O que você está procurando hoje?
minuto seguros

Quanto custa o seguro de carro? Veja qual o seguro mais barato

Se você já tem um carro, ou está pensando em comprar um, é muito provável que você queira economizar tanto quanto possível e saber quanto. Quando colocamos os custos de um carro na ponta do lápis, um item que ocupa boa parte desse orçamento é o seguro.

Pensando nisso, vamos te mostrar neste artigo como o seguro funciona, quais os seguros de carro mais baratos e se vale a pena contratar um seguro. Continue a leitura.

seguro auto

Como funciona o seguro de carro?

O seguro de carro é um contrato entre o proprietário do veículo e uma seguradora, que oferece proteção financeira contra diversos tipos de riscos associados ao veículo. Este contrato, formalizado através de uma apólice, estipula os termos de cobertura, franquias e limites de indenização.

E se você ficou confuso com esses termos, não se preocupe. A seguir, vamos explicar o que cada um deles significa. 

Apólice 

Você sabe o que é uma apólice de seguro? Ela é o contrato entre você e a seguradora, que especifica  todas as coberturas, exclusões, valores de indenização e responsabilidades. 

Na apólice, você encontra diversas informações sobre o seu contrato, como: 

  • a cobertura, como colisão, roubo e incêndio, 
  • o limite de indenização, ou seja, o valor máximo que a seguradora paga em caso de sinistro (evento ou acidente que acione a cobertura do seguro)
  • a franquia, que significa a quantia que você deve pagar para acionar as coberturas contratadas pelo seguro no caso de sinistro

A apólice também lista as exclusões, ou seja, situações não cobertas, e define as obrigações de ambas as partes. 

Vamos ver como funciona na prática

Por exemplo, o segurado deve pagar o valor do seguro (prêmio) nas datas previstas, fornecer informações precisas sobre o veículo, comunicar imediatamente à seguradora após um acidente e manter o carro em boas condições.

Já a seguradora deve cobrir os custos previstos na apólice em caso de sinistro, oferecer atendimento ao cliente, informar claramente todas as condições e realizar a avaliação dos danos para determinar a indenização. 

Por isso, ler e entender a apólice é essencial para estar ciente de seus direitos e deveres.

Imagine que você comprou um seguro de carro e sofreu um acidente. Na sua cabeça, você está coberto e a seguradora vai pagar por todos os danos. 

No entanto, ao acionar o seguro, você descobre que a cobertura para danos causados por enchentes não está incluída na sua apólice, algo que você não havia percebido ao contratá-lo. 

Como você não leu a apólice com atenção, não sabia que precisava de uma cobertura adicional para este tipo de situação. 

O resultado? Você acaba tendo que pagar do próprio bolso por todos os reparos do carro. Este tipo de surpresa desagradável poderia ter sido evitada com a leitura e compreensão detalhada da apólice, antes de qualquer incidente.

Portanto, sempre leia e entenda sua apólice de seguro para garantir que você está realmente coberto para todas as situações que considera importantes.

Franquia

A franquia é o valor que você, como segurado, deve pagar do próprio bolso em caso de sinistro, para acionar as coberturas contratadas pelo seguro no caso de sinistro. Funciona como uma espécie de participação nos custos de reparo ou substituição do veículo.

Tipos de Franquia

Existem diferentes tipos de franquia, a franquia normal, reduzida ou majorada. A decisão entre essas opções afeta o quanto você paga pelo seguro:

  • Franquia Normal: é o valor padrão estabelecido na apólice.
  • Franquia Reduzida: tem um valor menor, resultando em um prêmio de seguro mais alto.
  • Franquia Majorada: tem um valor maior, o que reduz o prêmio do seguro.

A franquia é aplicável apenas em casos de danos parciais ao veículo. Em situações de perda total, onde os danos ultrapassam 75% do valor do veículo, não é necessário pagar a franquia.

Quanto custa o seguro de um carro?

O custo do seguro é chamado de prêmio e ele pode variar bastante, com base em diversos fatores como o modelo do veículo, o perfil do motorista e a localização. Em média, o seguro de um carro custa cerca de 6,6% do valor do veículo. Por exemplo, para um carro avaliado em R$ 50.000, o seguro anual ficaria em torno de R$ 3.300​.

Veja abaixo uma estimativa do preço do seguro de carro para diferentes modelos de veículos: 

Para saber o valor do seguro do seu carro de acordo com suas necessidades você pode fazer uma cotação.

Carro (2024)Motorista Masculino (R$)Motorista Feminino (R$)
Chevrolet Onix Hatch4.475,0/ano2.817,18/ano
Hyundai HB204.612,67/ano3.019,40/ano
Fiat Argo3.746,18/ano2.686,87/ano
Volkswagen Polo2.518,61/ano2.434,00/ano
Nissan Kicks4.679,00/ano2.584,98/ano
Jeep Renegade3.743,00/ano2.839,00/ano
Renault Kwid2.315,00/ano2.010,00/ano
Toyota Corolla3.600,00/ano3.200,00/ano
Honda Civic3.800,00/ano3.500,00/ano
Fiat Mobi2.217,44/ano2.113,86/ano
Esses valores são baseados em cotações médias para motoristas de 35 anos, casados, em diversas capitais brasileiras. O valor do seguro pode variar significativamente com base em fatores adicionais como histórico de direção, local de residência e uso do veículo

Clique no botão abaixo e contrate o seguro para o seu carro com desconto!

Qual o seguro mais barato?


Encontrar o seguro de carro mais barato pode ser desafiador, mas algumas seguradoras se destacam por oferecerem opções mais econômicas. Aqui estão quatro seguradoras que frequentemente oferecem seguros de carro com preços competitivos:

Liberty SegurosHDI SegurosPorto SeguroAlfa Seguros
Prêmio Anual (R$)2.800 – 3.5002.700 – 3.2003.000 – 3.7002.500 – 3.000
Cobertura de Colisão
Cobertura de Roubo
Cobertura de Incêndio
Responsabilidade Civil
Desastres NaturaisOpcionalOpcionalOpcional
Assistência 24 HorasOpcional
Carro ReservaOpcionalOpcionalOpcional
Franquia (R$)1.500 – 2.0001.400 – 1.8001.600 – 2.1001.300 – 1.700
Valores referente a carro popular ano 2024.

Mas atenção, o seguro de carro mais barato pode não ser a melhor opção! É bom ficar atento às coberturas, valores de franquias e benefícios que a apólice oferece. Afinal, o barato não pode sair caro na hora da necessidade.

Mas se você quer rodar de carro novo e não quer arcar com o seguro, uma boa opção é o carro por assinatura.

Nessa modalidade, você anda de carro zero, e o seguro, IPVA e até mesmo manutenção, já estão incluídos no valor da assinatura na Localiza Meoo…

É isso aí, e usuários do Educando possuem R$1000,00 de desconto na primeira mensalidade.

O que influencia o preço do seguro?

O prêmio do seguro é o valor que você paga à seguradora para ter seu veículo protegido. Este valor pode ser pago de forma mensal, semestral ou anual, dependendo das condições acordadas no contrato. 

Se você e seu vizinho tiverem o mesmo carro, ainda que o modelo seja do mesmo ano, é possível que o preço do seguro do veículo seja diferente para cada um. Isso porque esse valor depende do perfil do segurado, das características do seu carro e do valor cobrado pela empresa. Veja: 

Perfil do motorista

As seguradoras usam uma fórmula complexa que considera vários fatores para calcular o valor do seguro. Esse cálculo busca equilibrar o risco para a seguradora e a rentabilidade do contrato. Como, por exemplo, o perfil do motorista que influencia diretamente no valor do seguro.

Idade

Motoristas mais jovens, geralmente abaixo de 25 anos, costumam pagar prêmios mais altos devido ao maior risco associado à pouca experiência ao volante. Por outro lado, motoristas mais velhos podem pagar menos, já que têm mais experiência de direção.

Histórico do Motorista

Seu histórico de direção também pesa na conta. Se você tem um histórico de acidentes ou multas, o prêmio será mais alto. Motoristas com histórico limpo podem conseguir descontos significativos.

Localização da Casa e Trabalho

Onde você mora e trabalha também afeta o valor do seguro. Regiões com altos índices de roubo ou acidentes de trânsito resultam em prêmios mais elevados. A seguradora avalia os riscos associados ao local onde o veículo passa a maior parte do tempo.

Tipo de veículo

O modelo, ano de fabricação, valor de mercado e até a frequência com que o veículo é alvo de roubos são fatores que impactam diretamente no valor do prêmio.

Modelo e Ano de Fabricação

Veículos mais novos ou de modelos de luxo geralmente têm prêmios mais altos. Isso se deve ao maior custo de reparação e reposição de peças, além de serem mais visados por ladrões.

Valor de Mercado

O valor de mercado do veículo também é um critério importante. Carros mais caros resultam em prêmios mais altos, pois o custo para a seguradora, em caso de indenização, é maior. A Tabela FIPE é frequentemente usada para determinar esse valor​.

Frequência de Roubos

Alguns modelos de carros são mais visados por ladrões. Se o seu carro está nessa lista, é provável que o prêmio do seguro seja mais alto. Seguradoras levam em conta estatísticas de roubos ao calcular o valor do prêmio​.

Esses fatores são combinados para calcular o prêmio do seguro, equilibrando o risco assumido pela seguradora com o custo do prêmio. Compreender esses critérios ajuda você a escolher a melhor cobertura para seu orçamento​ e necessidades.

seguro de carro

Quais são os tipos de cobertura de seguro?

Existem vários tipos de cobertura de seguro para veículos, cada um atendendo a diferentes necessidades e oferecendo variados níveis de proteção. Vamos explorar os principais tipos:

Seguro Completo

O seguro completo, também conhecido como seguro compreensivo, oferece a mais ampla proteção. Ele cobre danos ao próprio veículo em caso de colisão, capotamento, incêndio, roubo, furto e danos causados por desastres naturais. Além disso, inclui cobertura contra danos a terceiros, proporcionando uma proteção total contra a maioria dos riscos.

Seguro Auto Roubo e Furto

Esta modalidade foca exclusivamente em proteger o veículo contra roubo e furto. É uma opção mais econômica, ideal para quem busca uma cobertura básica. No entanto, não cobre danos resultantes de colisões ou desastres naturais.

Seguro para Terceiros (Responsabilidade Civil)

O seguro para terceiros cobre danos materiais e corporais causados a outras pessoas em um acidente. Esta cobertura é essencial para evitar grandes despesas com reparação de veículos de terceiros e despesas médicas, caso você seja responsável por um acidente​.

Seguro de Acidentes de Passageiros (Seguro APP)

O Seguro APP cobre despesas médicas, invalidez permanente e morte dos passageiros do veículo em caso de acidente. Esta cobertura adicional é importante para garantir a segurança financeira dos passageiros em situações de emergência​.

Seguro DPVAT

O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) é obrigatório e cobre despesas médicas, invalidez permanente e morte decorrentes de acidentes de trânsito. Este seguro é pago anualmente junto com o licenciamento do veículo e oferece cobertura básica para todos os envolvidos em um acidente.

O que o seguro não cobre?

É importante saber que há situações não cobertas pelo seguro de carro, tais como:

  • Danos causados por direção sob efeito de álcool ou drogas.
  • Participação em corridas ou competições.
  • Uso do veículo para fins diferentes do declarado na apólice, como uso comercial sem cobertura específica.
  • Danos intencionais causados pelo segurado.

Entender esses tipos de cobertura e exclusões ajuda a escolher a apólice que melhor atende às suas necessidades, garantindo proteção adequada e evitando surpresas desagradáveis​. 

Imagine que você usa seu carro para fazer entregas de mercadorias, mas na sua apólice está declarado que o veículo é de uso pessoal. Se acontecer um acidente durante uma entrega, a seguradora pode se recusar a pagar pelo conserto, pois o uso do veículo não está de acordo com o contrato. Por isso, é essencial ser transparente sobre como você usa seu carro para evitar problemas desse tipo.

Quem pode contratar o seguro de carro?

Se você tem um veículo, você pode contratar o seguro auto, inclusive em algumas seguradoras não precisa ser o motorista o titular do seguro. Tanto PJ (pessoa jurídica) quanto PF (pessoa física) podem fazer a contratação de um seguro veicular.

Conclusão: é vantagem ter o seguro de carro?

Finalmente, o seguro veicular é aquele tipo de investimento que fazemos esperando nunca precisar usar, certo? No entanto, ele traz uma segurança enorme para você ao volante.

No Brasil, ocorrem cerca de 30 mil acidentes de trânsito fatais por ano, e milhares de veículos são roubados ou furtados diariamente. Imagine o impacto financeiro de um acidente grave ou de perder seu carro para o roubo. Sem um seguro, todos esses custos saem do seu bolso. 

Por exemplo, o conserto de um carro após um acidente pode facilmente ultrapassar R$ 10.000. Sem seguro, esse valor pode comprometer seriamente seu orçamento. Com um seguro, você paga apenas a franquia, que geralmente é muito menor, e a seguradora cobre o restante dos custos.

Por isso, recomendamos fortemente que, se você possui ou pretende ter um carro, contrate um seguro. Para isso, faça sua lição de casa: pesquise várias seguradoras diferentes e simule cotações em cada uma delas. Compare os preços e as coberturas oferecidas para encontrar a melhor opção para suas necessidades.

Além disso, é crucial verificar a reputação da seguradora. Veja as avaliações de outros clientes e certifique-se de que a empresa está autorizada pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) para exercer suas atividades. Você pode fazer essa consulta diretamente no site do governo.

Lembre-se de que o valor do seguro pode variar bastante conforme o carro, o modelo do veículo e o seu perfil como segurado. E se você não quer se preocupar com seguro e ainda assim aproveitar um carro, conheça nosso conteúdo sobre carros por assinatura!

Ter um seguro de carro não é apenas uma medida de proteção financeira, mas também uma maneira de garantir mais tranquilidade e segurança no seu dia a dia. Avalie suas opções e faça uma escolha que proporcione a melhor proteção para você e sua família.

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *