Livro Educando Seu Bolso
Black Friday de Banqueiro… Isso existe, Arnaldo?

Black Friday de Banqueiro… Isso existe, Arnaldo?

Neste episódio do Podcast, falamos novamente da Black Friday, mas dessa vez sobre a Black Friday de Banqueiro. No último episódio foi o Ewerton Veloso quem falou sobre a Black Friday dicas e alertas, em um programa mais longo, acompanhado de outros dois convidados, um advogado e um representante dos lojistas. Hoje o foco foi diferente. Primeiro, porque fui eu e não ele. Segundo, porque o Podcast é mais curto, tem a nossa duração tradicional de 20 minutos. E por fim, porque praticamente só tratamos de oportunidades no mercado financeiro. Falamos da avalanche de ofertas de bancos, corretoras, gestoras de investimentos e administradoras de maquininhas de cartões de crédito.

Mas então, que ofertas são estas?

Falamos de:

  1. Cartão sem anuidade;
  2. Maquininha mais barata e com isenção de taxa de descontos durante algum tempo;
  3. Conta corrente sem tarifas durante algum tempo;
  4. Investimento rendendo mais um pouquinho;
  5. Plano de previdência com volume mínimo de aplicação menor, permitindo que você, que não tem tanto dinheiro, possa acessar condições um pouco melhores.

Mas será que isto tudo vale a pena? Resumidamente, tem vantagens reais sim. Tanto é assim que alguns pão-duros aqui do Educando Seu Bolso não se contiveram e pegaram carona em algumas destas ofertas.

Como estas ofertas se comparam com outros produtos que existem no mercado?

Infelizmente, nem todas são campeoníssimas. Há aquelas que ainda assim perdem pros concorrentes, que não ofereceram algum tipo de promoção nesta Black Friday de Banqueiro.

Que cuidados devo ter, mesmo pra contratar os que valem a pena?

O primeiro e mais básico, mas que continua pegando muita gente, é se conter, refletir bem e evitar a decisão impulsiva. É que ela pode ser ainda mais perigosa nas contratações de produtos e serviços financeiros, do que na compra de um tênis ou celular. Tem muita coisa que podemos fazer errado:

  1. Não avaliar bem para quem você vai entregar seu dinheiro;
  2. Não conheça seu perfil de risco de investidor,
  3. Não defina em quanto tempo vai precisar resgatar seu investimento; e por ai vai…

Apesar de já termos publicado outro podcast com tema parecido, as abordagens são bem diferentes.

Acho que vale bem seus 20min.

Abraço e até a próxima.

 

Assine nosso Podcast no

CastBox - Download no Google Play

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *