir uma conta eletrônica em nome da criança, não haverá pagamento de tarifas. Isso desde que você movimente o dinheiro pelos canais eletrônicos de atendimento.

 

Investimentos de longo e curto prazo para o futuro dos filhos

Se você tem a perspectiva de aplicar um certo valor para o seu filho para sacar em médio ou longo prazo, o mais recomendado, como já foi explicado, seria que você colocasse o dinheiro em um título do Tesouro Direto de longo prazo com rendimento de IPCA + 4,46%. Mas se seu objetivo é um investimento a curto prazo, você pode aplicar em um fundo de investimento com baixa taxa de administração, ou até uma conta eletrônica, que não tem custos e nem paga tarifa.

 

Mas eu vou depositar pouco dinheiro para meu filho, vale a pena abrir uma conta assim mesmo?

Sim! Mesmo que o dinheiro investido seja baixo, ainda assim é válido investir em outro investimento que não seja a Poupança. Muitos investimentos possuem um valor baixo para investir. Um título do Tesouro Direto pode ser comprado por R$30, sendo que a rentabilidade é significativamente superior à Poupança.

 

Outro fator que deve ser levado em consideração é o tempo que o dinheiro ficará rendendo na aplicação. Ao longo dos anos essa diferença de rentabilidade demonstrará resultados cada vez mais discrepantes. Para demonstrar essa diferença nós realizamos algumas simulações. Caso você invista hoje R$10.000,00 reais na Poupança o valor final será de R$22.230,34. Já no cenário onde esse dinheiro seja investido em um Tesouro IPCA+, o valor final seria de R$44.913,33. Isso mostra a diferença da rentabilidade entre esses investimentos. 

 

Está na hora de garantir o futuro dos filhos

Agora que você sabe tudo que precisa para garantir uma reserva financeira de longo prazo para seu filho, está na hora de realmente começar a investir. Lembre-se, o gerente de seu banco não oferecerá os investimentos que nós estamos indicando, então tome cuidado. Fique atento se te indicarem a Poupança como uma boa aplicação de longo prazo. Caso você ainda esteja curioso em outras formas de investir que são seguros, entre em nosso simulador e verifique o melhor investimento para o seu caso. Qualquer dúvida que você ainda tiver contate-nos pelos comentários abaixo do post que nós te responderemos com prazer. Busque também outros textos nossos sobre saúde financeira e investimentos. Inclusive dê uma olhadinha no post que deu origem a este: “Investindo no futuro de seu filho”.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *