Sobre trabalho, sonhos e inspiração

Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Apple Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Spotify
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Google Podcasts
Assinar Podcast Educando Seu Bolso no Castbox

“Caráter não se mede por profissão, mas pela coragem de cada ser humano que ganha a vida honestamente, oferecendo o melhor de si em cada trabalho que lhe é confiado.” Cecília Sfalsin

Meu post de hoje é dedicado a um aluno que me contou sua história de vida em aproximadamente 15 minutos, depois da nossa última aula de sociologia, e me deixou convicta de que aquele que sabe onde quer chegar encontra um caminho para alcançar seus sonhos e objetivos.

Sua simples e admirável história teve início no interior de Minas Gerais. Com 15 anos, ele começou a trabalhar na fazenda de uns amigos de seus familiares, na agricultura. Tempos depois, seus empregadores descobriram que o barro daquele terreno era muito bom e começaram a produzir tijolos. Compraram um grande forno e lá foi ele, para outro segmento de trabalho. Ele devia encher uma fornada com 15 mil tijolos em três horas e, como pagamento, recebia por dia R$ 15,  mais o almoço. Em média, ganhava R$ 300 por mês. Muito esforço, muito trabalho. Foi quando abriu em sua cidade um novo açougue e, ali, ele viu uma nova oportunidade. O dono do açougue, em conversa na entrevista de emprego, lhe ofereceu um salário de R$ 1 mil e exigiu que, para ganhar este salário melhor, ele deveria terminar seus estudos.

Ganhando melhor, foi possível colaborar mais em casa e realizar alguns sonhos. Ele também conseguiu concluir seus estudos e tirar carteira de motorista, conseguindo posteriormente também as categorias C, D e E. Passado mais alguns anos, ele conseguiu comprar seu primeiro carro e sua primeira moto. Então, depois de trabalhar no açougue, ele começou a trabalhar dirigindo caminhão e viu uma nova oportunidade de crescimento, seguiu o conselho de alguns amigos de sua cidade e comprou dois lotes, na época no valor de R$ 12 mil. Recentemente, recebeu a notícia de que havia interessado em comprar seus lotes, quando foi saber o valor, cada um foi avaliado em R$120.000,00 apenas alguns anos depois.

Hoje, ele aluno trabalha com o que gosta, tem um bom rendimento mensal, constituiu sua família e está realizando o sonho de fazer a sua graduação.

Esta simples história confirma algo que sempre ouvi desde pequena : “O trabalho enobrece o homem”. Enobrece, edifica uma vida e proporciona os meios para se alcançar tudo aquilo que se deseja. Que esta história inspire a todos nós a descobrir o que nos faz feliz e ainda, ganhar dinheiro com isso de forma honesta, saudável e construtiva.

“Trabalhe em algo que você realmente goste e você nunca precisará trabalhar na vida.”

Bom, ainda nesse assunto de sonhos, mas mudando um pouco o foco, vamos falar um pouco sobre sonho de consumo.

As pessoas, de modo geral, e os brasileiros em particular, têm sonhos dos mais diversos tipos:

  • Viagens

  • Um carrão

  • Frequentar restaurantes, bares e boates

  • Compra de itens relacionados a beleza e eletrônicos

  • Casa própria

  • Aposentar-se aos 50 anos

Segundo pesquisa recente, apenas três em cada dez sonhos tornam-se realidade. Qual será a explicação para um número tão baixo?

Gerenciar as finanças pessoais é muito mais que lidar com números. É também questão de planejamento e de comportamento.

O sonho começa a se transformar em meta quando você começa a descrevê-lo. Quando estipula datas, quando define detalhes, passos e escolhas.

Quer saber uma modalidade de investimento segura e eficiente para começar a construir, hoje, um sonho que se realizará no futuro? Ouça o podcast!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *