Valuation: Você sabe qual o valor da sua empresa?

Para que saber quando vale a sua empresa?

Quando se tem o valor da empresa no mercado, o planejamento é muito mais assertivo. É poder identificar mais oportunidades para que o negócio tenha um valor agregado cada vez maior. É saber quanto o seu trabalho, as suas ideias e a sua gestão valem! O valor de uma empresa, além das questões meramente de estrutura financeiras, é uma percepção que o mercado tem sobre o negócio. A ferramenta para auxiliar a estimar o valor é cálculo do VALUATION.

Por muitas vezes, o título deste post surge na cabeça de um empreendedor ou investidor. Normalmente, ela surge em três situações:

  • Quando é necessário um aporte de capital;
  • Quando um sócio quer comprar a parte de outro sócio;
  • Quando há a oportunidade de vender o negócio.

Saber o valor da empresa faz com que saibamos identificar as características que a fazem valer mais e a valer menos. Além disso poderemos saber os montantes que podem ser investidos e nos leva a entender muito mais precisamente o crescimento.

O que é o Valuation?

Valuation é uma palavra de origem inglesa que significa, em tradução livre, avaliação de empresas. O Valuation busca entender a posição que a empresa ocupa no mercado e a previsão de retorno de um investimento ou inovação realizados. A avaliação pode ser feita por vários motivos, como falamos.

A avaliação é feita para serem analisados dois pontos principais.

  • O que empresa tem e deve (ativos e passivos) e as expectativas futuras;
  • O valor dos ativos intangíveis (marca, tecnologia, relacionamento com clientes).

Por que o Valuation tem crescido tanto?

Nunca tivermos tantas Fusões e Aquisições (ou M&A – Merge and Aquisition – em inglês) em todos os setores da economia como nos últimos anos. Os conglomerados empresariais têm se tornado cadas vez mais comuns. Isto é um fato! Independentemente dos monopólios ou oligopólios serem ou não interessantes para o capitalismo. A concorrência é um dos mecanismos de desenvolvimento econômico, pois gera pesquisa, inovação e disputa pelos clientes por parte das empresas. E, já falamos de M&A quando falamos de concentração bancária, não deixe de ler!

Para se ter a dimensão do Valuation, veja alguns dados:

  • 3,9 trilhões de dólares foram movimentados em Fusões e Aquisições em 2016
  • 75% dos conflitos societários que podem ser resolvidos com um Valuation
  • 95% de elevação da taxa de sucesso de transações societárias com o Valuation

Para que as empresas se fundam ou que haja uma aquisição é fundamental saber quanto vale cada lado de uma negociação. É, exatamente, aí que o Valuation torna-se indispensável! Quando falamos de M&A não estamos de falando apenas de grandes empresas.

Pelo contrário! Pode ser de um MEI (Microempreendedor Individual), por exemplo. Imagine a seguinte situação: Você pode ter um banca em um shopping popular que faça manutenção de celulares, mais especificamente, troca de telas com touch screen. Muito próximo à sua banca há outra que é focada na manutenção de componentes como placas, memórias e conectores. Vocês percebem que, caso se unam, ambos terão ganhos maiores que se estivessem atuando individualmente. E agora? Como saber quanto cada MEI terá da nova empresa que surgirá da fusão? O Valuation vai responder!

Como fazer um Valuation?

Uma das formas mais confiáveis e modernas de fazer o Valuation de um empresa é trazer a valor presente os resultados de fluxo de caixa futuros. Chamamos este processo de FCD – Fluxo de Caixa Descontado (DCF – Discounted Cash Flow). Há outras formas que são: Múltiplos de Mercado e Valor Patrimonial. O Fluxo de Caixa Descontado, sem explicações muito técnicas (que não é o nosso objetivo!), tem três grandes passos:

  • Estimar o fluxo de caixa (valores recebidos menos os valores gastos) nos próximos meses ou anos;
  • Definir a taxa de desconto, ou seja, o risco da empresa em comparação com outras oportunidades de investimento (investir no mercado financeiro, por exemplo)
  • Trazer estes resultados para o valor presente e somá-los.

Mas, isso parece muito difícil, não é mesmo? Mas, agora, há uma solução muito completa, rápida e muito barata em comparação com o valor que as consultorias e os consultores costumam cobrar para responder esta questão.

O FreeValorize

O FreeValorize é uma plataforma de geração do Valuation de forma bem simples. A geração do valor (o cálculo) em si, é gratuita. O relatório que contempla todos os cálculos, aí, sim, é cobrado, porém, por um preço muito mais baixo que o mercado. Para utilizar a plataforma, é fundamental que você tenha todos os números da sua empresa mesmo que ela seja recém criada ou uma startup. Nestes casos, alguns campos serão zerados, indicando esta situação. Procure as seguintes informações:

  • Quanto valeria, hoje, os imóveis, marcas, patentes e demais intangíveis da sua empresa?
  • Quais os dados básicos de faturamento e lucratividade dos últimos cinco anos?
  • Qual a projeção que você imagina que a sua empresa apresentará de faturamento e lucro nos próximos cinco anos?

Como utilizar o FreeValorize?

O procedimento é bastante simples e leva em torno de 15 a 20 minutos. Veja como fazer:

  1. Clique aqui para acessar o site;
  2. Crie um login e senha;
  3. Inicie a a avaliação;
  4. Inclua o nome da sua empresam, faça o upload da logomarca, localize a atividade exercida e a cotação do dólar do dia;
  5. Caso haja, insira o valor dos imóveis, das máquinas e equipamentos e das marcas, patentes e ativos intangíveis;
  6. Insira o prazo médio de vendas, de compras, de estoques somados à produção, a taxa de juros que você conseguiria em um empréstimo, o total de contas a receber, o total de contas a pagar, o endividamento e o percentual médio de impostos que você paga com base no faturamento;
  7. Insira o histórico de receita e lucro dos últimos cinco anos e o seu Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização). Se não conhecer ou não souber calcular o Ebitda, use o valor que o próprio sistema vai estimar para você clicando em “estimado pelo FreeValorize”;
  8. Insira a sua estimativa de crescimento anual do seu faturamento acima da inflação;
  9. Insira a inflação anual do país
  10. Insira a sua previsão de investimento. Os campos de receita bruta anual e de lucro líquido anual serão preenchidos automaticamente, bem como o Ebtida futuro.  Se não conhecer ou não souber calcular o Ebitda, use o valor que o próprio sistema vai estimar para você clicando em “estimado pelo FreeValorize”;
  11. TUDO FEITO, seu VALUATION está pronto!

Assim, o valor da sua empresa foi feito! Ou seja, você já tem seu Valuation.

O relatório do FreeValorize

Com o seu Valuation pronto, você já sabe qual o valor da sua empresa. Para ter os dados completos (o que é muito importante para poder receber um investimento de um sócio, participar de um fusão ou vender a sua empresa), é necessário que você tenha um relatório que demonstre como os números foram obtidos, bem como as premissas que foram usadas.

Neste momento, é que o FreeValorize cobra um valor muito competitivo para que seja emitido o relatório. Ele contempla todos os dados necessários. Tais como inflação, crescimento do país, a metodologia utilizada (WACC – custo médio ponderado de capital), o histórico e as projeções de faturamento, os impostos, a necessidade de Capital de Giro e de investimentos, histórico e previsão do lucro e do Ebitda, os ativos não operacionais (imóveis), os ativos intangíveis (marcas e patentes) e o fluxo de caixa.

E, por fim, o resultado final da empresa que é a soma do valor presente líquido + valor residual do fluxo de caixa (o quanto sobrará no caixa ao fim de 5 anos) + ativos intangíveis + ativos não operacionais – dívidas. Agora você tem uma outra tarefa: preencher dois campos editáveis: o histórico e mercado de atuação da empresa e o plano de crescimento para os próximos cinco anos. Afinal, é necessário justificar o crescimento que você projetou, não é mesmo?

Ah, e o que é bem interessante é que você poderá emitir o relatório em três idiomas: português, inglês e espanhol. Quem sabe um sócio ou investidor estrangeiro pode ser interessar pela sua empresa? Você terá que adaptar (traduzir) apenas os campos editáveis de histórico e mercado de atuação e o plano de crescimento, como falamos acima.

A análise

Saber quanto vale uma empresa, seja para receber um investidor ou sócio, seja para fundir com outra empresa ou ainda para vendê-la, é sempre uma tarefa difícil, complicada e cara. O FreeValorize é uma plataforma moderna, amigável, prática e completa. Mas, ela é, também, exigente! Mas, isso é fundamental para que o resultado seja fidedigno à realidade! Os dados informados têm de ser absolutamente corretos, verdadeiros e reais. Assim, recomendamos e enxergamos o FreeValorize como uma ótima opção para realizar o Valuation da sua empresa.

.

Nossa intenção ao fazer esta avaliação é apenas ressaltar produtos e serviços que julgamos que valham ser experimentados. Nos casos em que aprovarmos o produto/serviço em foco, nos reservamos o direito de, no futuro, entrarmos em acordo comercial com a empresa avaliada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *