Livro Educando Seu Bolso
Não se afunde em dívidas

Não se afunde em dívidas

Gostaria de compartilhar com vocês um relato de um ouvinte que acho que pode ser útil para os milhões de brasileiros que estão descobrindo o crédito. Este, que é útil e às vezes necessário, pode ser a fonte de muitas dívidas!

O ouvinte escreveu o seguinte: “Comecei com uma dívida relativamente pequena, que correspondia a uma parcela da minha renda mensal. Dividi em partes iguais e achei que em poucos meses estaria com ela quitada e meu problema resolvido. Ledo engano. A dívida se multiplicou e, para quitá-la, tive que comprometer por mais tempo que eu imaginava um valor maior do que planejara. Só depois de ter me livrado desta arapuca financeira, aprendi que, se tivesse pago parcelas ainda maiores, por tempo menor, meus outros sonhos não teriam sido adiados por tanto tempo.”

A impressão que tive do relato dele é que foi didático para ele se enrolar com uma dívida pequena, pois aparentemente ele aprendeu que com dívida não se brinca e que o pagamento de juros significa sacrifício de outros sonhos.

Mas a principal lição é mais óbvia, ainda que esquecida por muitos: crédito não é renda adicional. Crédito mal utilizado é a porta para a ruína financeira.

Assine nosso Podcast no

CastBox - Download no Google Play

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *