Chegou a Consultoria em Financiamento Imobiliário!

Chegou a Consultoria em Financiamento Imobiliário!

Há pouco mais de um ano publicamos nosso primeiro texto sobre amortização de financiamento imobiliário. Desde então temos recebido centenas de mensagens de leitores, contendo dúvidas diversas.

Decidimos, então, entender minuciosamente como as amortizações funcionam, para podermos responder a um dos principais questionamentos: “Se eu fizer uma amortização extraordinária do meu financiamento, em quanto diminuirão o prazo ou a prestação?”.

O resultado foi a Calculadora de Amortização, que publicamos recentemente no blog. Ela tem ajudado as pessoas a tomarem a melhor decisão para si, em relação ao seu financiamento.

Muitos leitores, porém, pediam sugestões sobre o que lhes seria financeiramente mais vantajoso. Acontece que, para responder a esse tipo de dúvida, não basta fazer cálculos. É necessário levar em conta vários fatores. Por exemplo:

.

-Taxas de juros. Para saber se compensa fazer uma amortização, é preciso comparar as taxas de juros do financiamento e de rendimento das aplicações.

-Prazo do financiamento. Prazos muito longos fazem com que o saldo devedor caia mais lentamente.

-Disciplina. A amortização com diminuição da prestação pode ser vantajosa, mas requer disciplina para cuidar de aplicações e para não gastar o dinheiro economizado.

-Orçamento. Para decidir se vai fazer uma amortização com diminuição do prazo ou da prestação, ou se vai optar pelo sistema SAC ou Price na hora de contratar o financiamento, a pessoa precisa levar em conta a situação do seu orçamento familiar.

-Perfil. Tem gente que tem pavor de qualquer tipo de dívida. Outros conseguem conviver bem com dívidas longas, se o custo for razoável. Há pessoas que detestam gerenciar aplicações, outras até se divertem com isso.

.

Enfim, são muitos os fatores que afetam a decisão. Foi pensando nisso que lançamos a Consultoria em Financiamento Imobiliário. Com ela podemos atender com qualidade e responsabilidade aos leitores que nos pedem sugestões de ação.

.

Veja como funciona:

-Primeiro precisamos conversar com o cliente. Entender toda a situação, conhecer seu perfil, suas expectativas e possibilidades.

-Depois vamos fazer os cálculos e desenhar os possíveis cenários futuros, de acordo com as opções que você tem.

-Por fim, vamos apresentar um relatório detalhado, com as projeções de cada uma das opções, e nossa opinião quanto ao melhor a ser feito.

.

Agora algumas das dúvidas mais frequentes:

.

-O que o blog fazia de graça, agora vai começar a ser cobrado??

Não! Pelo contrário. O que era gratuito continua gratuito, e vai até melhorar. Continuaremos a responder as dúvidas sobre como funcionam financiamento e amortizações, e a dar nossa opinião em situações que não envolvam cálculos mais profundos. O que vai ser cobrado é aquilo que não fazíamos antes: consultoria, cálculos um pouco mais complexos, desenhos de cenários.

.

-Quanto custa?

O preço promocional de lançamento dos Pacotes Básicos é de 4 parcelas de R$ 50,00.

.

-Como foi definido este preço?

Estimamos o número de horas empregadas em cada consultoria, aplicamos um desconto para o lançamento e chegamos ao preço.

.

-Por que 4 parcelas de R$ 50, e não de R$ 49? Quase todo mundo usa preços terminados em 9.

Pois é. Preço terminado em 9 cria a ilusão de ser menor do que realmente é. E criar ilusão é algo que NÃO queremos.

.

-Por que vale a pena pagar?

Porque uma decisão correta em uma amortização pode economizar centenas ou até milhares de Reais. Sem falar na tranquilidade de ter feito a melhor escolha.

.

Mais alguma dúvida? Pode nos perguntar, será um prazer responder. E será um prazer maior ainda te ajudar a tomar uma boa decisão, que vai proporcionar economia e tranquilidade. Estamos à disposição.

Autor

Ewerton Veloso
Ewerton Veloso é bacharel e mestre em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais. Trabalha há mais de 10 anos na área de monitoramento do Sistema Financeiro Nacional e é professor de Administração. Neste espaço, pretende convidar o leitor à organização das suas finanças e à reflexão quanto ao seu comportamento como consumidor e investidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *