Como escolher as melhores máquinas de cartão para seu negócio?

Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Apple Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Spotify
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Google Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Castbox

Hoje, no programa Em Boa Companhia, falamos mais uma vez sobre máquinas de cartão. Respondemos à dúvida da ouvinte Larissa. Ela leu um post no blog, ficou em dúvida sobre três máquinas e pediu mais esclarecimentos. São elas: Pag Seguro, Payleven e Izettle.

Foi uma dúvida muito bem vinda. A cada dia, mais comerciantes e profissionais liberais têm oferecido aos clientes a opção de pagar usando cartões. Tanto é que o chamado ticket médio, isto é, o valor médio das despesas pagas com cartões, tem sido cada vez menor. Isto é, as pessoas têm optado pelo cartão na hora de pagar também aquelas despesas menores.

Vantagens das máquinas de cartão

Oferecer a opção de pagar com cartão traz muitas vantagens ao comerciante. A primeira é atender melhor aos clientes e ampliar sua possibilidade de realizar vendas. Outra vantagem é diminuir a inadimplência. Vendas por meio de cartão tem garantia de recebimento, ao contrário, por exemplo, da venda por meio de cheques. Falando nisso, outra vantagem dos cartões é evitar a guarda, manuseio e gerenciamento de cheques.

É importante que os comerciantes e profissionais escolham bem a empresa que vai fornecer a máquina de cartão. Há muitas opções no mercado, com diferenças importantes entre elas, principalmente nas taxas e tarifas cobradas.

Máquinas de cartão

A dúvida da leitora

Fizemos um comparativo sobre as opções de que a Larissa perguntou. Ela não deu detalhes sobre o perfil do seu faturamento. Isto é, quanto ela venderia pela função débito ou pela função crédito, se oferece opção de parcelamento etc. Assim, fizemos uma estimativa e simulamos quanto ela pagaria pelo uso de cada uma das máquinas de cartão. Estimamos que ela pretenda vender R$ 6000 por mês, sendo R$ 2000 no débito, R$ 1500 no crédito à vista e R$ 2500 no crédito parcelado em 3 vezes.

Na simulação que fizemos, a opção mais barata para a Larissa é o Pag Seguro. Com um faturamento no perfil que simulamos, seu custo mensal seria de aproximadamente R$250.

Mas, repetimos: este é o valor pago a partir do faturamento com o perfil que simulamos. É muito importante que o interessado em adquirir máquinas de cartão faça os cálculos a partir do seu perfil de vendas. Diferenças aparentemente pequenas nos perfis podem gerar diferenças importantes no valor pago.

Custo da máquina de cartão

Por exemplo, o custo da própria máquina pode variar, caso a pessoa opte por oferecer pagamento apenas no débito, ou caso prefira oferecer também a função crédito.

Como assim, “custo da máquina”? É que algumas empresas, como as três citadas pela Larissa, vendem as máquinas de cartão. Em muitos casos, essa venda é parcelada em 12 vezes. Então, no primeiro ano, o comerciante tem o custo mensal da compra da máquina. Mas, a partir do segundo ano, a máquina já pertence a ele e, assim, o custo cai bastante.

Esta, aliás, é uma diferença entre as empresas tradicionais de máquinas de cartão e as novas empresas que estão surgindo. As empresas tradicionais costumam alugar a máquina. Algumas das novas empresas preferem vender a máquina, o que faz com que o custo mensal caia a partir do segundo ano – e, assim, conseguem fidelizar seu cliente.

Perfil do cliente

Sendo assim, a Larissa – e todo interessado em ter máquinas de cartão – precisa avaliar o que compensa mais. Se seus clientes geralmente preferem pagar na função débito, ela pode optar por uma máquina mais barata. Caso ela ache que vai perder muitas vendas se não oferecer a opção crédito, ela poderá optar por uma máquina mais completa – e mais cara.

Para empresas que oferecem serviços mais caros, oferecer a opção crédito, principalmente parcelado, pode ser fundamental. Para quem fornece serviços mais baratos, pode ser que a opção débito atenda bem aos clientes. E, em todas as modalidades, é importante observar bem as taxas cobradas.

Modalidades de venda

No crédito parcelado, por exemplo, as taxas variam de 3,39% na Payleven, passando por 3,99% no Pag Seguro, podendo chegar a 4,99% na Izettle. Percebe a diferença? Uma mudança aparentemente simples na modalidade de venda pode significar uma diferença grande no faturamento. Por isso é preciso pesar bem todos os fatores: o perfil dos clientes e o custo para atender a cada perfil.

Outra diferença entre as diferentes empresas fornecedoras de máquinas de cartão é na forma como o comerciante recebe o dinheiro das vendas. Algumas, como a Payleven, depositam diretamente na conta corrente informada pelo comerciante. Outras, como a Pag Seguro, depositam em uma conta oferecida por ela própria, parecida com uma conta corrente. Daí, o comerciante transfere para a sua conta, ou pode usar os recursos por meio de um cartão da própria Pag Seguro.

Outros fatores

É preciso ficar atento também a quais bandeiras as máquinas de cartão aceitam. Isto é, se todas elas aceitam as mais tradicionais – Visa e Mastercard – e se aceitam também outras, como Elo e Hipercard, Cabal e outras. Nos exemplos citados pela Larissa, as três máquinas aceitam Mastercard e Visa, mas nem todas aceitam as outras bandeiras.

Outro detalhe que pode parecer bobo, mas que para muitos clientes faz diferença: se a máquina permite imprimir o recibo da venda em papel, ou se só oferece a opção de enviar o recibo por e-mail ou SMS. Há muita gente que gosta do recibo em papel.

E há outros fatores importantes, que o comerciante não consegue saber antes de contratar a máquina, a não ser pesquisando a opinião de outras pessoas que já a contrataram. Por exemplo, a qualidade da conexão. Isto é, se a máquina não fica fora do ar com frequência. Perder vendas ou expor o cliente ao constrangimento de não ter seu cartão aceito podem ser pecados mortais para o comerciante. Outro fator: a necessidade e a facilidade de fazer reparos ou substituição das máquinas de cartão, em caso de mau funcionamento. Tudo isso deve ser avaliado.

Concluindo

Os cartões estão a cada dia mais presentes na rotina das pessoas. É muito importante, para quase todos os comerciantes e profissionais liberais, oferecer essa comodidade ao seu cliente. E, como foi visto aqui, são muitos os fatores a serem levados em conta na escolha das melhores máquinas de cartão. Para facilitar essa escolha, o Educando Seu Bolso oferece o Comparador de Máquinas de Cartão. Visite, informe seu perfil de vendas e veja as opções mais adequadas ao seu negócio. E boas vendas!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *