Buscadores de passagens aéreas: uma avaliação

Buscadores de passagens aéreas: uma avaliação

Como você já sentiu e blog vem reafirmando semana após semana, os tempos na economia andam bem bicudos e a melhora parece distante. Ou como diz um dos nossos colegas aqui: “para melhorar ainda tem que piorar muito”. De qualquer forma, isto não quer dizer que, com muita cautela e antecipação, você não consiga, por exemplo, encontrar excelentes ofertas e promoções de passagens aéreas. Com destaque para as passagens aéreas internacionais.

Realmente a viagem internacional ficou bem mais cara em razão do nosso câmbio. Portanto, a fatura das compras e dos serviços no exterior para o turista brasileiro está bem mais elevada. Os preços dos hotéis, por exemplo, não recuaram. O blog inclusive já falou se é melhor utilizar o cartão de crédito ou moeda em espécie no exterior.

No entanto, para compensar uma redução abrupta de demanda, as passagens aéreas internacionais entraram em intensa competição. Embora com o dólar mais caro para a gente, os preços das passagens em dólar sofreram significativa redução. A média de 2015 – em comparação com 2014 – é de passagens 25% mais baratas, segundo análise elaborada pelo jornal Valor Econômico. Em alguns casos, os preços chegaram a cair 45%![1] É como se o dólar estivesse, para as passagens aéreas, em torno dos 2 reais.

Fonte. Valor Econômico, 30 de junho de 2015.

Fonte. Valor Econômico, 30 de junho de 2015.

Mas para fazer isto funcionar bem, precisamos encontrar essas passagens. Para ajudar nesse processo, nada melhor do que utilizar os buscadores de passagens aéreas. E vocês irão ver que eles estão cada vez mais sofisticados. O objetivo do post, então, é apresentar as novidades entre os buscadores de passagens aéreas, com um pequeno comentário sobre cada ferramenta.

O primeiro é o Voopter. A primeira ferramenta mais sofisticada incorporada ao buscador é o alerta inteligente. O viajante pode selecionar um valor desejado ou o máximo que seu orçamento comportar para a viagem. Pode também selecionar um período para embarque. Não encontrou na primeira busca, não tem problema. Quando o buscador encontrar, o sistema te envia um e-mail de alerta. Pode ser na sexta-feira à noite ou nas viradas de mês, quando boa parte das promoções é colocada no ar pelas companhias aéreas. Além disso, o Voopter traz ainda a opção de o usuário incluir várias datas simultâneas de partida e chegada. O buscador pesquisa as companhias aéreas, faz os cruzamentos de datas e monta os resultados com as combinações mais baratas.

O segundo é o ViajaNet. Além de contar com o alerta inteligente, o ViajaNet permite verificar preços e descontos com até seis meses de antecedência. E isto pode ser uma baita vantagem. O sistema encontra as passagens já disponíveis pelas companhias aéreas e as organiza em forma de um calendário. Isto ajuda o viajante a planejar a viagem, com descontos, antecipadamente. E o buscador ainda conta com um medidor de economia. Esta ferramenta é sensacional e um bom estímulo comportamental. Quando você encontra uma oferta, o indicador lhe mostra quanto o preço da sua passagem está “abaixo da média” das reservas feitas nos últimos dias. Você tem concretamente a sensação da economia!

O terceiro é o Skyscanner. O buscador aqui também conta com o alerta inteligente. Mas tem um serviço um pouco diferente. Você encontrou um preço legal em determinada companhia aérea de preferência, por exemplo. Mas o dia do embarque não está adequado. Você então grava o parâmetro do preço que você encontrou e o dia de preferência. E a cada 24 horas o sistema confere seus parâmetros com as passagens disponibilizadas. Se o sistema encontrar o que você quer, um alerta será enviado.

O quarto e último buscador é nova ferramenta do Google, que se chama Google Flights. O legal aqui é que a busca é feita no mapa mundi. O viajante faz a escolha diretamente no mapa, escolhendo a origem e o destino da viagem e a data. A ferramenta monta as possibilidades, com os voos disponíveis, segundo o parâmetro escolhido (os de menor preço como preferência).

Não há assim um buscador muito melhor do que os outros. Com a facilidade dos alertas eletrônicos, presente em quase todos[2], você pode fazer a seleção e deixar o sistema trabalhar para você. Por isso, o blog recomenda uma utilização combinada dos buscadores. A ideia aqui é realmente encontrar o melhor preço[3]. Quem fizer isto para você, é o melhor naquele momento. Aproveite!


[1] Mas se a demanda permanecer aquecida, como sugere o Valor Econômico, as promoções acabarão rapidamente. Por isso, antecipe-se!

[2] O blog deixou de falar do buscador decolar.com, talvez um dos mais conhecidos. Ele também conta com o alerta inteligente. É que o blog quis apresentar mais as novidades entre os buscadores.

[3] Dá o que pensar o seguinte: se os buscadores se tornarem muito eficientes, em especial com o alerta inteligente, e os consumidores ajustarem os seus hábitos aos alertas, será que isto impactaria as promoções das companhias aéreas?

Autor

Leandro Novais
Leandro Novais é professor adjunto de Direito Econômico na UFMG. Em seu espaço, pretende aliar um pouco de direito, inovação e economia, além de uma pitada de economia comportamental, para ajudar o leitor na sua compreensão econômica e nas suas escolhas financeiras. Seu lema: "o mundo a partir das escolhas de cada um". Escreve semanalmente, às segundas-feiras.

2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *