Fazer o bem sem olhar a quem

Fazer o bem sem olhar a quem

Fazer o bem sem olhar a quem 

A importância de reciclar, reaproveitar, dividir e fazer as coisas girarem.

Com os últimos acontecimentos recentes em todo o mundo, a equipe do blog não poderia fechar os olhos para a realidade que bate à nossa porta e está bem diante dos nossos olhos. Queremos utilizar este canal de comunicação sempre pro BEM e é este o nosso post de hoje. Sem se esquecer do que ocorre no mundo, hoje nossa atenção está voltada para Minas Gerais: vítimas das cidades atingidas necessitam de alimentos não perecíveis, água, colchões, toalhas, cobertores, roupas, produtos de limpeza e higiene pessoal. O que cada ser humano pode fazer e trabalhar com suas crianças sobre estes acontecimentos. Como poderíamos colaborar?

O rompimento de duas barragens na unidade industrial de Germano, localizada entre os municípios de Mariana e Ouro Preto, a cerca de 100 km da capital Belo Horizonte, causou uma enxurrada de lama, que inundou várias casas no distrito de Bento Rodrigues. Este acontecimento gerou muita destruição e centenas de desabrigados, mortos e desaparecidos.

O momento de final de ano é propício para trabalhar alguns valores de cuidado com o próximo, respeito às dificuldades do outro, bondade, generosidade, dentre tantos outros. Como escreveu nosso colunista Ewerton Veloso, nosso objetivo ao formar nossas crianças deve ir além do educar, devemos ensiná-las a serem felizes com o que possuem:

 “O objetivo é ajudar a criança a ser feliz. A ser feliz com o que se tem, a ser feliz apesar do que não se tem e, principalmente, a ser feliz independentemente do que ou quanto se tenha”.

Dessa forma, vemos na campanha já lançada anteriormente em um de nossos posts a oportunidade de aliar algo útil para o seu lar (desfazer do que já não tem mais utilidade) e de levar o bem àqueles que mais precisam, não ser indiferente a uma realidade tão difícil que muitos atravessam.

Fazer o bem sem olhar a quem: AJUDAR é uma forma de experimentar a felicidade.

 Vamos nos unir a esta causa?

 Veja uma série de ações realizadas desde a capital mineira, Belo Horizonte, cidades próximas à região de Mariana, além de outros estados e campanhas na internet que se comprometeram a ajudar a população atingida. Entre os objetos de maior necessidade, destacam-se alimentos não perecíveis, água, colchões, toalhas, cobertores, roupas, produtos de limpeza e higiene pessoal.

Doação

Belo Horizonte 

– Chiara Pontelo, na Avenida Nossa Senhora do Carmo, 1825, em frente ao Supermercado Verdemar, até sábado

– Sede da Cruz Vermelha Brasileira – Filial Minas Gerais (CVB-MG), Alameda Ezequiel Dias, 427, Centro, na região hospitalar. Informações: (31) 3239.4211 ou (31) 3239.4223. Sugestão: Água mineral

– Arquidiocese de Belo Horizonte, Rua Além Paraíba, 208, Bairro Lagoinha, Região Noroeste

– O Bolão Santa Tereza, na Praça Duque de Caxias, 288, Bairro Santa Tereza

– Servas, Avenida Cristóvão Colombo, 683, Bairro Funcionários, das 7h às 19h
Não estão recebendo roupas, colchões e agasalhos!

– Loja do Bem, no Minas Shopping, na Avenida Cristiano Machado, 4000, Piso 1, Bairro União, das 10h às 22h, incluindo fim de semana

Veja outros endereços em BH onde os donativos podem ser entregues:

– Bolão Santa Tereza – Praça Duque de Caxias, 288, Santa Tereza

– Servas – Avenida Cristóvão Colombo, 683, Savassi

– Centro Universitário Newton Paiva – Avenida Presidente Carlos Luz, 220, Caiçara

– Assembleia Legislativa de Minas Gerais – Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho

– Verdemar –

…..-Avenida Nossa Senhora do Carmo, 1.900, Sion

…..-Avenida Professor Mário Werneck, 1.500, Buritis

…..-Avenida Raja Gabáglia, 3.600, Estoril

…..-Rua Vancouver, 40, Jardim Canadá (Nova Lima)

Autor

Lívia Senna
Lívia Senna é mestre em Gestão e Administração Educacional pela Universidade de Coimbra, em Portugal, e pedagoga graduada pela UFMG. Atua na área de Educação Básica e Ensino Fundamental há 12 anos. Educadora também na área de graduação, concentra seus estudos e pesquisas na área de Educação Financeira para Educação Infantil e Formação de Professores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *