Vamos falar de dinheiro? – Parte III: orçamento familiar

Vamos falar de dinheiro? – Parte III: orçamento familiar

Mexer com dinheiro envolve responsabilidade e ao sermos responsáveis, somos livres para usar o dinheiro da melhor forma que quisermos!

Então hoje vamos falar sobre o dinheiro na instituição chamada FAMÍLIA. Esta forma de viver que a nossa sociedade criou constitui a principal forma de organização atual. Independentemente se é composta por dois, três ou cinco familiares que vivem juntos, entendemos que nesta instituição existem custos fixos e variáveis.

Quando temos algumas despesas fixas e responsabilidades financeiras é importante aprender a consumir para saber onde o dinheiro será empregado. Para isso é importante compreender de onde ele vem e para onde vai dentro do orçamento familiar. Dessa forma, os integrantes desta família e as crianças conseguem compreender que o dinheiro tem uma fonte, é limitado e que os gastos precisam ser definidos, que não é possível adquirir tudo o que se quer.

A definição de um orçamento da família, com a previsão de receitas e despesas, é algo positivo para todos.

Fizemos abaixo um exemplo simples para maior compreensão das crianças. Você pode reunir sua família e realizar um planejamento financeiro. Comece com as contas simples: água, luz, telefone, gás, compras do supermercado, lazer etc.

 tabela orçamento familiar educação financeira planeje suas despesas OK

Se usarmos a matemática descobrimos que temos de somar o dinheiro que os responsáveis pelo lar recebem pelo trabalho realizado, juntar (X + Y). Depois pagar todas as despesas fixas e variáveis ( Z) .

O que restar destas despesas, parte será para POUPAR e a outra parte pode-se gastar com o que escolher.  O que sobrar chamamos de A” .

Ouvindo alguns relatos, observamos que muitas vezes, o orçamento familiar é iniciado, mas logo depois de um tempo ele é abandonado. O importante é criar um hábito, ou seja, realizar a repetição constante daquela atividade.

Então, reúna com seus familiares, defina um dia da semana para atualizar seu orçamento, relacione as despesas fixas e variáveis e mãos à obra! Como resultado teremos: maior controle financeiro, planejamento real do futuro e a longo prazo quem sabe um dinheiro sobrando ao final do mês? Vamos trabalhar constância, disciplina e responsabilidade na busca por uma relação mais saudável com o dinheiro.

Autor

Lívia Senna
Lívia Senna é mestre em Gestão e Administração Educacional pela Universidade de Coimbra, em Portugal, e pedagoga graduada pela UFMG. Atua na área de Educação Básica e Ensino Fundamental há 12 anos. Educadora também na área de graduação, concentra seus estudos e pesquisas na área de Educação Financeira para Educação Infantil e Formação de Professores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *