O que você está procurando hoje?

C6 Taggy vale a pena?

Já conhece a C6 Taggy? Sabe como ela funciona? Qual a sua aplicação e seus benefícios? No post de hoje vamos te explicar tudo!

Quem viaja de carro e passa por praças de pedágio certamente já reparou naquelas cancelas de pagamento expresso. Geralmente são as que ficam à direita da pista e dispensam o pagamento em dinheiro, poupando tempo e esbanjando praticidade. E quem navega pelo Educando Seu Bolso sabe que pedágio expresso é uma das nossas especialidades.

Já falamos e escrevemos muito sobre esse assunto e procuramos nos manter sempre atualizados. Vamos falar hoje sobre a C6 Taggy, tag nascida da parceria entre o banco C6 e a empresa de pedágio expresso Taggy. A grande vantagem da C6 Taggy é ser totalmente gratuita.

Tag de pedágio expresso grátis

A C6 Taggy é gratuita.

O banco C6 chegou ao mercado com apetite para inovação. Além da C6 Taggy, o banco oferece outros serviços bem interessantes. E, por ser gratuito, pode ser uma alternativa bem interessante para muito serviços. Nesse texto vamos falar bastante sobre a C6 Taggy, suas vantagens e desvantagens e sobre outros serviços do banco C6 e da empresa Taggy. Vale a pena conferir.

 

Pedágio expresso

Desde 2015 acompanhamos de perto o mercado de tags de pedágio expresso. Consideramos este serviço muito interessante e útil. A vantagem mais evidente é economizar tempo de viagem.

Evitar filas nas cancelas de pedágio economiza combustível e reduz poluição, por exemplo. E, em tempos de coronavírus, evitar o manuseio de dinheiro, além de ser prático, evita exposição a contágio.

No nosso primeiro post, testamos o Conect Car, e depois não paramos mais. Comparamos o Conect Car com Sem Parar e a Move, as outras empresas que havia à época. Depois, falamos sobre a Veloe e a própria C6 Taggy. E, finalmente, desenvolvemos nosso Ranking de Pedágio Expresso, que compara as empresas em suas diversas vantagens e desvantagens.

 

A origem da C6 Taggy

Como dissemos, a C6 Taggy é fruto de uma parceria entre a empresa de pedágio expresso Taggy e o banco digital C6. A Taggy é a primeira empresa a comercializar tags por meio sistema conhecido por white label. Isto é, o produto poderá aparecer no mercado em parceria com outras empresas – aliás, isto já está acontecendo, como falaremos adiante.

Antes de analisarmos as vantagens e desvantagens da C6 Taggy, vamos falar um pouco sobre as duas empresas que deram origem ao produto.

 

Banco C6

O banco digital C6 chegou ao mercado em 2019, com a ousada proposta de ser uma plataforma para diversos serviços – financeiros ou não. É semelhante ao que faz o Banco Inter: oferece opções de investimento, cartão de crédito, possibilidade de pagar boletos, fazer transferências etc.

A base dos serviços do banco C6 é sua conta digital. Fizemos uma análise bem completa sobre ela, vale a pena conferir. No texto, você pode conhecer outros serviços oferecidos pelo banco. E se quiser saber qual é a conta digital mais adequada para suas necessidades, confira nosso Comparador de Contas Digitais.

Além disso, o C6 também atende quem quer criar uma conta corrente empresarial contando com uma série de vantagens, 100% digital e com direito a maquininha C6 Pay sem custo mensal!

Recentemente falamos também sobre a máquina de cartão C6 Pay. Vale a pena ler a análise. E, se quiser saber qual é a máquina de cartão mais adequada para seu negócio, não deixe de conferir nosso Simulador de Máquinas de Cartão.

 

Taggy

A Taggy é uma marca de tags de pedágio expresso da empresa Green Pass. Como dissemos, ela é comercializada por meio de white label. Assim, está no mercado associada a diferentes empresas. Uma delas é o banco C6.

Outras parcerias da Taggy são as empresas Zul Digital, eFrete e Eucard, que pertencem a setores diferentes. A Zul Digital é uma empresa de pagamento de estacionamento rotativo. A eFrete oferece serviços para transportadores. E a Eucard é uma empresa de cartões. Todas elas decidiram oferecer a seus clientes também o serviço de pedágio expresso.

O fato de empresas de setores distintos oferecerem o mesmo serviço a seus clientes diz muito sobre uma nova realidade de mercado. Cada vez mais, estão desaparecendo as fronteiras entre os ramos de atividades das empresas.  Empresas que antes atuavam em setores completamente distintos, de repente tornam-se concorrentes. E concorrência pode significar oferta de serviços melhores aos clientes.

Por isso é importante ficar de olho. E, como não é fácil acompanhar tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo, conte com a parceria do Educando Seu Bolso. Estamos atentos às novidades e aos movimentos do mercado.

 

Como funciona a C6 Taggy

Para contratar a C6 Taggy, primeiro é preciso abrir uma conta digital no banco C6. O processo de abertura é bastante simples. Eu abri a minha pelo aplicativo do celular. Após baixar o aplicativo, informei dados pessoais, enviei fotos dos meus documentos, e no dia seguinte a conta estava aberta.

Depois de aberta a conta, basta acessá-la e, já na primeira tela, procurar a opção C6 Taggy. Clicando em “Quero saber mais”, abre-se uma tela de confirmação de endereço e, em seguida, é apresentado o contrato. Após lê-lo, é basta clicar em “Declaro que li e estou de acordo”.

A tag chega pelo correio em até 10 dias. É um adesivo que deve ser colado na parte superior do para-brisa do veículo. As instruções de instalação vêm junto da tag e precisam ser seguidas à risca, para que o dispositivo funcione perfeitamente.

Quando você passa pelo pedágio, a antena da cancela reconhece a C6 Taggy e debita o valor do pedágio diretamente na conta corrente do usuário. Ou seja, para usar a tag é preciso manter algum dinheiro na conta. Caso contrário, a abertura da cancela não será autorizada.

Por enquanto não existe a possibilidade de ter mais de uma tag vinculada à mesma conta. Para cada dispositivo, é necessário abrir uma conta separada.

 

Vantagens e desvantagens da C6 Taggy

A grande vantagem da C6 Taggy é ser totalmente gratuita. E o interessante é que o C6 Bank paga para a Green Pass um valor por cada C6 Taggy vendida, mas não repassa essa cobrança para o usuário.

Como em finanças “não existe almoço grátis”, por que o C6 Bank faz isso? A resposta é simples: para atrair e reter o cliente. Eu, mesmo, talvez não abrisse minha conta no C6, se não fosse pela C6 Taggy. Depois que a pessoa torna-se cliente, fica mais fácil oferecer a ela outros serviços, que é onde o C6 Bank realmente ganha dinheiro.

A principal desvantagem da C6 Taggy é não ser aceita em estacionamentos. Outras tags, como Concectcar, Sem Parar e Veloe, oferecem essa comodidade a seus usuários. Consideramos este serviço bastante importante para uma tag. No nosso Ranking de Pedágio Expresso, isto conta pontos para a empresa. Então, neste aspecto, a C6 Taggy ainda está devendo.

Ranking melhores empresas de pedágio expresso segundo Educando seu Bolso

Posição Empresa Nota Interessado?
1 C6 Tag
C6 Tag

3.96

2 ConectCar
ConectCar

3.61

3 Veloe
Veloe

3.52

4 Sem Parar
Sem Parar

3.50

5 Move Mais
Move Mais

3.35

6 Zul +
Zul +

3.13

Atualizado em 18/06/2021

Mas, para amenizar esta deficiência, a conta digital do C6 oferece o serviço de pagamento de estacionamentos. Basta inserir no aplicativo os dados do ticket do estacionamento – digitando, lendo QR Code ou aproximando o smartphone, dependendo da tecnologia usada pelo estacionamento. O valor é debitado imediatamente na conta e a cancela do estacionamento reconhecerá o pagamento e liberará a saída.

Por enquanto, esta comodidade é oferecida por apenas 41 estacionamentos de shopping centers no Brasil inteiro. A maior parte deles, em São Paulo – 21 ao todo, sendo 12 na capital. Estes dados foram colhidos em 26 de abril de 2020. A C6 Taggy afirma que está empenhada em aumentar o número de estacionamentos conveniados.

 

Em resumo

Vantagens:

-Totalmente gratuita

-Opção, ainda em estágio inicial, de pagar estacionamentos por meio do aplicativo

Desvantagem:

-Não oferece a opção de passar diretamente pelas cancelas de estacionamentos.

 

Reclame Aqui

Não basta que um serviço seja bem desenhado, ele precisa funcionar bem. Uma forma de avaliar isso é por meio dos sites de reclamações, como o Reclame Aqui. Neste site não há uma sessão específica para a C6 Taggy, mas sim para o C6 Bank como um todo. O banco recebe nota 8,2, considerada ótima.

Em abril de 2020, o banco tinha 3063 reclamações, tendo respondido a 3060 delas, com prazo de resposta de 7 dias. Fizemos uma pesquisa pelo Google e localizamos 28 reclamações específicas para a C6 Taggy.

12 usuários reclamaram de cobrança indevida – em valor incorreto ou cobrança sem uso. 10 reclamavam de mau funcionamento, 5 por não receberem a tag ou não conseguirem ativá-la. E uma, bastante curiosa, reclamava de cobrança durante viagem de ônibus, em que a tag estava dentro de uma mochila.

Destas 28 reclamações, 11 foram consideradas resolvidas, 13 apenas respondidas, 2 estavam em réplica e 2 reclamantes afirmaram que não voltariam a fazer negócio com a empresa.

 

Conclusão

A C6 Taggy parece ser produto com custo/benefício interessante, especialmente para quem pretende utilizar apenas em pedágios. O custo é o melhor possível: zero. Quanto ao benefício, alguns usuários relataram problemas no funcionamento e na cobrança, com alguma demora na resposta e na resolução.

Vamos continuar analisando este e outros serviços e marcas que interessem ao nosso público. Se você é cliente da C6 Taggy, ou de qualquer outra empresa de pedágio expresso, conte-nos sua experiência. Certamente vai ajudar a outros leitores. E continue contando sempre conosco!

67 comentários

    • Clara Sardenberg

      Bom dia Renildo!
      O valor dos pedágios e estacionamentos pelos quais você passar será debitado do saldo da sua conta no C6. Sendo assim, é sim necessário abrir uma conta lá para ter uma Taggy C6.
      Clara, equipe Educando Seu Bolso.

      Responder
  • Tenho essa TAG a muito tempo e estou satisfeito mas quero saber se e possível ter mais tags pois tenho mais carros e não vejo essa opção no app

    Responder
    • Ewerton Veloso

      Emerson, obrigado pela sua mensagem! Boa pergunta.

      O site do C6, na sessão “Tire suas dúvidas”, diz que hoje só é possível ter uma tag por conta.

      Mas (não sei se estou sendo esperançoso demais) essa sessão ainda se refere ao produto antigo, Taggy, e não à nova C6 Tag. Esperamos que o novo produto permita essa funcionalidade, que é bastante importante e, a meu ver, fácil de ser implementada.

      Abraço!

      Responder
  • Boa noite!
    Eu tenho o conect car , mas me interessa esse da c6 por não cobrar mensalidade. Eu uso só em pedágios mas viajo a trabalho por vários estados, minha dúvida o c 6 é aceito em todos os pedágios do Brasil?

    Responder
    • Ewerton Veloso

      Olá, Paulo, obrigado pela sua mensagem!

      A C6 nos informou que é aceita em todos os pedágios do Brasil. No início eram só os pedágios de rodovias federais, mas aos poucos eles foram aumentando a rede conveniada, e hoje são aceitos em todos os pedágios. Abç!

      Responder
  • olá ewerton,

    adorei sua postagem, tirou todas minhas duvidas com clareza.

    hoje mesmo irei abrir minha conta de solicitar a C6 Taggy

    Responder
    • Ewerton Veloso

      Alisson, obrigado pela sua mensagem!

      Que bom que você gostou do texto e que ele foi útil para você tomar sua decisão. Nosso objetivo é esse, informar e ajudar o leitor a tomar decisões mais acertadas. Abraço!

      Responder
  • Se um app de transporte privado urbano bem conhecido
    de todos, demorasse pra atualizar o endereço no seu banco de dados seria bem ruím. É “possível” porém, não é o que acontece.

    Responder
  • Por que dessa burocracia? Não seria mais prático se o app tivesse opção de cadastrar seus veículos e quando fosse sair com algum deles, apenas confirmar qual vai usar?

    Responder
    • Ewerton Veloso

      Roberto, obrigado pela sua mensagem!

      Pelo que entendi da sua pergunta, sua ideia é que a pessoa pudesse ter uma só tag para usar em mais de um carro.

      Se for isso, sim, seria bem melhor. Mas as operadoras alegam dois problemas operacionais. Um deles é em relação a retirar o adesivo de um carro e passar para o outro, e danificar o chip. O outro é em relação a uma possível demora na atualização da base de dados. Isto é, você “confirmar no app” qual placa vai usar, mas a base de dados demorar a processar a mudança.

      Foi por isso, aliás, que no teste que eu fiz recentemente, deixei para ativar a tag apenas meia hora antes de usar o pedágio. E, no meu caso, funcionou, a base foi atualizada na hora.

      Abç!

      Responder
      • Quanto a demora na atualização dos não acredito ser problema.
        Em relação a taggy, duas tiras finas adesivas imantadas coladas no parabrisas e outras na taggy seriam suficientes ou duas pequenas ventosas. Sucesso!!!

        Responder
        • Ewerton Veloso

          Roberto, concordo com você. Estou só reportando os argumentos que ouvi (mais de uma vez, de diferentes operadoras) quando questionei sobre isso.

          Abç!

          Responder
          • Eu gosto de estimular um debate saudável. Imagine você usar um app de compras online, e na hora de usar um de seus endereços de entrega que está previamente cadastrado no banco de dados, que são milhões de usuários e simplesmente, “demorasse pra atualizar” o endereço.
            O meu questionamento é pela respostas dadas à você.
            Sucesso e parabéns pelo blog.

            Responder
              • Ewerton Veloso

                Muangole, obrigado pela sua mensagem, bem vindo ao debate!

                Pois é… No seu exemplo, eu até considero a informação mais simples, e ela vai alimentar um sistema já desenhado com a capacidade de processar novos dados imediatamente (o GPS). Mas, mesmo assim, parece estranho esse argumento da demora na atualização.

            • Ewerton Veloso

              Que ótima discussão!

              De fato, parece um pouco estranho, né? Parece ser simplesmente atualizar uma informação simples numa base de dados. Mas alguns serviços pedem esse prazo.

              Me lembro de quando contratei o Conect Car, em 2015. Foi num posto de estrada, algumas horas antes de usar o serviço. Me disseram que poderia demorar até 6 horas para entrar em funcionamento. E, de fato, tentei usar 2 horas depois de contratar e não consegui.

              Quando se contrata um serviço extra de TV por assinatura (Premiére, HBO etc.), a ativação pode demorar um pouco, também.

              Quando se faz uma transferência bancária via TED, as instituições geralmente avisam que pode demorar de 20 a 60 minutos. Já um Pix é efetivado em segundos.

              Enfim, o que é, de fato, limite operacional e de segurança? E o que é simples acomodação por parte dos prestadores?

              Responder
              • Obrigado pela recepção Ewerton!
                Exatamente! Quando se contrata um novo pacote de serviços acho natural certa demora, afinal novas informações foram inseridas. Agora, informações de veículos cadastrados previamente no banco de dados do app, teoricamente seria rápido, à não quando cadastrasse um novo veículos, seriam novos dado à processar.
                Abçs

              • Ewerton Veloso

                É isso aí, meu amigo. Vamos ver se, com o aumento da concorrência, esse discurso desaparece e as empresas passam a se propor serviços mais ágeis. Abç!

            • Ewerton Veloso

              Não se expressou mal de forma alguma, entendi seu questionamento. Mas, de toda forma, agradeço pelo cuidado em esclarecer.

              Te agradeço por trazer o debate. Abraço!

              Responder
        • Ewerton Veloso

          Concordo.

          Eu, que não sou especialista nesse tipo de tecnologia da informação, tenho a impressão de que se trata de um tipo diferente de processamento. Mas, mesmo assim, não sei se justifica.

          Responder
    • Ewerton Veloso

      Luciana, obrigado pela sua mensagem!

      Não entendi bem. Você foi passar pela cancela do pedágio e ela não se abriu? E como você fez para passar?

      Isso já aconteceu algumas vezes com meu Conect Car. Sempre vinha um funcionário da concessionária, lia minha placa, comunicava a alguém via rádio, e abria a cancela manualmente. Depois a cobrança chegava normalmente na minha conta.

      Esse é um dos motivos pelos quais é fundamental que a placa cadastrada na tag seja a mesma do veículo. Ou seja, motivo para a pessoa não transferir a tag de um veículo para outro sem alterar o cadastro.

      Abç!

      Responder
  • Eu tenho a C6 Taggy, para mim, é uma maravilha, passar em pedágio sem filas é outra coisa. Tenho também a conta digital e o cartão, muito satisfeito.

    Responder
    • Ewerton Veloso

      Cláudio, obrigado pela sua mensagem!

      E obrigado por trazer mais um relato sobre uma das empresas. Todos eles, sejam positivos, negativos ou neutros, são muito bem vindos e ajudam aos outros leitores. E que bom que você está satisfeito com seu fornecedor.

      Abraço!

      Responder
    • Ewerton Veloso

      Fernando, obrigado pela sua mensagem!

      O atendimento do C6 me afirmou que a C6 Taggy vale para todas as rodovias do Brasil. Aliás, todas as empresas afirmam isso, mesmo depois de nós questionarmos firmemente, “Mas vale para TODAS, as rodovias, mesmo as estaduais?”. Sim, elas dizem.

      No início não era assim. As empresas foram, aos poucos, aumentando sua cobertura, visando serem aceitas em todos os pedágios. Para as rodovias federais eu acredito que todas já sejam aceitas. Para as estaduais eu não tenho tanta certeza assim, embora seja possível.

      Nós não temos como conferir essa informação, empresa por empresa, pois elas apresentam a rede de cobertura em forma de mapa, dificultando a comparação.

      Recomendamos que as pessoas verifiquem no site das empresas pelo menos se as rodovias que mais utilizam já são atendidas.

      Abç!

      Responder
    • Ewerton Veloso

      Olá, Carlos, obrigado pela sua mensagem.

      Boa pergunta. Pesquisei junto às empresas, e elas afirmaram que os sensores das cancelas conseguem captar a quantidade de eixos que o veículo possui, fazer a cobrança no valor correto e repassá-lo para as empresas de tag.

      Abraço!

      Responder
  • No final de 2019 peguei o C6 Taggy meio que na desconfiança por ser gratuito…
    Mas, é ótimo, todos os pedágios que passei não deram problemas! Ainda o primeiro que passei eles pagaram (uma promoção na época).
    No resumo, é excelente!

    Responder
    • Ewerton Veloso

      Felippe, obrigado pela sua mensagem!

      Que bom termos mais um feedback sobre as operadoras de pedágio expresso. E que bom que você está satisfeito com a C6. De fato, tem muitas vantagens: custo zero e aceitação em todos os pedágios (ou em quase todos, caminhando para ser em todos). A desvantagens é que não oferece outros serviços, como aceitação em estacionamentos.

      Em breve publicaremos a atualização do nosso ranking de pedágio expresso, fique de olho!

      Abç.

      Responder
    • Ewerton Veloso

      Henrique, obrigado pela sua mensagem!

      As tags precisam estar vinculadas a um veículo específico. Então, teoricamente, você pode cadastrá-la em um carro alugado. Especialmente se for um aluguel de longo prazo, ou uma assinatura de veículo (se não conhece essa modalidade de aluguel, recomendo que visite nosso conteúdo: https://educandoseubolso.blog.br/?s=%22carro+por+assinatura%22). Se for um aluguel de curto prazo, pode tornar-se algo pouco prático.

      Algumas locadoras oferecem veículos já equipados com tag. Facilita bastante.

      Abç!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *