Brasil é o quinto maior mercado de internet do mundo

Brasil é o quinto maior mercado de internet do mundo

Outro dia, comentamos na nossa página no Facebook sobre como comprar em dólar está cada vez mais frequente entre os brasileiros, mesmo sem sair do país, graças à a expansão da rota de envio de diversos sites de compras, que agora atendem também o Brasil, e sobre como entender a cotação do dólar cobrada por essas compras, normalmente via cartão de crédito.

Pois hoje a edição brasileira do The Wall Street Journal confirma que os sites de compras gringos estão mesmo de olho no nosso país. “Se você é uma empresa de internet e o Brasil não faz parte da sua expansão internacional, então você está fazendo algo terrivelmente errado”, afirma Alex Banks, diretor da comScore, uma empresa que faz pesquisas de mercado. “O Brasil é hoje uma das cinco maiores audiências de internet no mundo. E não há sinais de que vai parar, em termos de tamanho de audiência, crescimento, engajamento, uso de buscas, uso de vídeo, de redes sociais”, acrescenta Banks.

Um dos sites de compras que vêm crescendo muito entre os consumidores brasileiros é o chinês AliExpress, segundo pesquisa feita pela comScore repercutida pelo The Wall Street Journal. “Para fugir dos preços altos no mercado doméstico, os consumidores brasileiros estão recorrendo ao gigante chinês do comércio eletrônico em busca de pechinchas. Em julho, mais de 12 milhões de pessoas navegaram pelo site AliExpress, uma unidade do Alibaba.com no Brasil. É um avanço considerável em relação ao 1,5 milhão de visitantes únicos de um ano atrás e quase o triplo do que o mercado virtual do eBay atrai no país. Só entre junho e julho, o número de visitantes no Brasil saltou 40%”, diz a matéria.

“O Brasil é o quinto maior mercado de internet do mundo em termos de usuários únicos e o terceiro em termos de tempo gasto on-line, segundo a comScore. Dos 85 milhões de internautas brasileiros, 59,8 milhões pesquisaram sites de varejo em julho, 13% a mais que em janeiro”, continua o texto – que você pode ler completo aqui.

Mesmo pagando mais barato nesses sites gringos, não podemos deixar de alertar para a importância de planejar os gastos. É aquela velha história: de grão em grão a galinha enche o papo – ou, no caso do seu dinheiro, se você não reparar bem o quanto está gastando, de pechincha em pechincha, de parcelamento em parcelamento, vai acabar indo além do que poderia gastar, ultrapassando o limite do cartão e complicando o seu bolso.

Aliás, por falar em se planejar, que tal ler as dicas que preparamos para ajudar você a cuidar melhor do seu suado dinheirinho?

Autor

Frederico Torres
Profissional do mercado financeiro há 20 anos e interessado em como fazer o $$$ parte de nossa vida de forma mais saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *