Vale a Pena Ser Sócio Torcedor?

Vale a Pena Ser Sócio Torcedor?

Dependendo do time não vale. Não vale nem ser torcedor, quanto mais ser Sócio Torcedor. Mas vamos deixar a descontração de lado e refletir em que condições vale a pena associar-se.

Para ser Sócio Torcedor você paga uma taxa, geralmente anual, ainda que dividida em parcelas mensais, que não costuma ser muito barata. Naturalmente o Sócio Torcedor tem benefícios interessantes, como ingressos mais baratos (e preferenciais) do que os demais equivalentes vendidos em bilheteria, desconto em produtos (existe até uma empresa de bebidas que, de tempos em tempos, promove suas cervejas oferecendo descontos aos sócios de alguns clubes – os patrocinados por ela), enfim, há benefícios reais.

Apesar de haver benefícios reais, tirando a questão apaixonada (sei de gente que é Sócio Torcedor apenas para ajudar o time), a grande questão é: você vai usufruir destes benefícios? Você vai ao estádio com frequência suficiente para que o benefício “se pague”? Você se interessa pelos produtos comumente ofertados? Esta é a importante reflexão que te convido a fazer, aparentemente simples.

 Mas porque estamos falando sobre Sócio Torcedor? Porque temos um paralelo muito interessante a fazer, e que, por se tratar de algo menos apaixonado e de menor valor, poucos estão atentos a ele: o pacote de tarifas bancárias.

 Um pacote de tarifas bancárias é muito semelhante a ser Sócio Sofredor de um banco: só vale a pena se você usufruir da cesta de serviços em quantidade mensal suficiente para que o pacote “se pague”. Se você tem um pacote que inclui sei lá quantos extratos mensais, outros tantos saques, depósitos, TED, DOC, etc., etc., etc., você tem que ver, ao pagar os serviços individualmente de acordo com o que você realmente usa por mês, se vale a pena.

 Não estou defendendo nem condenando os pacotes de tarifa, assim como não condeno os programas de Sócio Torcedor: se você usufrui dos serviços em quantidade que vale a pena contratá-los, porque não?

 Você pode estar pensando: porque o banco oferece pacote de tarifas se ele é vantajoso para mim? Vejo duas razões mais evidentes: garante receita mensal e fideliza o cliente. Garante receita mensal a partir do momento que você tem compromisso de ser debitado todo mês determinado valor. Fideliza o cliente porque reduz os custos dele e incentiva o uso dos serviços dos bancos.

 Finalmente, ressalto que não é pequena a receita gerada pelos pacotes de tarifa. Só para se ter uma ideia da dimensão disto, conforme balanço divulgado pela CAIXA no 1º trimestre de 2014, a receita com pacote de tarifas cobriu praticamente todo o custo com a despesa de pessoal, que é da ordem de 100.000 empregados. É mole?

 Abraços e até a próxima.

Autor

Daniel Meinberg
Autor do livro “O Melhor Investimento pra Você – Princípios de Educação Financeira”, editora AR, 2015, que trata de forma clara para o leigo sobre diversos produtos focados em investimentos. Ministrou palestras sobre educação financeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *