Contratar telecomunicações para residência: um show de horrores – Parte IV

Contratar telecomunicações para residência: um show de horrores – Parte IV

Retrospectiva…

Continuando a série sobre contratação de telecomunicações para residência, chegamos ao último da série: a hora de falar de instalação e manutenção. Prepare-se…

Partes anteriores

Se você não leu os anteriores e tem interesse, seguem as URL

Parte I (comparar as ofertas)

Parte II (quem me atende)

Parte III (quem presta o melhor serviço)

Parte IV

Se você acha que porque conseguiu vencer o calvário até aqui que seus problemas acabaram, ledo engano. A instalação e eventuais manutenções posteriores são potenciais geradores de dor de cabeça, a começar pelo agendamento.

Agendamento de horário

A faixa de horários é restrita, exige longos períodos de espera e nem sempre são cumpridos. Só para exemplificar, quando fechei meu pacote inicialmente a operadora propôs a instalação para a quarta-feira cedo (3 dias depois) e eu propus a instalação no sábado entre 8h e 13h. Propus este horário à operadora já que não tenho disponibilidade nas manhãs ou tardes entre segunda-feira e sexta-feira. Não tenho disponibilidade mesmo durante a semana, tanto que fiz a contratação num domingo, porque tinha mais tempo para avaliar.  E isso não é uma exclusividade minha, certo? 

Surpresa!

Tudo acertado. Recebi até e-mail de confirmação. Entretanto, no dia seguinte fui surpreendido com um telefonema por volta de 14h informando que o técnico estava na minha porta. E o dia seguinte foi uma segunda-feira… Já falei sobre minha disponibilidade nos dias úteis acima e, até onde sei, segunda-feira é um dia útil… Expliquei que não poderia recebê-lo naquele horário, ocasião em que fui informado que não havia disponibilidade para instalação no sábado. Tive que praticamente brigar com vários atendentes, durante praticamente toda a semana, para que o técnico comparecesse no sábado por volta das 10h.

A instalação

O técnico da operadora chegou, avaliou a instalação e informou previsão de 50 minutos para concluir. Esqueceu de multiplicar o tempo por 3 e mais um pouco: sim, ele saiu quase às 13h. Não sei se em tom de brincadeira ou não, mas, ao sair informou que teria que correr para atender outro cliente. O outro cliente também estava agendado pela operadora para a mesma manhã (!) de sábado. Coitado de quem acordou para recebê-lo às 8h e ficou sem almoçar…

O técnico deixou um pequeno rastro de sujeira e destruição, inclusive com equipamentos fixados nas paredes, outros travados. Isto vai gerar uma série de transtornos no dia-a-dia da casa. Além disso, uma série de recomendações. Enfim, cheguei à conclusão que quem manda na minha casa, e onde as coisas devem ficar, é a operadora, e não nós. Enfim…

Manutenção

Vencida a instalação, por enquanto está tudo bem: não tive problemas de manutenção, ainda. E, assim espero continuar por um longo tempo, mas será inevitável que um dia isto aconteça. Nada é perene, nada funciona para sempre, ainda mais nesta nossa sociedade de “bens duráveis descartáveis”. Falarei, portanto, baseado na experiência na casa de meus pais, clientes de outra operadora.

Aliás, confesso que o serviço prestado aos meus pais foi critério suficiente para eliminar a possibilidade de contratar a operadora que presta serviço a eles. São longas ligações para as chatas árvores de decisão das URA. Elas que partem do pressuposto que você é não é inteligente. Tentam dificultar que você consiga resolver o problema, os atendentes são despreparados, provavelmente mal remunerados e sem poder de decisão… Tudo para resolver problemas de faturamento, interrupções, problemas intermitentes, descumprimentos contratuais, até o ponto que se recorre à Anatel. Você pode acessá-los pelo telefone (1331) ou pelo site. Abuse e use! Às vezes, temos que nos apoiar em tudo, como ao PROCON, ao seu representante político, ao Papa ou diretamente a Deus.

Ah, anote os protocolos com o máximo de informações possíveis. Eu costumo anotar o número do protocolo, a data, o horário e o nome do atendente, bem como o que ficou combinado e, por fim, o tempo total de duração da ligação. E guardo isso a 7 chaves, pois costumam ter utilidade futura.

Desabafo concluído. Aguardo os comentários e até a próxima.

Autor

Daniel Meinberg
Certificado Anbima CPA-20, autor do livro “O Melhor Investimento pra Você – Princípios de Educação Financeira”, editora AR, 2015, que trata de forma clara para o leigo sobre diversos produtos focados em investimentos. Ministrou palestras sobre educação financeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *