Flores para o meu jardim

Flores para o meu jardim

Peço licença neste post para uma breve reflexão, em uma perspectiva feminina, de uma jovem que ainda sim almeja encontrar alegria em meio a um momento de crise que o nosso país atravessa.

Ao andar pelas ruas da nossa capital, em meio a um inverno, nada rigoroso, contemplo um céu azul, limpo de qualquer nuvem… Neste caminhar me sinto constantemente presenteada com lindos ipês, em sua maioria cor-de-rosa. Que bela imagem meus olhos alcançam, que bela sensação (mesmo que por alguns minutos) eles promovem em meu interno. Nesta vida corrida, dominada pela tecnologia, nesta rotina que demanda meu tempo e minha vida, nesta selva de pedra com demandas incessantes do nosso cotidiano, notícias desanimadoras, a desvalorização da nossa moeda… Posso parar e desfrutar de algo que a natureza me proporciona gratuitamente.

E surgem algumas perguntas, fazendo uma analogia com o nosso ipê no início desta história. Como ser um ipê cor-de-rosa nesta selva de pedra? Como não me contaminar pelos pensamentos e notícias e não me deixar abater quando as perspectivas não são as melhores?

Já falamos aqui e aqui  em nosso blog sobre a importância do planejamento para uma vida tranquila e realizada. Para viver bem lá na frente, há que semear coisas boas hoje, que deem frutos, bons frutos.

Dentro desta perspectiva, na vida financeira, venho me propondo a trazer esta pontinha de cor para os meus dias, modificar o meu padrão de consumo e contemplar aquilo que não me custa em tempo, energia e dinheiro. Não é uma tarefa fácil, mas, sim, é possível.

Quando escrevi o título deste post, defini dentro de mim exatamente o que quero atrair: Flores para o meu jardim, em todas as suas formas e cores. De férias, na minha cidade, os convites a gastar, as promoções tentadoras do comércio, constantemente tentam me desviar de viver coisas simples e de baixo custo. Mas me propus um desafio então, tenho vivido e experimentado atividades e programas de baixo custo, de alto divertimento e que resultam em um ótimo humor. Mais uma vez, se reforça como convicção que o principal que se leva desta vida não é o que você possui e sim com quem você compartilha o que conquistou sendo algo material ou não. E, sendo muito honesta minhas férias estão sendo uma delícia! Belo Horizonte tem inúmeros programas interessantes, além de ter um tempo maior para eu mesma criar encontros com amigos queridos, passeios pelo parque, almoços em família no meio da semana. Aproveito para convidar, você, querido leitor a “re-conhecer” a sua própria cidade, seja ela qual for. Se estiver passando por “BH” venha desfrutar dos nossos Ipês cor-de-rosa neste friozinho mineiro… Opções aqui não faltam… Compartilho com você nossa agenda do nosso parceiro SouBh que oferece inúmeros programas de lazer e entretenimento para colorir o seu final de semana e não pesar no seu bolso!

Foto_Texto_Livia2

Autor

Lívia Senna
Lívia Senna é mestre em Gestão e Administração Educacional pela Universidade de Coimbra, em Portugal, e pedagoga graduada pela UFMG. Atua na área de Educação Básica e Ensino Fundamental há 12 anos. Educadora também na área de graduação, concentra seus estudos e pesquisas na área de Educação Financeira para Educação Infantil e Formação de Professores.

2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *