Anuidade do cartão de crédito: você sabe quanto paga para utilizar o serviço?

Anuidade do cartão de crédito: você sabe quanto paga para utilizar o serviço?

Navegando pelas redes sociais, encontro o susto da internauta, amiga de uma amiga: “Gente, é normal pagar 120,00 de tarifa de cartão de crédito?”, questiona ela. Muita gente nem repara quanto o banco está cobrando e, quando se dá conta, já pagou uma considerável quantia apenas para ter o cartão de crédito. Bom, o valor pode assustar mesmo, mas que é normal o banco querer cobrar, ah, isso é. Como também é normal que clientes conscientes como ela não queiram pagar esse valor, afinal as instituições financeiras já ganham um bocado de dinheiro através de um percentual de todas as compras que nós fazemos usando o cartão.
Veja bem, há anuidades de até quatro vezes mais caras do que esse valor que estão os R$ 120 citados pela internauta. Mas também há cartões com anuidade gratuita em alguns bancos ou pelo menos bem mais baratas em outros. Eles costumam ter dezenas de opções dentre as quais o cliente pode escolher para tentar reduzir o custo da anuidade.Para economizar nessa taxa, a minha recomendação é pesquisar. Pesquisar sempre! Não só junto ao seu banco, mas também nos concorrentes, afinal seu cartão de crédito não precisa ser do mesmo banco no qual você tem conta.
Também é comum os bancos oferecerem isenção na anuidade para clientes que compram deles outros produtos e serviços, como por exemplo seguros, investimentos e previdência. É o que eles chamam de reciprocidade.

Mas se este não é o seu caso, o que costuma funcionar é ameaçar cancelar o cartão. Algumas vezes o próprio gerente da agência tem poder pra dar ao cliente a isenção da anuidade. Aí facilita bastante. Mas noutros casos, o banco não dá ao gerente este poder, daí o caminho das pedras é o seguinte: você liga no atendimento do banco e pede um desconto, digamos de 50% a 75% da anuidade, depois vai  ao seu gerente que elimina restante. Aposto que cada um tem coisa mais prazerosa para fazer com esses R$ 120 (ou mais…) do que pagar para simplesmente ter um cartão de crédito, né?

Autor

Frederico Torres
Profissional do mercado financeiro há 20 anos e interessado em como fazer o $$$ parte de nossa vida de forma mais saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *