O que você faz com seus pontos do cartão de crédito?

O que você faz com seus pontos do cartão de crédito?

Época de férias, cabeça na viagem, no descanso, no lazer. Texto curto, então, para não tomar muito do seu tempo.

Considerando que estamos justamente no início do ano, a primeira resposta de muita gente será, provavelmente, transformar em milhas para viajar, viajar e viajar. Maravilha! Mas saiba que esta é apenas uma das opções disponíveis. O que mais se pode fazer?

Bom, dependendo do seu cartão, além de trocar seus pontos por milhas das companhias aéreas, você pode trocar também por produtos. Há sites de compras, alguns vinculados a bandeiras ou emissores dos cartões, que trocam por diversas coisas. É praticamente dinheiro na mão, claro, nem sempre com a mesma disponibilidade (e preço) que você teria se estivesse negociando em dinheiro. Por exemplo, você pode comprar uma bicicleta mas, até onde chega à fronteira da minha ignorância, não pode casar usando (apenas) pontos do cartão. Talvez consiga comprar decoração, bebidas, comidas, viagem de lua-de-mel (claro!), mas desconheço, por exemplo, igreja que aceite pontos como pagamento.

Algumas despesas “obrigatórias”, como material escolar, créditos para celular etc estão no grupo das coisas que seus pontos podem “resolver” para você sem que você tenha que colocar a mão tanto no bolso. Já outras, como IPTU, IPVA, dentre outros Is (de irritantes), só em moeda corrente mesmo. Seria pedir demais que o governo colaborasse conosco…

Para melhorar um pouco mais o cenário para nós, eventualmente os programas oferecem promoções de bonificações (sei de casos de até 100% na conversão, ou seja, cada ponto no cartão de crédito se transforma em dois pontos em determinado site de compras ou companhia aérea). Sabendo aproveitar estas oportunidades, nosso ganho é ainda maior.

Por fim, parece que existem casos de pessoas que vendem estes pontos para terceiros, como agências de viagens. Não recomendo: além de arriscado (teria que confiar muito na terceira parte da transação), fere, se não todos, a maioria dos regulamentos destes programas.

Espero que tenha ajudado a economizar algum com esta dica.

Até a próxima.

Autor

Daniel Meinberg
Autor do livro “O Melhor Investimento pra Você – Princípios de Educação Financeira”, editora AR, 2015, que trata de forma clara para o leigo sobre diversos produtos focados em investimentos. Ministrou palestras sobre educação financeira.

2 comments

  • Gostei! Realmente ainda têm uma boa quantidade de pessoas que desconhecem sobre pontuação de cartão.. Fui uma delas, quando vim descobrir que tinha muitos pontos quase que seria tarde de mais e perderia meus pontos.. Ai um amigo me indicou transferir para uma cia aérea para resgatar meus pontos em passagens ou serviços.. E também me indicou a vender meus pontos caso não fosse utilizar..

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *