Falando sobre investimentos

Falando sobre investimentos

Quando falamos – ou tentamos falar – sobre investimentos, o leque que se abre é muito grande. Para “não falar nada” a respeito já se passaram 100 páginas e ainda resta muito a explorar: desde caderneta de poupança a um negócio próprio, tudo é investimento.

No livro que vou lançar no próximo dia 12/11, quinta-feira, às 19h na Livraria Leitura do Pátio Savassi, em Belo Horizonte, fala-se sobre diversos deles, e alguns produtos populares que não consigo considerar como investimentos. Por exemplo, para mim, título de capitalização não é investimento: é um tipo de loteria que te devolve parte do seu dinheiro após determinado período. Imóvel usado para moradia e veículo próprio também não são investimentos, apesar de – muitas vezes – o valor empregado na aquisição seja extremamente relevante, não raramente o principal bem da família.

Por outro lado, caderneta de poupança, previdência privada, certificado de depósito bancário, recibo de depósito bancário, título público, debênture, ações e outros ativos comercializados em bolsa de mercadorias e futuros, imóveis (para negócios, como locação, por exemplo), letras de crédito do agronegócio, letras de crédito imobiliário, certificados de recebíveis, letras de câmbio, fundos de investimentos diversos (inclusive imobiliários), ouro e outros metais, negócio próprio e franquia, todos classifico como investimentos. E todos com algum nicho onde possuem grau de excelência. Mesmo a caderneta de poupança, que tem perdido para a corrida para a inflação em passado recente, possui um nicho de mercado considerável: o do investidor iniciante, pouco bancarizado e cujo volume de recursos financeiros não lhe permite acesso a fundos ou outro produto que lhe assegure melhor rentabilidade.

No livro O Melhor Investimento para Você, todos esses investimentos são abordados de forma rápida, numa espécie de manual simplificado, que dará condições mínimas ao leitor de saber o que está disponível no mercado, e alguns parâmetros que lhe permitirão comparar os produtos. Com alguma avaliação de risco, o próximo passo seria aprofundar o conhecimento no investimento escolhido e, em seguida, selecionar a instituição financeira para aplicar o dinheiro. Entretanto, existem outros investimentos não abordados, como moedas e FDIC, por exemplo. Enfim, o livro não representa um fim em si, mas o início, a possibilidade de instigar a pessoa que possui alguma reserva financeira a ir além da poupança e, por que não, conquistar seus sonhos. Vale lembrar que, hoje, a poupança está pagando pelo seu dinheiro menos do que a inflação oficial o corrói, e que existem muitas opções de investimentos, entre as listadas, que garantem ganhos reais.

Boa leitura para quem acreditar neste projeto que, por que não dizer, pode ser seu projeto também.

Até a próxima.

Autor

Daniel Meinberg
Autor do livro “O Melhor Investimento pra Você – Princípios de Educação Financeira”, editora AR, 2015, que trata de forma clara para o leigo sobre diversos produtos focados em investimentos. Ministrou palestras sobre educação financeira.

3 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *