Programa Caleidoscópio: Previdência

Tivemos o prazer de participar mais uma vez do programa Caleidoscópio, da TV Horizontes. Desta vez, falando sobre um tema que tem causado apreensão e dúvidas: aposentadoria e previdência.

O que pode mudar com a reforma da previdência que está sendo discutida no Congresso? Mas não basta falar sobre ESTA reforma, já que outras podem vir pela frente. Então cabe pensar no que deve mudar na aposentadoria e na previdência nos próximos anos e décadas.

Fomos recebidos com a simpatia de sempre pela equipe da Horizontes, a começar pelo apresentador Anderson Rocha. Estavam presentes também: Adriana Ramalho Gonçalves, advogada especialista em direito previdenciário; Raquel Andrade, jovem que já prepara sua aposentadoria por conta própria; Rafael Alves, analista de investimentos; e a banda de rock James Baby, de São João Del Rey.

.

Bloco 1: Apresentação da turma.

Adriana explica algumas regras atuais da aposentadoria, e o que muda. Eu falo sobre o assunto sob a ótica da economia. Raquel fala o que espera do futuro e como planeja sua aposentadoria.

.

Bloco 2: Críticas à reforma da previdência

Adriana faz críticas à forma como a reforma da previdência tem sido conduzida pelo Governo. Eu falo sobre problemas no modelo atual e uma possibilidade de modelo futuro.

.

Bloco 3: Anderson levanta uma bola interessante.

Eu e Rafael falamos mais sobre o modelo atual e um modelo futuro. Adriana faz um contraponto. Raquel fala de sua impressão e suas atitudes. Fechamos falando em Tesouro Direto.

.

Bloco 4: Nossa calculadora.

Eu uso nossa Calculadora da Aposentadoria para fazer uma estimativa de quanto é necessário poupar mensalmente para ter um complemento de R$ 1500 na aposentadoria. Raquel fala de sua experiência com o Tesouro Direto.

 

Concluindo

Esta foi nossa conversa com a equipe e os convidados da TV Horizonte. Mas é bom lembrar que a proposta de reforma vem aos poucos sofrendo alterações, dentro das negociações do governo pela sua aprovação. Por isso é importante ficar atento ao noticiário e aos portais oficiais da Previdência, para saber a quantas anda esta história.

previdência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *