Natal, já?

Natal, já?

“Papai Noel, vê se você tem a felicidade pra você me dar”
(Assis Valente, “Boas festas”)

Dia desses eu entrei nas Lojas Americanas e me deparei com a decoração de Natal. “Mas já?” – pensei. Pois é. Já estamos no final de outubro, o Natal está quase aí. Vamos tentar antecipar as compras?

As vantagens da antecipação são preciosas: com as lojas mais vazias é possível escolher e negociar melhor; caso você não encontre o item que procura, terá tempo de esperar que a loja o receba; uma ida às compras sem pressa pode ajudar a decidir um presente e a ficar por dentro das novidades. Nas compras pela internet, há maior variedade de itens e melhores preços e prazos de entrega. Enfim, são muitas as vantagens.

Antes de começar as compras, veja como está o nível de endividamento. Como anda o cartão de crédito? Muitas parcelas de compras feitas ao longo do ano? Fique atento a isto. Caso sua situação não esteja muito boa, não se sinta obrigado a presentear, ou, pelo menos, permita-se priorizar – o mesmo vale para as famosas “listas de Papai Noel” de escritório, das quais muitas vezes a pessoa participa contra a própria vontade.

O 13º salário é muito bem-vindo. Mas não se esqueça dos compromissos para o início de 2015: IPTU, IPVA, material escolar…

Vamos, então, a algumas dicas já consagradas, mas de que frequentemente nos esquecemos:

  • Faça uma lista de pessoas e presentes. Isto ajuda a organizar a compra, a planejar gastos e priorizar.
  • Pesquise preços. Sempre.
  • Tente negociar melhores preços, pagando à vista ou comprando mais de um item na mesma loja.
  • Lojas pequenas, de bairro, podem ser surpreendentes. No preço, na exclusividade, no prazo.
  • Verifique se o presente trará custos para quem está recebendo (pilhas, recargas, assinaturas), e pense se a pessoa terá condições e disposição de arcar com eles.
  • Tente concentrar mais de uma compra no mesmo local (o mesmo shopping center, a mesma região da cidade). Isso poupa tempo e gastos com estacionamento.
  • Nas compras via internet, fique atento à idoneidade da loja, ao prazo de entrega e ao preço do frete.
  • Fique atento aos prazos para trocas. Comprar antecipado pode fazer com que a pessoa receba o presente já fora do período regulamentar. É importante negociar isto com o lojista, se possível.

 

Para finalizar, alguns comentários sobre educação – não apenas financeira:

Cuidado com a perigosa frase “Eu mereço” – ou “Meus filhos merecem”. Quem de nós não merece tudo, afinal? Ainda mais nessa época, em que estamos cansados, costumamos nos convencer disso. Atenção!

Tente ensinar as crianças a não cair nas armadilhas da publicidade e a não escolher brinquedos que serão apenas um item a mais em uma coleção, como Barbie, Hot Wheels ou Monster High, com os quais elas brincarão por algumas semanas e depois os encostarão em algum canto.

E, por último, mas não menos importante, lembre-se de que o Natal é uma festa espiritual. O importante é a convivência, o abraço, a palavra. Não perca a paz por causa dos presentes.

Autor

Ewerton Veloso
Ewerton Veloso é bacharel e mestre em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais. Trabalha há mais de 10 anos na área de monitoramento do Sistema Financeiro Nacional e é professor de Administração. Neste espaço, pretende convidar o leitor à organização das suas finanças e à reflexão quanto ao seu comportamento como consumidor e investidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *