Como investir meu dinheiro para render mais que a Poupança?

Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Apple Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Spotify
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Google Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Castbox

No mês de janeiro de 2016 a Caderneta de Poupança completou 115 anos de existência, sendo a aplicação mais popular do país desde que foi criada. Entretanto, a Poupança vem rendendo menos a cada ano. Prova disso é que em 2015 houve a maior fuga de recursos da história da Caderneta de Poupança, totalizando R$50 bilhões de reais de saques. Mas você sabe por que houve essa retirada de capital tão grande da Poupança? Nós aqui do blog iremos te explicar o que motivou essa fuga e como investir seu dinheiro para substituí-la.  

 

Porque houve essa fuga da Poupança

O saque de R$50 bilhões da Poupança foi reflexo de dois fatores principais: o aumento da inflação no ano de 2015 e a percepção, por parte de algumas pessoas, que a rentabilidade naquele período estava muito baixa. Esses problemas podem ser percebidos ao comparar o rendimento da Poupança do ano de 2015, próximo de 8%, com a inflação do mesmo ano, em torno de 10%. Essa diferença significa que o poupador perdeu poder de compra. Ou seja, não foi capaz de comprar a mesma quantidade de comida em 2016 que comprava em 2015. Por esses fatores muitas pessoas que aplicavam dinheiro na Poupança decidiram sacar toda a quantia de uma vez em 2015.

 

Apesar de 2015 ter sido um ano extraordinário, visto que foi a maior retirada de dinheiro da história da Poupança, essa aplicação continua não sendo muito vantajosa nos dias atuais. Por isso, nós aqui do blog acreditamos que você deve variar seus investimentos e fazer outras aplicações mais interessantes que a Poupança. Para isso nós iremos apresentar as melhores dicas de como investir seu dinheiro com segurança e rendimento melhor que a Poupança. 

 

Existe alguma forma de aplicar na Poupança que seja interessante?

Apesar de todos os problemas que esse investimento tem, ele ainda possui um atrativo de isenção de impostos. Sendo assim, caso você tenha renda que deseja gastar em aproximadamente um mês, pode ser interessante que esse dinheiro esteja na Poupança. Inclusive, não é raro que algumas pessoas substituam a conta corrente pela conta Poupança, como se fosse uma conta remunerada.

 

Dessa forma, esse tipo de investimento ainda pode ser útil em certas situações. Entretanto, ainda assim existem outros investimentos que podem ter essas mesmas funções e ainda remuneram melhor que a Poupança. Por exemplo, um fundo de investimento com baixa taxa de administração ou um CDB com resgate mensal podem render mais que a Poupança e ainda podem ser úteis como investimentos de curto prazo.

 

Como investir de forma tão segura quanto a Poupança?

Algumas pessoas podem ter receio de aplicar em outro investimento por medo de perder dinheiro. Justificando assim o investimento na Poupança, acreditando que apesar de a remuneração ser baixa, é um investimento seguro. No entanto, não há diferença de risco entre aplicar na Poupança ou em um CDB/ fundo de investimento conservador. Assim, ao investir em outras aplicações mais rentáveis você pode possuir lucros maiores. Apesar de que nos últimos anos a Poupança teve um rendimento acima da inflação, sua rentabilidade foi mínima, tendo rendimento real (além da inflação) menor que 1% em 2018.

 

Por esses motivos, nós, do Educando seu Bolso, recomendamos que você busque outras aplicações para investir. Existem vários investimentos com rendimentos superiores à Poupança, inclusive aqui no blog temos um comparador de investimentos em que você pode ver como investir seu dinheiro da melhor forma possível e com segurança.

 

Mas tome cuidado, selecione bem o tipo de aplicação e preste atenção quanto ao prazo. Você pode conseguir altos lucros com investimentos de médio e longo prazo. Porém, para não se complicar, é importante que haja um planejamento financeiro da sua parte. Separe o dinheiro que pode ser investido para aplicações mais longevas daquele que será necessário durante o mês. Assim, você poderá ter lucros muito interessantes com investimentos de tempo mais espaçado. É possível que em alguns casos renda o dobro em relação a Poupança.

 

Ainda vale ressaltar que a maioria dos investimentos de renda fixa são protegidos pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito), um fundo que honra com os compromissos do banco, para investimentos de até R$250 mil, caso ocorra algum problema. Esse fundo cobre investimentos como CDB, LCI e LCA, por exemplo.

como investir, investimentos, Poupança, Tesouro Direto, FGC, CDB, LCI

 

Existe algum tipo investimento que possa “substituir” a Poupança em termos de praticidade?

Assim como a Poupança, os fundos de investimento permitem que você saque o dinheiro quando for de seu interesse. Entretanto, é verdade que a Poupança é uma aplicação mais prática para retirar o dinheiro.

 

Ainda existe a opção da Poupança Corrente, utilizada por muitos bancos como um substituto da conta corrente. Esse sistema é um pouco parecido com fundos de investimento, como se fosse uma conexão entre Poupança e a conta corrente. Não é realmente um substituto da Poupança, mas pelo menos é possível evitar dinheiro parado na conta corrente.

 

É importante lembrar que existem vários tipos de investimento que podem ser melhores para você. No entanto, cada pessoa possui um perfil diferente com objetivos diferentes. Ou seja, cada um tem um tipo de investimento que mais adequado a sua realidade financeira.

 

Se você quiser saber mais, pesquise um pouco sobre os investimentos! Tome 30 minutos de sua vida e dedique a si mesmo. Você vai ver que vale a pena. Aqui no blog temos vários posts sobre investimentos que podem ser úteis para você. Temos ainda um simulador de investimentos, e se ficou alguma dúvida, teremos o prazer de te ajudar, basta perguntar nos comentários.

 

Qual o principal função da Poupança para o Estado?

Nosso interesse acima de tudo é com você, nosso leitor. Mas, caso esteja curioso para entender o impacto da Poupança para o governo, nós vamos te explicar. Caso amanhã, por algum motivo, todas as pessoas com dinheiro na Poupança retirem suas reservas, o Estado terá um grande problema para resolver junto aos bancos. Isso porque os recursos da Poupança estão, em grande parte, direcionadas a financiamento do crédito imobiliário. Ou seja, haverá um grande rombo nos orçamentos bancários, sendo um problema grave para as partes envolvidas.

 

O que fazer agora

Não é de hoje que nós do Educando seu Bolso tentamos avisar às pessoas como investir de formas mais vantajosos que a Poupança. Existem várias aplicações parecidas que possuem maior rentabilidade e são tão seguros quanto ela. Inclusive, aqui no nosso simulador de investimentos temos as principais formas seguras de aplicar o dinheiro.

 

Mesmo que você esteja pensando na Poupança como planejamento para a velhice , é melhor aplicar o dinheiro de outras formas. Isso porque quanto mais tempo o dinheiro fica na Poupança, menor é o rendimento acumulado. Ainda existem outros mecanismos de como investir aposentadoria, como títulos de longo prazo do Tesouro Direto ou até um PGBL/VGBL para quem declara o Imposto de Renda de maneira completa. Se você estiver pensando na aposentadoria complementar, utilize nosso simulador de aposentadoria e procure no blog textos que tratam sobre a previdência privada.  

 

Enfim, se você ainda tem dinheiro na Poupança, nós indicamos que você busque outras formas de como investir que podem te render melhor com a mesma segurança. Mas lembre-se de se planejar e estudar um pouco sobre investimentos , você pode ler alguns posts aqui no blog que tratam do assunto, temos certeza que irão te ajudar. Se você ainda tiver alguma dúvida sobre essa área de investimento, deixe seu comentário e nós te responderemos com prazer.

4 comentários

  • Olá campeão. Tudo bem?
    Espero que sim. Primeiro parabenizo por seu blog. Muito obrigado por nos ajudar.
    Tire uma dúvida por favor. Estou querendo trabalhar com a PagSeguro.
    Quando eu fizer uma venda a prazo por exemplo:
    1000 em 10x
    Recebo em 10x, ou eles me passam o valor completo em 30dias?

    Att: Grato por sua atenção.

    Responder
  • Olá Frederico! Primeiramente gostaria de lhe parabenizar pelo seu blog, de grande utilidade para nós, leigos no assunto de finanças. Em relação a esse programa, tenho a seguinte dúvida. Se deixar um valor em CDB para curto prazo – até 12 meses – na retirada, descontados os encargos, ainda assim renderá mais que a poupança? Falando em um valor em torno de R$ 100 mil, qual a taxa de administração máxima que deve ser efetuada para realmente valer a pena? Além do CDB, qual outro investimento poderia ser aplicado para resgate em curto prazo?
    Grato pela atenção
    Ariel

    Responder
    • Frederico Torres

      Ô Ariel, muita gentileza sua. Obrigado.

      Olha, gostamos tanto da sua dúvida que dedicaremos a ela, juntamente com outra sobre investimentos que nos chegou, o post desta 6a. feira, ok?! Fique de olho para ver a resposta.

      =)

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *