Cielo Controle, Rede Preço Único: conheça e avalie

Se você possui um aparelho celular, certamente está familiarizado com planos controle  ou PréPagos.  De uns tempos pra cá, quem busca por maquininhas de cartão encontra cada vez mais esta opção de pagamento. Cielo Controle e Rede Preço Único são alguns exemplos de maquininhas com planos de pagamentos que se assemelham aos planos pré-pagos de telefonia. Porém, no caso das maquinetas de cartão há pegadinhas, armadilhas que podem te custar caro. E é esse o foco do nosso post de hoje.

Vamos falar um pouco sobre Cielo Controle, Rede Preço Único. Suas características, vantagens e desvantagens. Se são pra você ou não. Se são mesmo pré-pagos, como na telefonia. Ou se você pode ter uma surpresinha no fim do mês e acabar pagando mais do que nos planos padrão.

Estamos bem seguros de que ao final do texto ficarão claras para você se as particularidades dos planos controle atendem às suas necessidades. Boa leitura!

O que é plano Controle?

Bom, vamos lá. Primeiro, é preciso dizer que o brasileiro conhece e aparentemente aprovou o conceito do plano pré-pago para a telefonia móvel. Sabedores disso, Cielo e Rede buscaram pegar carona nesta tendência para vender suas maquininhas.

“Opa, simbora lançar um plano com o apelo de simplicidade. É fácil! Você só paga tanto por mês e pronto!” É claro que eles sabem da dificuldade que você tem em contratar uma maquininha. Afinal, são os principais responsáveis por esta complexidade em comparar custos/funcionalidades/opções. E também é claro que essas complicações raramente ficam claras na hora que você entra no site para contratar os planos. A dor de cabeça só vem depois. Para evitar esse transtorno, já vamos deixar, de cara, bem explicado como tudo isso funciona.

 De forma geral, quem escolhe contratar um plano “pré-pago” como, por exemplo, o Cielo Controle, deseja pagar uma mensalidade fixa com seu leitor de cartão. Esse valor mensal definido já deveria englobar todos os gastos com a maquineta.

E o que isso quer dizer? Segundo o marketing da Cielo e Rede, isso significa que não existem custos com taxas sobre as vendas, algo que acontece na maioria das opções de maquinetas. Em português claro, praticado aqui no Educando seu Bolso, preferimos dizer apenas que essas taxas já estão inclusas na mensalidade.

E como funciona?

Você estima quanto venderá mensalmente através da maquininha antes de fazer o contrato – por exemplo entre R$7001,00 e R$8000,00. Baseado neste faturamento, a empresa estipula qual será a sua mensalidade, pois ela varia para cada faixa de rendimentos.

Após definida qual vai ser a sua mensalidade, você não tem outros gastos com a máquina. Poderá, pois, vender da maneira que desejar dentro do limite de faturamento que você contratou: débito, crédito à vista, parcelado…

Bom, aqui novamente uma ressalva. Esse argumento de que você não tem outros gastos com a maquininha, mais uma vez, é a manchete que a Cielo e Rede usam para vender Cielo Controle e Rede Preço Único. Aqui no Educando Seu Bolso, fazemos questão de destacar que:

  1. Se ultrapassar o faturamento mensal do plano, haverá cobrança de valores excedentes à mensalidade;
  2. A mensalidade é cobrada independentemente do uso da maquininha de cartão.
  3. As transações que ocorrerem com bandeiras não inclusas no plano, ficam sujeitas às taxas de desconto cobradas pelas próprias bandeiras.

Opa! Então quer dizer que não é tão simples assim? Isso mesmo. Mas, segure-se aí, que voltaremos a estes pontos mais adiante.

Características

Em planos pré-pagos de telefonia, quando acaba o crédito, cessa o uso e limita-se o gasto. Sem dúvida, isso pode ser importante para aqueles que não desejam ter surpresas ao receberem a conta no final do mês.

Diferentemente, no caso das maquininhas, a promessa de gastos fixos é incorreta. Mesmo assim, Cielo e Rede usam de uma certa liberdade para chamar seus planos de Cielo Controle e Rede Preço Único. Não são, como vimos pelos pontos expostos acima. Fosse isso de fato verdade, imaginamos até que teria algum apelo junto aos que não conseguem se planejar, apesar de não fazer sentido econômico neste caso. Pense bem, aqui, diferentemente da telefonia, para pagar menos, você teria que vender menos!

Falando em planejamento, para contratar Rede Preço Único ou Cielo Controle, você precisa ter boas condições de estimar seu faturamento total. Do contrário, provavelmente será um tiro pela culatra e você acabará pagando mais do que deve, por uma de duas razões:

  • Seja por que você subestimou seu faturamento e sobre aquele “excesso” de vendas será cobrada uma tarifa majorada; ou
  • seja porque você superestimou suas vendas mensais, pagou um custo embutido nestes planos controle, e não vendeu como imaginava. Ou seja, seu pagamento pode até ter sido fixo, mas foi subutilizado.

Em outras palavras, em ambos os casos acima, você certamente teria pago mais barato em uma maquininha com plano padrão. Por exemplo, o plano padrão da Cielo teria ficado mais em conta do que o Cielo Controle.

Veja a tabela abaixo para entender melhor:

Cielo controle

Os valores utilizados no exemplo são reais, baseados nas taxas e mensalidades apresentadas no site da Cielo. Taxas do plano “do seu jeito” podem ter variações. Valores atualizados no dia 13/07/2018.

Suponhamos que um comerciante resolveu contratar o Cielo Controle na faixa dos R$8.001,00 a R$9.000,00. Ele teve faturamentos oscilantes ao longo de três meses, como consta na coluna da esquerda. Vê-se que ao final do trimestre analisado ele teria pago menos se tivesse optado pelo plano convencional da Cielo, o Cielo do seu Jeito.

Ah, mas estimar faturamento não é difícil…

Nossos anos de experiência auxiliando pequenos negócios e autônomos a escolher maquininhas nos ensinaram muitas coisas. Uma delas é que, infelizmente, muitos deles estão iniciando novos negócios e tem dificuldade em estimar faturamento. Por isso a nossa desconfiança com os chamados planos controle no campo das maquininhas.

Essa estimativa de faturamento é justamente um dos dois pontos cruciais para a avaliação das vantagens e desvantagens dos planos controle. Isso, e a necessidade de que esse faturamento seja constante. Naturalmente, então, grande parte dos comerciantes não se enquadram nas exigências para que planos como Cielo Controle e Rede Preço Único valham a pena. Mostraremos abaixo alguns exemplos de faturamentos para que você entenda melhor como funcionam esses requisitos.

Constância no faturamento e conhecimento prévio

Primeiro de tudo: não existe plano controle sem uma estimativa do seu faturamento mensal. Quando você entra no site da Cielo para contratar seu Cielo Controle, umas das primeiras perguntas que serão feitas é: “Quanto você espera vender por mês”? O mesmo vale para o Rede Preço Único. Portanto, caso você esteja considerando contratar um desses planos, tenha em mente que você precisará saber muito bem os números da sua empresa.

Retomamos aqui nossa preocupação com os microempreendedores e negócios iniciantes. A dificuldade de se estipular um rendimento médio é uma realidade de muitos desses negócios. E não só isso, pois entramos aqui no segundo ponto (ou problema, caso você assim prefira) para se considerar antes de contratar um plano controle. Existe a necessidade de constância do faturamento. Para ficar mais claro, segue um pequeno exemplo:

Maria possui um salão de beleza e faturou ao longo de seis meses entre R$4.100,00 e R$5.500,00. João, dono de uma floricultura, faturou no mesmo período entre R$3.500,00 e R$7.000,00, como consta no gráfico abaixo.

Cielo controle

O rendimento de João, como se vê, foi muito mais inconstante do que o de Maria. E por que isso é importante?

A constância de faturamentos é essencial para saber se o plano controle é uma opção que te atenderá bem. Perceba como o rendimento de Maria fica na maior parte dos meses contido na faixa de faturamentos entre R$4001,00 e R$5000,00. O de João raramente fica estável em uma das faixas, oscilando bastante para cima e para baixo.

Maria conseguiria facilmente contratar um plano controle para maquininhas, pois sua faixa de rendimentos está muito bem estipulada. João já não conseguiria fazer isso. Portanto, para ele, provavelmente seria mais vantajoso pesquisar um pouco mais antes de contratar um plano controle como o Cielo Controle ou o Rede Preço Único.

O valor excedente

Estourar o limite do faturamento: essa é outra questão de que você não pode se esquecer na hora de decidir por um plano controle.  Nesses planos, como já falado anteriormente, você seleciona antecipadamente o quanto pretende faturar por mês. Esse valor é limitado pelas citadas faixas de faturamento de máximo e mínimo. Se você ultrapassar o valor estipulado, terá que pagar um valor adicional.

Observe novamente o exemplo dos negócios de João e Maria: se Maria tiver optado por um plano controle entre R$4001,00 e R$5000,00, no mês 5 ela teria estourado seu faturamento e precisaria pagar uma taxa adicional. Porém, veja que ela não ultrapassou muito o valor de sua faixa: a taxa adicional seria bastante coerente. João, por outro lado, se tivesse optado pela mesma faixa, teria nos meses 2 e 3 ultrapassado, e por muito, o seu valor contratado, pagando uma taxa muito maior.

Trabalhando com o valor excedente

Ok, você leu tudo isso e, afinal, analisou que os planos como Cielo Controle ou Rede Preço Único podem ser uma boa opção para sua maquininha. Percebeu, porém, que precisará lidar com o valor excedente. Conviver com esse custo adicional pode se tornar necessário, porém sempre existe uma maneira mais econômica para fazer isso.

Vamos imaginar que, no seu negócio, você costuma faturar entre R$6500,00 e R$7500,00 por mês: as faixas de faturamento viram nos R$7000,00. Se você optar pela faixa de R$6001,00 a R$7000,00, com frequência irá ultrapassar seu limite e pagará pelo valor adicional. Você também pode optar pela próxima faixa, entre R$7001,00 e R$8000,00, em que você terá a certeza de que não excederá o plano, mas custeará uma mensalidade um pouco mais cara.

Recomendamos que você calcule, então, em qual das duas opções você pagará menos. Veja se costuma faturar um valor mais próximo do limite maior ou do limite menor. Se for do menor, como na situação 1 do gráfico abaixo, possivelmente compensará mais pegar o plano mais barato e arcar com as taxas excedentes, que provavelmente serão raras. Se você usualmente faturar valores mais próximos ao limite maior, como na situação 2, talvez compense contratar a próxima faixa de faturamentos. Mas isso não é regra. Sempre faça as contas para ter certeza de que está contratando a melhor opção para você.

Rede preço único

Cielo Controle x Rede Preço Único

Bom, mas se você decidir comparar os preços de todas maquininhas do mercado, com certeza encontrará opções mais baratas do que as oferecidas por Cielo e Rede. Mas, esse é um erro muito comum na hora de se escolher produtos semelhantes. Você não pode comparar o preço de bananas e laranjas apenas porque as duas são frutas. São produtos diferentes e atenderão necessidades diferentes.

Em geral, as maquininhas da Rede e Cielo, que oferecem esses planos, possuem serviços e possibilidades que grande parte das máquinas do mercado não dispõem. Rede e Cielo oferecem uma quantidade enorme de bandeiras de cartão, sendo mais de vinte opções em cada uma, incluindo vales refeição e benefícios.

Além disso, as máquinas dessas empresas, em geral, possuem bobina para imprimir recibo, aceitam cartões de chip e tarja e podem funcionar como boas frentes de caixa. Afinal, após a entrada no mercado de uma variedade imensa de maquininhas, eles estão buscando se defender.

Comparamos as maquininhas de planos controle com suas concorrentes diretas. Ou seja, outras máquinas que oferecem quantidade de serviços e facilidades similares. Concluímos que os preços não são caros, mas possuem diferenças. Montamos uma pequena tabela comparativa entre a opção sem fio da Cielo Controle e da Rede Preço Único para facilitar a visualização:

Cielo controle

Dados atualizados no dia 13/07/2018.

Semelhanças e diferenças

Como se pode ver, as diferenças entre os preços das duas empresas não são muito grandes. Entretanto, existe um padrão de cobrança que vale a pena ser ressaltado. Veja que a máquina da Cielo Controle começa mais cara do que a Rede Preço Único nas primeiras faixas de faturamento. Após R$4000,00, entretanto, a Rede passa a ser mais cara. Embora não existam apenas essas duas opções de máquinas, os valores entre os planos são similares. Sempre seguem esse padrão de preços. Por isso, essa tabela pode ser uma base útil mesmo para outras maquininhas das empresas.

Também vale comentar sobre a diferença de taxas sobre faturamentos excedentes em ambas as empresas. A Cielo é mais transparente ao apresentar essas taxas e possui todas elas no site. A Rede, entretanto, tem essas taxas como variáveis. Elas dependem do seu rendimento. Então, é válido entrar em contato com a empresa antes de fechar o negócio. Isso evita que você se surpreenda com os possíveis valores adicionais em sua conta.

Um último ponto importante a respeito do Rede Preço Único e Cielo Controle é a antecipação. Ambos possuem opções de recebimento em 31 dias ou 2 dias. Mas cabe uma ressalva! O plano de recebimento em 2 dias é válido apenas para crédito à vista. O crédito parcelado você continuará recebendo ao final de 31 dias.

Vantagens e Desvantagens

A principal vantagem dos planos controle, segundo essa análise que fizemos, pode ser o preço. Em alguns casos, Cielo Controle ou Rede Preço Único podem ser mais baratos do que planos padrão.

Como principal desvantagem, Cielo Controle e Rede Preço Único tem, além da possibilidade de serem opões mais caras de planos para sua maquininha, dificuldade ainda maior em conferir/conciliar os custos cobrados pela operadora de maquinetas.

Como já explicado anteriormente, se os seus rendimentos costumam se manter bastante estáveis de um mês para o outro, é mais fácil de o seu negócio se adaptar a um plano controle. Entretanto, existem negócios em que os faturamentos variam muito de um mês para o outro. Nesses casos, é difícil se beneficiar plenamente de um plano controle, sendo aconselhável pesquisar por outras opções oferecidas no mercado.

Outro detalhe importante é se atentar para o valor do seu faturamento mensal. Para rendimentos elevados, é comum que esse tipo de plano não te atenda. Muitas vezes, aliás, eles sequer são oferecidos para faturamentos além de certo montante.

Conclusão

Após esse breve tour pelas opções oferecidas pelos planos controle de maquininhas de cartão, esperamos que tenha ficado claro para você, leitor, os principais pontos que devem ser considerados na hora de se contratar uma maquininha como Cielo Controle ou Rede Preço Único.

De uma maneira geral, nossa conclusão é que não dá pra optar de antemão pelos planos controle de maquininha, como a Cielo Controle e a Rede Preço Único. O caso é diferente da situação do plano prepago do celular.

Não dá tampouco para descartá-las como opções. É preciso fazer as contas, considerando-as como se fosse um plano qualquer, como buscamos fazer no nosso Simulador de Máquinas de Cartão. Ele compara diversas opções de maquininhas disponíveis no mercado e apresenta as opções que mais se adequam ao seu negócio pelos valores mais econômicos. Sejam elas planos padrão ou “Controle”!

Finalmente, é preciso dizer que na data deste post, os planos “Controle” que conhecemos são apenas o Cielo Controle e Rede Preço Único. Por isso não podemos deixar de pedir, também, a sua ajuda. Conhece outras opções de plano controle para máquinas de cartão além das oferecidas por Cielo e Rede? Se conhecer, entre em contato conosco! Assim, poderemos ampliar nosso conhecimento sobre o assunto para estarmos sempre atualizados com as informações aqui do blog!

Enfim, desejamos boa sorte na sua escolha de planos de maquininha. Queremos que você que decida pela opção que, de fato, te satisfaça melhor. Seja ela de plano controle, caso você tenha percebido com a leitura do post que eles são vantajosos para você, ou planos convencionais, caso você tenha percebido que elas não são tão interessantes assim. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *