O Gerente Responde! Seguro: pensão mensal ou resgate único?

O Gerente Responde! Seguro: pensão mensal ou resgate único?

Olá! Gostaria de saber de podem me ajudar. Minha mãe faleceu em dezembro de 2015 e nos deixou uma pensão mensal no valor de R$776,93 por 05 (cinco) anos. Pedi a seguradora para fazer o resgate total por motivo de doença. A seguradora me ofereceu R$32.794,90 optando pelo recebimento único. Gostaria de saber se está correto. Eu não sei fazer os cálculos e eles usam  o índice IPCA. Podem me ajudar, me informando se o valor real é este com desconto do Imposto de Renda? Tenho até o dia 28/05 para dar uma resposta. Desde já  agradeço e aguardo uma resposta.

Obs. A seguradora informou que o cálculo do recebimento único baseia-se em percentual da Provisão Matemática de Benefícios Concedidos, que é calculada conforme Nota Técnica Atuarial aprovada pela SUSEP.


Att.
Carla

Olá Carla,

a proposta da seguradora apresenta uma taxa implícita de remuneração dos recursos de 0,8185% a.m. ou 10,28% a.a.. Você só deve pegar os R$32.794,90 para investir em outras alternativas de investimentos caso conseguisse taxas superiores a essas após descontados os impostos e as tarifas. Atualmente, se você investir em um título chamado Tesouro Pré-Fixado no Tesouro Direto com vencimento em 01/01/2023 você poderá aplicar o seu dinheiro a uma taxa de 10,71% a.a., portanto superior à taxa implícita contida na oferta da seguradora considerando um custo de corretagem de 0,20%. O único problema aí é que você só terá os recursos disponíveis em 01/01/2023. Porém, caso você precise do dinheiro antes da data de vencimento poderá revender os títulos ao Tesouro Nacional a qualquer momento.

Autor

Eduardo Coutinho
Doutor e Mestre em Administração com ênfase em Finanças pelo CEPEAD/UFMG, especialista em Comércio Exterior e Bacharel em Ciências Econômicas UFJF. Coordenador do curso de Graduação em Administração da Faculdade Ibmec de Minas Gerais. Professor Adjunto dos cursos de Graduação em Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas e Relações Internacionais, bem como dos cursos de pós-graduação (MBA e CBA) do Ibmec/MG. Tem experiência em gestão e consultoria em Administração Financeira, Mercados Financeiros, Análise de Eficiência Operacional e Negócios Internacionais. Ficou em 2. lugar no prêmio IBGC de Governança Corporativa na Categoria Pleno em 2003, bem como orientou os trabalhos vencedores nas categorias Júnior e Pleno em 2004 e 2005, respectivamente. Possui artigos publicados no Brasil e no exterior sobre finanças. Possui mais de 10 anos de experiência em mercado financeiro, tendo sido servidor do Banco Central entre os anos de 1994 e 2001. Profissional CFP® e Conselheiro de Administração certificado pelo IBGC.

4 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *