Precisa de um comprovante de renda e não sabe como fazê-lo? Nós te ensinamos!

Pra que serve o comprovante de renda?

comprovante de renda

Documentos que podem ser usados como comprovante de renda.

Um comprovante de renda pode ser útil em muitas ocasiões, como quando você busca um financiamento para uma casa ou um carro, um empréstimo ou até mesmo um cartão de crédito. Ele pode ser qualquer documento que comprove para a instituição financeira com a qual você busca se relacionar qual é a sua renda.

A instituição financeira em questão precisa deste documento para concluir se você será capaz de arcar com as parcelas, por exemplo, do empréstimo que você deseja tomar. Os bancos não costumam fornecer empréstimos nos quais as parcelas comprometem mais de 30% do seus ganhos mensais. Para avaliar sua capacidade de pagamento, eles utilizam os valores do seu comprovante de renda.  

Entretanto, não são apenas as pessoas que têm um vínculo empregatício formal que conseguem comprovar sua renda. Os profissionais autônomos e pequenos empresários também conseguem. Por isso, nos próximos tópicos iremos te mostrar como comprovar a renda de um autônomo! 

 

O que pode ser usado como comprovante de renda para profissionais de carteira assinada?

Holerite

Holerite é um outro nome para o famoso contracheque. Têm direito a ele apenas os trabalhadores com carteira assinada e funcionários públicos, que o recebem junto com o salário. As instituições financeiras podem solicitar os contracheques dos últimos 3 meses do trabalhador. Com eles, elas têm acesso a detalhes sobre seu salário bruto, seus descontos e seu salário líquido.

Carteira de trabalho

A carteira de trabalho pode ser usada como alternativa ao holerite para comprovar sua renda. Essa opção é principalmente para quem, por exemplo, não guardou seus últimos contracheques. Entretanto, caso você receba seu salário fixo e uma comissão, o holerite será uma alternativa melhor. Isto porque ele mostra exatamente quanto você recebeu de salário líquido nos últimos meses. A carteira de trabalho não traz essa informação.

 

O que pode ser usado como comprovante de renda para profissionais autônomos?

DECORE (Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos)

O DECORE é um documento que só pode ser emitido por um profissional de contabilidade. Ou seja, é não é possível que você consiga emiti-lo sem gastar nada, pois precisa contratar os serviços de um contador. O profissional deverá ter acesso ao livro contábil diário do período declarado.

Ele é uma boa opção para profissionais autônomos e pequenos empresários, e tem como objetivo declarar e comprovar a renda da pessoa física. Sendo assim, se você é empresário, esse documento pode comprovar a retirada do pró-labore ou a distribuição dos dividendos (que são a remuneração dos sócios ou investidores da empresa).

DIRPF (Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física)

Entre as dezenas de tributos que o brasileiro precisa pagar regularmente, um dos mais conhecidos é o Imposto de Renda. Algumas pessoas, entretanto, não precisam pagá-lo. Caso você queira saber quais são as regras do Imposto de Renda para 2020 e quem se enquadra nelas ou não, esse texto pode te ajudar

Na declaração do Imposto de Renda constam todos os seus rendimentos do último ano, como salários, rendimentos de aluguel, aposentadoria e investimentos. A instituição financeira, portanto, pode solicitar sua última declaração para lhe conceder um empréstimo.

Extrato bancário

Outro documento que algumas instituições financeiras aceitam como comprovante de renda é o extrato bancário. Sendo assim, as movimentações dos últimos meses na sua conta corrente podem te ajudar a conseguir um empréstimo, crédito no cartão ou financiamento. Não são todas as instituições, porém, que aceitam o extrato bancário. Por isso, vale conferir quais são elas antes de buscar um empréstimo, caso essa seja sua única opção.

Uma dica, portanto, para quem deseja usar o extrato como comprovante, é concentrar todos os seus ganhos em uma única conta bancária, caso você tenha mais de uma fonte de renda. Assim o volume movimentado na conta fica maior, o que facilita a concessão de valores maiores. Caso não seja possível, você pode apresentar extratos de mais de uma conta.

O extrato pode ser consultado pelo internet banking, caixa eletrônico, aplicativos de banco etc. Além disso, é importante ressaltar que geralmente as instituições financeiras exigem o extrato dos seis meses anteriores à solicitação.

Extrato INSS

Aposentados e pensionistas que desejam buscar crédito numa instituição financeira podem usar o extrato do INSS dos últimos meses como comprovante de renda. Nele constam os valores recebidos e descontados, assim como os detalhes sobre data e banco de recebimento.

 

Onde encontrar o empréstimo ou financiamento ideal?

Existem muitas opções de instituições financeiras onde você consegue contratar empréstimos e financiamentos, e muitas pessoas se sentem perdidas em meio a elas. Cada instituição te oferece condições diferentes, e é muito importante conhecer e analisar o serviço de mais de uma antes de fazer sua escolha. Economizar é sempre bom, ainda mais quando tratamos de valores altos, como no financiamento de um imóvel.

Sendo assim, por fim, depois de te ajudar a saber quais os documentos necessários para conseguir seu empréstimo ou financiamento, vamos te ajudar a encontrar o lugar ideal para que você os solicite. No Educando Seu Bolso nós oferecemos ajuda por meio dos nossos simuladores, dentre eles o Simulador de Empréstimo, Simulador de Financiamento de Veículos e Simulador de Financiamento de Imóveis.

Neles você só precisa preencher as informações básicas sobre o serviço que deseja contratar, e nós te mostramos quais as melhores opções do mercado para que você contrate o que mais te fará economizar.

Caso ainda tenha restado alguma dúvida sobre o assunto, é só deixar nos comentários que nós te ajudamos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *